Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Streaming da Disney ganha data de lançamento
    Por Katiúscia Vianna — 12 de abr. de 2019 às 11:33
    facebook Tweet

    Mas só deve chegar ao Brasil em 2021.

    Na última quinta-feira (11/04), a Disney desvendou todo o mistério ao redor de seu serviço de streaming. Finalmente!

    Em evento para a imprensa, o chefão Bob Iger anunciou que o Disney+ será lançado nos Estados Unidos no dia 12 de novembro deste ano. Logo de cara, já estará disponível boa parte do catálogo da empresa de Mickey House, como suas clássicas animações, Mary Poppins e Alice no País das Maravilhas.

    Essa data também contará com estreias de conteúdos originais, como a versão live-action de A Dama e o Vagabundo e a primeira série de Star Wars na plataforma: The Mandalorian, sob o comando de Jon Favreau e com Pedro Pascal como protagonista. O universo da Disney Channel também estará garantido, assim como o lançamento da série inspirada em High School Musical.

    Porém, os fãs brasileiros terão que esperar mais um pouquinho... Presidente do streaming, Michael Paull revelou que existem planos de lançar Disney+ em outros territórios como Europa, Ásia e América Latina, mas tal ação só deve ser concluída em 2021.

    A mensalidade do Disney+ custará US$ 6,99, mas os espectadores podem comprar um pacote válido por um ano, com o custo de US$ 69,99. Enquanto isso, veja a primeira imagem da plataforma:

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Lucas Davi
      Vai perder 2 anos de grana para sites que vão piratear seu conteúdo e colocar de graça na web...
    • Jaskier S. Tavern
      Por que demorar tanto? Assinaria de boa.
    • H?lio R.
      não vou esperar nada, o que me interessar eu baixar em torrent 🤣🤣🤣🤣
    • Sankau L
      Pios é, temos que esperar pra termos dublado mas enquanto isso, o Torrent salva! :)
    • Giancarlo Thomaz Senoni
      ah que chato vou te que esperar até 2021 para ver as séries e filmes exclusivas da Disney+, por que a Disney não pode fazer um lançamento mundial ao invés de fazer as pessoas esperarem até 2021 para usar a sua plataforma de streaming no Brasil e outros países
    Mostrar comentários
    Back to Top