Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Capitã Marvel: As diferenças dos quadrinhos para o cinema
    Por Vitória Pratini — 16/03/2019 às 09:44
    facebook Tweet

    Detalhes do primeiro filme de uma heroína da Marvel eram bem diferentes nas HQs.

    Atenção: o texto a seguir contém spoilers de Capitã Marvel.

    Não diga que não avisamos.

    Continue por sua conta e risco.

    Os filmes do Universo Cinematográfico Marvel são repletos de referências aos quadrinhos, e com a presença de personagens retirados diretamente das HQs. Mas não se engane, muita coisa é adaptada e modificada. Em Capitã Marvel, é claro, isso também aconteceu.

    Pensando nisso, o AdoroCinema montou uma lista das principais diferentes dos quadrinhos para o cinema no filme estrelado por Brie Larson.

    Carol Danvers
    Marvel

    No filme

    Carol Danvers (Larson) é um piloto de caça que ajuda sua mentora Wendy Lawson (a desertora de Kree chamado Mar-Vell) a testar um motor de velocidade da luz. Enquanto eles tentam escapar do Kree que as atacou, Mar-Vell (Annette Bening) é baleada e Carol atira no motor para destruí-lo a tempo de que não fosse pego pelas pessoas erradas. Na explosão, ela acaba absorvendo o poder do motor, perdendo sua memória no processo.

    Nas HQs

    Carol Danvers era originalmente o chefe de segurança em uma base da Força Aérea americana. Lá ela conhece o Dr. Walter Lawson, que na verdade é a identidade secreta de Mar-Vell. Danvers acaba sendo capturada por um inimigo dele e sofrendo um acidente que mescla seus genes com o DNA Kree, dando-lhe superpoderes. A heroína teve diferentes identidades secretas, desde Miss Marvel até Binária e Warbird, antes de assumir o título de Capitã Marvel em 2012, em homenagem a Mar-Vell. Embora o pano da Força Aérea esteja presente desde a sua estreia quadrinhos, o tema estava longe de ser uma constante como carreira; já que Carol também foi uma pirata do espaço e editora de revistas.

    Nick Fury
    Marvel

    No filme

    A produção mostra um pouco da origem do nosso querido Nick Fury (Samuel L. Jackson) do UCM como um soldado, que virou espião e agente da S.H.I.E.L.D. Ele descobre que existem ameaças extraterrestres e resolve criar a "Iniciativa Protetores", renomeada posteriormente para "Iniciativa Vingadores", ao ver que o apelido de Carol Danvers era "Avenger" (Vingadora, no original). O filme também revela como ele perdeu o olho: com um arranhão da gata/Flerken Goose.

    Nos quadrinhos

    A versão de Samuel L. Jackson do personagem é baseada The Ultimates, a versão dos Vingadores do universo alternativo da era dos anos 2000, mas ainda assim há diferenças em relação à sua história. Nas HQs, Fury lutou em guerras desde à Segunda Guerra Mundial, onde ele foi preso e experimentado, recebendo um soro que lhe deu super força. Ele perdeu os olhos na primeira Guerra do Golfo (não envolvido em Flerkens) e, mais tarde, lideraria os The Ultimates — uma equipe de super-humanos patrocinada pelo governo.

    Goose

    Marvel

    No filme

    Ela é um Flerken, um alienígena que toma a forma de um gato, com poderes que ajudam os heróis quando necessário — é capaz de engolir inimigos e armazenar o Tesseract dentro de si mesma por um tempo.

    Nos quadrinhos

    Não há Goose, a Gata nos quadrinhos da Capitã Marvel. Carol tem, no entanto, um gato chamado Chewie, em homenagem ao Chewbacca de Star Wars. Ele também é um Flerken, um alienígena que se parece e age como um gato, exceto com superpoderes adicionais - que incluem armazenar objetos dentro seu corpo graças a algumas dimensões de bolso úteis. Chewie também pode colocar centenas de ovos para propagar sua espécie. Rocket Racoon, dos Guardiões da Galáxia, certa vez identificou, descontente, o "gato" como uma perigosa espécie alienígena que coloca ovos.

    Mar-Vell
    Marvel

    No filme

    Mar-Vell (Bening) foi um cientista militar que desenvolveu um motor de velocidade da luz. Fingindo ser a humana Wendy Lawson, ela era na verdade uma Kree que estava tentando acabar com a guerra com os Skrulls, e ajudando seus antigos inimigos a tentar escapar para uma nova galáxia. Ela morre, mais ou menos quando Carol ganha seus poderes.

    Nos quadrinhos

    Mar-Vell era o Capitão Marvel original da Marvel — um guerreiro Kree do sexo masculino. Enviado à Terra com a missão de analisar o planeta, ele é atacado por um inimigo e acidentalmente causa a morte do humano Dr. Walter Lawson e, por ser parecido com ele, assume sua identidade. Assim, ele se voltou contra seu povo e defendeu a Terra contra os Kree por anos, trazendo os Vingadores para a guerra dos Kree/Skrull e, finalmente, morreu de um câncer causado por uma exposição a um gás nocivo lançado pelo vilão Nitro.

    Talos

    Marvel

    No filme

    O Skrull Talos (Ben Mendelsohn) acaba se revelando como um soldado refugiado que está apenas tentando ajudar sua família a encontrar um novo lar.

    Nos quadrinhos

    Talos é um personagem relativamente pequeno entre os Skrulls conhecidos das HQs. Conhecido como Talos, o Domado — em referência à vez em que foi capturado pelos Kree durante a guerra entre os Kree e os Skrull. Ele apareceu pela primeira vez num quadrinho do Incrível Hulk, nos anos 90, como um convidado de um casamento deprimido cuja tentativa de suicídio foi interrompida pelo Hulk, levando a uma luta que melhorou sua posição perante a cultura Skrull. Desde então, ele reapareceu algumas vezes como coajuvante em diversas revistas, inclusive na recente série de quadrinhos Howard, o Pato.

    Yon-Rogg

    Marvel

    No filme

    Interpretado por Jude Law, Yon-Rogg é apresentado como um mentor e treinador para Vers (Carol Danvers quando ainda acreditava que era uma Kree). A reviravolta do filme mostra que Yon-Rogg é na verdade quem atacou Carol Danvers e sua mentora, a fim de roubar a fonte de energia do motor de velocidade da luz e continuar a guerra com os Skrulls.

    Nos quadrinhos

    Yon-Rogg é um personagem importante nas aventuras de histórias em quadrinhos de Carol Danvers; mais especificamente um vilão. Líder da equipe da Força Expedicionária Kree, ele tinha inveja em relação a Mar-Vell e queria devolver os Kree aos seus antigos modos de guerra. Inclusive, foi uma disputa entre os dois que originalmente deu a Carol Danvers seus superpoderes. Yon-Rogg tentou usar um dispositivo Kree conhecido como Psyche-Magnetron, e Carol — chefe de segurança em uma instalação da NASA nas proximidades — estava muito perto quando o dispositivo explodiu. Enquanto Yon-Rogg foi dado como morto, posteriormente foi revelado que sua psique estava ligada a de Carol, e ela a atormentava a heroína, manipulava suas memórias e lhe causava amnésia.

    Inteligência Suprema

    Marvel

    No filme

    A Inteligência Suprema é uma espécie de inteligência artificial que comanda o Império Kree. Qualquer membro da espécie (inclusive Carol Danvers quando era Vers) pode se comunicar com ela. A Inteligência Suprema se apresenta como a pessoa que o Kree mais admira. Enquanto Capitã Marvel vê sua mentora, Wendy Lawson, outros Kree veem pessoas diferentes.

    Nos quadrinhos

    A Inteligência Suprema das HQs também é uma inteligência artificial criada para comandar o Império Kree, programada com o intelecto das maiores mentes da história dos Kree. Ao contrário do filme, nas HQs, a Inteligência Suprema é uma cabeça verde gigante com tentáculos ao invés de cabelos, que flutua em um tanque gigante cheio de líquido, e dá ordens para quem estiver na frente. Ela também tem poderes telepáticos.

    Maria Rambeau

    Marvel

    No filme

    Maria Rambeau (Lashana Lynch) é uma piloto de caça que trabalhava ao lado de Wendy Lawson, melhor amiga de Carol Danvers, e mãe de Monica.

    Nos quadrinhos

    A Maria Rambeau das HQs só tem uma coisa em comum com sua personagem das telas: ela tem uma filha chamada Monica. Nos quadrinhos, Maria é uma antiga costureira e modista que não foi totalmente favorável à carreira de super-heroína de sua filha — sim, nas HQs, Monica Rambeau foi a primeira Capitã Marvel, desde os anos 1980 — mas ainda assim deixar a moça usar sua loja de roupas para colocar seu uniforme quando necessário.

    Isso nos leva a...

    Monica Rambeau

    Marvel

    No filme

    Monica (Akira Akbar) é filha de Maria, considera Carol sua tia, é determinada, tem compaixão, e mostra uma forte aptidão para heroísmo e engenharia.

    Nos quadrinhos

    Monica Rambeau foi a primeira personagem feminina dos quadrinhos da Marvel a adotar o nome de Capitã Marvel, sendo uma das principais heroínas mulheres e de cor da empresa nos anos 80. Ela se juntou aos Vingadores, e inclusive liderou o time por breve período. Oficial da patrulha portuária de Nova Orleans, ela ganhou seus poderes após um acidente envolvendo uma máquina experimental extraída de energias extra-dimensionais, e como resultado, ela podia se transformar em qualquer forma de energia imaginável. Embora outros tenham adotado o nome de Capitã Marvel, Monica permanece ativa como uma super-heroína, tendo diferentes identidades secretas, entre elas, Spectrum, Pulsar e Fóton — este é o apelido que sua mãe usa no filme da Capitã Marvel.

    E aí, notou mais alguma diferença entre o filme e os quadrinhos? Conte para a gente nos comentários. 

    Capitã Marvel está em cartaz nos cinemas.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Beto Júnior
      Releia novamente e vai entender, As vezes é bom ter aulas de interpretação . ( isso foi uma ironia tá?)
    • Beto Júnior
      Foi o que eu também comentei e os acéfalos caíram em cima, ainda tentando entender pq não usaram a o termo negras mas enfim né ...
    • Raul Dornellas
      Também não entendi pra que usaram esse termo! Qual o problema em usar negro mano?
    • Raul Dornellas
      Reparei na mesma coisa! Não entendi o porquê de não usar o termo negro.
    • João Vitor
      Entao na HQ a Carol só tem os poderes de uma soldado Kree qualquer, enquanto no cinema ela absorveu a energia da maquina da velocidade da luz o que deixou ela absurdamente mais forte do que nas HQs, pq será que quiseram deixar ela tao forte assim no cinema? isso vai acabar dando problema no futuro com outros inimigos
    • Fernanda Linhares
      De cor???? Até reli pra ver se não tinha lido errado. Corrijam isso, peloamor, esse termo é muito racista!!
    • Jc V.
      Tenho certeza que racismo não é ironia, é um cancer no nosso país isso sim. Só acho que não foi claro o ponto do argumento do amigão aí de cima...
    • Cy
      Racismo não é ironia, amigo. Fique sabendo.
    • Cy
      O Adoro Cinema é racista! Estou pasma!
    • Jc V.
      Isso foi irônia né?!?!
    • Jc V.
      A Capitã Marvel foi, nos últimos anos, elevada por uma estratégia de marketing da Marvel à um status pra concorrer com a Mulher-Maravilha como símbolo de feminismo nas Hqs. Mas no fundo é apenas a contraparte feminina de um personagem masculino mais famoso (tipo Batgirl, She-Hulk, etc) e interessante. Acho que só por isso seu apelo como símbolo já é questionável.Gostaria que o primeiro solo de uma heroína da Marvel tivesse sido da Viúva Negra. Essa sim é interessante. O filme é mto bom, principalmente se comparado com o padrão-Marvel. Mas não é tão simbólico quanto tentam fazer parecer (na minha opinião, claro).
    • Antonio conselheiro
      Os haters falam mal nas redes sociais mas o sentimento na saída do cinema foi de aprovação do povo.
    • Beto Júnior
      principais heroínas mulheres e de cor da empresa. E por acaso as outras mulheres eram transparentes?!?!? Que comentário racista editor. ..
    • Vidamell Vida R.
      Não vou ver SPOILER
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    O Homem Invisível Trailer Legendado
    Martin Eden Trailer Exclusivo
    Por Lugares Incríveis Trailer Legendado
    Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica Trailer (1) Dublado
    Brahms - Boneco do Mal 2 Trailer Original
    Viúva Negra Trailer Oficial Legendado
    Todos os últimos trailers
    Últimas notícias de cinema
    César 2020: Roman Polanski ganha prêmio de Melhor Diretor sob protestos; Os Miseráveis leva Melhor Filme
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
     Festival de Berlim 2020: Produção brasileira vence prêmio importante
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
    O Homem Invisível: 7 filmes com temáticas semelhantes
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
    Festival de Berlim 2020: DAU. Natasha adiciona realismo e intenção de chocar à Competição
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
    Ben Affleck e Matt Damon aparecem irreconhecíveis em fotos do novo filme de Ridley Scott
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
    Ben Affleck e Matt Damon aparecem irreconhecíveis em fotos do novo filme de Ridley Scott
    Ben Affleck teve colapso nervoso ao filmar cena de divórcio em novo filme
    NOTÍCIAS - Personalidades
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
    Ben Affleck teve colapso nervoso ao filmar cena de divórcio em novo filme
    Últimas notícias de cinema
    Filmes da semana
    de 27/02/2020
    A Hora da sua Morte
    A Hora da sua Morte
    Diretor: Justin Dec
    Elenco: Elizabeth Lail, Jordan Calloway, Talitha Bateman
    Trailer
    Você Não Estava Aqui
    Você Não Estava Aqui
    Diretor: Ken Loach
    Elenco: Kris Hitchen, Debbie Honeywood, Rhys Stone
    Trailer
    Meu Nome é Sara
    Meu Nome é Sara
    Diretor: Steven Oritt
    Elenco: Zuzanna Surowy, Konrad Cichon, Michalina Olszanska
    Trailer
    Martin Eden
    Martin Eden
    Diretor: Pietro Marcello
    Elenco: Luca Marinelli, Carlo Cecchi, Marco Leonardi
    Trailer
    Jovens Polacas
    Jovens Polacas
    Diretor: Alex Levy-Heller
    Elenco: Emílio Orciollo Neto, Berta Loran, Jacqueline Laurence
    Trailer
    Uma Vida Oculta
    Uma Vida Oculta
    Diretor: Terrence Malick
    Elenco: August Diehl, Valerie Pachner, Tobias Moretti
    Trailer
    Lançamentos da semana
    Back to Top