Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Por onde anda Famke Janssen, a Fênix Negra original dos X-Men?
    Por Nathália Gonçalves — 09/06/2019 às 09:26
    facebook Tweet

    Atriz viveu Jean Grey na trilogia dos X-Men iniciada em 2000.

    Michael Tran / Contributor

    Famke Janssen atraiu a atenção do mundo todo ao interpretar a fatal vilã Xenia Onatopp em 007 Contra GoldenEye, mas a maioria lembra da atriz é na pele da heroína Jean Grey, que viveu de X-Men: O Filme até a transformação em vilã e morte trágica em X-Men - O Confronto Final. Com uma nova adaptação da saga da Fênix Negra já nos cinemas, muitos sentem saudade da Jean Grey original. Portanto, o AdoroCinema preparou um apanhado do que Janssen tem feito desde que viveu a poderosa mutante.

    Busca Implacável (2008)

    A atriz holandesa não é nenhuma novata quando se trata de franquias: antes mesmo de fazer parte de 007 e X-Men, ela já havia feito uma aparição em Jornada nas Estrelas: A Nova Geração. Depois de deixar seu papel da mutante mais poderosa do universo, ela partiu para Busca Implacável. Na trilogia que traz Liam Neeson à procura de vingança contra os sequestradores de sua filha, Janssen interpreta Lenore, a ex-esposa do protagonista e mãe da tal filha traficada na Europa.

    Nip/Tuck (2003 - 2010)

    Apesar de ter focado no cinema durante os anos 90 e 2000, Famke seguiu fazendo uma diversidade de aparições na TV. Desde 2004, ela já possuia um papel recorrente em Nip/Tuck, a série criada por Ryan Murphy que acompanha o consultório de dois cirurgiões plásticos. Ela deu vida à coach transgênero Ava Moore, que vive intensos relacionamentos com pai e filho, Dr. Christian Troy (Julian McMahon) e Matt McNamara (John Hensley).

    Hemlock Grove (2013 - 2015)

    Continuando seu trabalho consistente na televisão, Janssen estrelou uma das primeiras séries originais da Netflix, Hemlock Grove. Nela, a atriz dá vida a Olivia Godfrey, a vampira matriarca da família responsável por estranhos acontecimentos na cidade. Ela também interpretou a letal anti-heroína Susan Hargrave em The Blacklist, o que lhe rendeu o protagonismo do spin-off The Blacklist: Redemption, que só durou uma temporada. Nos últimos quatro anos, ainda fez aparições esporádicas como a advogada Eve Rothlow em How To Get Away With Murder, uma ex namorada da protagonista vivida por Viola Davis.

    Famke Janssen nos bastidores de Vivendo no Limite (2011)

    Provando que manda bem por trás das câmeras também, em 2011 a holandesa fez sua estreia na direção com a comédia Vivendo no Limite. O longa traz Milla Jovovich no papel de uma enganadora profissional que se muda da Europa para Oklahoma, nos EUA, para tentar fugir do seu passado e criar seu filho em condições melhores. Além de dirigir, Janssen também é responsável pelo roteiro do filme.

    João e Maria: Caçadores de Bruxas (2013)

    Apesar de não focar mais em papéis tão populares quanto Jean Grey, ela não virou as costas para o cinema como atriz. Em 2013, Famke encarnou a vilã de João e Maria: Caçadores de Bruxas no papel da Bruxa Má, ou Muriel. Em 2017, ela contracenou com Bruce WillisJason Momoa em Loucos e Perigosos, uma espécie de John Wick de verão, já que o longa também é sobre a busca de vingança por causa de um cachorro. Recentemente, ela esteve na estreia na direção de Cuba Gooding Jr., Bayou Caviar, no papel de uma fotógrafa lésbica que não leva desaforo pra casa, Nic, com quem o protagonista forma uma inusitada parceria.

    X-Men - O Confronto Final (2006)

    Apesar de ter se despedido de Jean Grey em X-Men - O Confronto Final, a atriz ainda retornou ao papel em pequenas aparições em Wolverine: Imortal e X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, inclusive desfazendo a morte da personagem. Janssen já declarou que aprova a nova versão da saga da Fênix Negra e, em entrevista a Variety, revelou até mesmo que pensaria em retornar para o papel da heroína que a consagrou. Já que agora sua versão de Jean sobrevive, quem sabe o que o futuro pode guardar? Voltando ao universo dos mutantes ou não, Famke Janssen definitivamente não precisa de ajuda para manter uma carreira frutífera.

    Para saber mais da atriz, você pode conferir a crítica do AdoroCinema de seu trabalho mais recente, Olhos que Condenam, a minissérie que Ava DuVernay dirigiu para Netflix. X-Men: Fênix Negra, que traz Sophie Turner no papel da heroína, já está em cartaz nos cinemas de todo Brasil. Nossa crítica do longa também já está disponível.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Entre Facas e Segredos Trailer Legendado
    Brincando com Fogo Trailer Legendado
    Brooklyn - Sem Pai Nem Mãe Trailer Legendado
    Crime sem Saída Trailer (1) Legendado
    Synonymes Trailer Legendado
    Mulher-Maravilha 1984 Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Personalidades
    Tom Holland conta que chorou bêbado no telefone com Bob Iger por causa do Homem-Aranha
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quinta-feira, 5 de dezembro de 2019
    Astro de Aladdin não conseguiu audições desde o lançamento do filme
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 4 de dezembro de 2019
    Festival de Berlim 2020: Helen Mirren será a grande homenageada
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 4 de dezembro de 2019
    Shelley Morrison, de Will & Grace, morre aos 83 anos
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 2 de dezembro de 2019
    Shelley Morrison, de Will & Grace, morre aos 83 anos
    Billy Dee Williams, de Star Wars, revela que se identifica como não-binário
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 2 de dezembro de 2019
    Billy Dee Williams, de Star Wars, revela que se identifica como não-binário
    Últimas notícias de cinema Personalidades
    Filmes mais esperados
    Filmes mais esperados
    Back to Top