Meu AdoroCinema
    Ellen Page critica Chris Pratt por fazer parte de igreja anti-LGBT
    Por Laysa Zanetti — 08/02/2019 às 17:54
    facebook Tweet

    Ator concedeu entrevista a Stephen Colbert e falou de sua espiritualidade.

    Após conceder uma entrevista emocionante a Stephen Colbert na última semana, em que criticou o governo Trump e chamou atenção para o aquecimento global, a atriz Ellen Page usou as redes sociais para questionar Chris Pratt por apoiar uma igreja famosa por ser anti-LGBT.

    O ator de Guardiões da Galáxia conversou com Colbert e falou a respeito de sua fé. Pratt se identifica como um Cristão não-sectário, e apoia a igreja Hillsong, que ganhou os holofotes por não "afirmar" o "estilo de vida LGBTQ."

    Na entrevista concedida a Colbert, Pratt falou sobre uma dieta que fez, através da igreja, baseada no livro de Daniel, do Antigo Testamento.

    "Ele era um cara que comia apenas frutas, vegetais e grãos, não tinha nenhum pão com levedura ou produtos animais. E eu fiz [a dieta] com o meu pastor."

    No Twitter, Page aproveitou a chamada publicada pelo The Hollywood Reporter ("Chris Pratt fala sobre seu lado espiritual no Colbert Late Show") para criticar o ator: "Oh. Ok. Um. Mas a igreja dele é infamemente contra LGBT, então talvez fale sobre isso também?"

    Page é frequente advogada a favor dos direitos LGBTQ, e chegou a criticar o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, por suas crenças LGBTfóbicas. A atriz retorna às telas no dia 15 deste mês, na nova série da Netflix, The Umbrella Academy.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Rafa Almeida
      REPOSTANDO:Uma atriz medíocre e bem retardad@. Ser contra homossexualidade não é ser homofóbico, ou alguém que seja contra crimes, é crimefóbico? Homofobia é que países como Rússia, do Oriente Médio, Cuba, Coréia... fazem com os gays, mas isso, não faz diferença para essa ativista oportunista de Taubaté. O jeito é lacrando no twitter porque defender causas na prática não dá likes.Experimenta criticar algo como o Estado Islâmico, queridinha, aí bicho pega fogo!
    • Luis Tiago de Mattos Ferreira
      Nos tempos antigos, Deus permitiu que seu povo tivesse escravos...Ou seja, escravidão era permitida pelo seu deus segundo a bíblia.Você é a favor da escravidão? Qual o argumento de defesa agora?
    • Luis Tiago de Mattos Ferreira
      1o - Não existe homossexualismo, o sufixo 'ismo' designa erro, falha, doença.2o - A igreja, ao dizer que a HOMOSSEXUALIDADE é pecado, e escrevo usando a própria logica dessa igreja, diz que o que os homossexuais fazem é errado e eles devem ser punidos. ISSO é ser ANTI, ISSO é ser contra.3o - Sim, concordaria que basta não frequentar a igreja mas essa lógica cai por terra porque, sendo bem cândido, nós não vivemos dentro de uma igreja, vivemos?!?! E mais: as igrejas, no plural mesmo, ao se portarem dessa maneira e fazerem declarações como essa citada na matéria, auxiliam na propagação do preconceito LGBTQ, vulgo HOMOFOBIA, e podem influenciar seus seguidores a se sentirem no direito de diminuir pessoas diferentes.4o - Na Bíblia, há mais de uma declaração que ter escravos não é um problema. Mas qualquer cristão com o MINIMO de consciência sabe interpretar essas partes e levar em consideração que o seu livro sagrado foi escrito em outra época e que ao ser escrito por homens, não é necessariamente perfeito. Ora, aplausos para uma atitude como essa! Mas porque não usar do mesmo raciocínio para com as 2, 3 partes que condenam a homossexualidade?!?!?!Porque o seletivismo?! (E sim, sei que a palavra correta é seletividade mas fiz questão de usar o sufixo 'ismo' para designar erro, falha, doença)5o - Questionar e criticar algo não é disseminar ódio. Nunca foi e nunca será!Note o que ela escreveu: Ela não usa palavras de baixo calão, ela não ofende, ela não grita (usando caixa alta), ela ainda hesita antes de qualquer coisa JUSTAMENTE para designar duvida (Oh. Ok. Um.), ai ela faz uma afirmação QUE É UM FATO (Mas a igreja dele é infamemente contra LGBT) e faz uma indagação (então talvez fale sobre isso também?). Nem pressão há (não tem 2, 3, 4 pergunta em sequencia por exemplo)!Curioso como essa leve, LEVÍSSIMA declaração da Page é considerada por alguns como disseminar ódio mas dizer que viado vai para o inferno sofrer pela eternidade é liberdade de expressão ou religiosa.AH POR FAVOR NÉ?!
    • Luis Tiago de Mattos Ferreira
      Acho que você confundiu as coisas, Frederico.LGBTQ nada mais é q o grupo que SOFRE HOMOFOBIA. Se alguém é anti esse grupo, esse alguém é AUTOMATICAMENTE contra eles, e por consequência a favor da homofobia.O fato de grupos LGBTQ PODEREM ter alguns agrupamento de ideias, princípios morais e valores pessoas (sic) diferentes de outras demografias da sociedade não lhe dá o direito de ser contra eles e NÃO ser associado ao preconceito para com eles.O mesmo vale para a comunidade negra que podem ter alguns agrupamento de ideias, princípios morais e valores pessoas (sic) mas qualquer um que não quer ser associado ao racismo não se diz anti-negros.Mesmo raciocínio vale para o feminismo (favor não confundir com FEMISMO).Ser ANTI algo É, POR DEFINIÇÃO, ser CONTRA algo.https://www.dicio.com.br/anti/EX1: Anti-Cristo.Ex2: Eu sou anti-racista. Ou seja, sou contra racista. Faço oposição a racistas. Não só não compartilho de alguns do seus agrupamento de ideias, princípios morais e valores pessoas (sic) mas faço oposição a aos mesmos.Não confunda Não compartilhar dos mesmo valores pessoais, princípios morais e agrupamento de idéias com ser ANTI.ISSO SIM, são coisas COMPLETAMENTE diferentes.Abraços!
    • Danilo Scharan Augusto
      Cara, acho que finalmente vc entendeu o que eu estava dizendo: A carreira deles estavam lá em baixo. E não quer dizer que vai levantar. Me diz uma coisa boa que a Winona Ryder fez de bom após Stranger Things... Sobre o Neil Patrick Harris, o astro famoso de Desventuras em séries. Tão famoso que vc nem lembrava o nome dele. Então, eu acho ele um BAITA ator (olha só, o homofóbico elogiando um homossexual). A sexualidade dele não me importa. Ele é o que ele quer ser e isso não faz dele um ator melhor ou pior. Ele é muito bom. Mas venhamos e convenhamos... astro? Qual filme ele já protagonizou? Astro é protagonista. Ele é sempre coadjuvante cara. Entendeu a diferença?Assuma logo a simples questão: Ellen Page está com a carreira indo para o SACO e quer chamar atenção de qualquer maneira. E a maneira que ela encontrou é ficar reclamando que as pessoas não aprovam ela ser homossexual.
    • Danilo S
      Mano, vc é analfabeto ou louco? Algum momento eu disse que a Netflix não tem relevância? Eu disse que, salve o Kevin Space, ela não investe em grandes atores em suas SÉRIES. As produções são bem feitas, mas grandes atores, não é prioridade nas SÉRIES (se vir falar de filmes da Netflix, vai assinar atestado de asno). Ou vai dizer que tem algum ator no auge de sua carreira fazendo SÉRIE pela Netflix?Por favor, leia umas 10 vezes o que os outros escrevem. Quando vc achar que entendeu, leia novamente e só depois responde. Pq vc distorce tudo o que é dito.
    • Matheus
      Né, e o cara ainda tem a cara de pau de comparar ser homossexual com praticar crimes.
    • vc falou em pipoca?
      O divórcio é considerado adultério em casos que não houve abandono ou traição de uma das partes.E em casos de relação abusiva e uma das partes não aguentar mais, ainda é pecado se divorciar?!Igrejas sérias vão empregar esforços para evitar que o erro se propague, sem fazer vista grossa para qual erro seja. Mas os cristãos e não-cristãos devem considerar a liberdade religiosa, que um dos direitos é da pessoa não crer em nada.Avisa pra essas igrejas sérias que o mero ato de dizer que homossexualidade é pecado já é homofobia, pode não parecer pra quem crê mas pra um gay ele provavelmente vê como uma desculpa pra ser marginalizado, se não me engano já fizeram os mesmos com os negros. A bíblia tbm diz examinai tudo e retenha o que é bom, os homossexuais não fazem mal a ninguém por serem homossexuais, diferente de quando a gente julga eles.Mas da mesma forma que um vegano acha importante passar a informação (de forma amigável ) que o estilo de vida dele só traz benefícios, o cristão deve fazer o mesmo. Discordar não deveria ser considerado homofobia.Uhum tendi, então considerar homossexualidade um pecado assim como adultério, roubo e assassinato, inclusive para pessoas que não creem em Deus ou não fazem parte da igreja num é homofobia nhé?! E eu nunca vi vegano dizer que quem faz diferente dele tá pecando.
    • Eder
      Se for ver só os 10 mandamentos não tem nada sobre os homossexuais, mas se for mesmo pra ver outras leis do novo testamento, se não me engano, tbm tem que divórcio é o mesmo que adultério (a menos que uma das partes traia primeiro) e que não pode fazer sexo antes do casamento. Os 10 mandamentos é um resumo da lei moral, a proibição do adultério, incesto etc, consta também no velho testamento e continua válido para o novo testamento. O divórcio é considerado adultério em casos que não houve abandono ou traição de uma das partes.Mas eu não vejo a igreja tentando combater as principais causas de divórcio e nem condenando quem já transou antes do casamento (tão mais preocupados em cura gay por exemplo). E de qualquer forma esses dois atos por si só, assim como homossexualidade, não fazem mal a ninguém então não tem pq a igreja querer impôr aos outros que talvez nem sequer façam parte dela pra depois reclamarem de uma 'ditadura gay'. Igrejas sérias vão empregar esforços para evitar que o erro se propague, sem fazer vista grossa para qual erro seja. Mas os cristãos e não-cristãos devem considerar a liberdade religiosa, que um dos direitos é da pessoa não crer em nada.Já a discriminação por conta da orientação sexual é um mal que tem que ser combatido. Não é aceitável injúria, violência etc. O amor ao próximo é um dos mandamentos.O termo cura gay é uma palavra incorreta, pois a homossexualidade não é considerada doença. A bíblia também não fala sobre tratamento. Mas da mesma forma que um vegano acha importante passar a informação (de forma amigável ) que o estilo de vida dele só traz benefícios, o cristão deve fazer o mesmo. Discordar não deveria ser considerado homofobia.
    • Frederico Gomes Pimentel
      Concordo plenamente com o que escreveu.
    • Jonathan Kennedy
      Ellen Page não deixa passar batido.
    • Frederico Gomes Pimentel
      Não é não, amigo. Ser homofóbico é uma coisa ruim, pois homofobia é uma doença psicossomática que faz com que pessoas, inclusive os próprios homossexuais, sintam tanto ódio por outras que possuem essa opção ou orientação que as levam a desferir ofensas, agressões verbais pesadas, físicas ou até mesmo à matá-los.Ser anti-LGBTQ nada tem a ver com ser homofóbico. São duas coisas completamente distintas. É uma questão de agrupamento de ideias, princípios morais e valores pessoas, e não de odiar um determinado grupo.PS: Sugiro que antes de tocar no assunto homofobia com alguém da próxima vez dê uma estudada no assunto antes pra não insinuar coisas erradas nem comentar besteiras gratuitamente.
    • Arthur Oliveira Souza
      Parabéns você é homofóbico assumido.É uma coisa equivalente a racismo sabia ?
    • vc falou em pipoca?
      ubrigadoh
    • blmmg
      Não são, As pessoas tem que aceitar as discordâncias de ambos os lados sem querer invadir o espaço do outro e prejudicar pessoas. (de ambos os lados)
    • Arthur Oliveira Souza
      Stranger things tem uma atriz famosa no elenco e elevou a carreira dela depois de anos de reclusão.Desventuras em série é protagonizada por um astro famoso. Netflix salva carreiras sim.
    • Danilo S
      Percebe-se que sim Clo.
    • Danilo S
      Sim, todas as séries mencionadas são protagonizadas por grandes astros, no auge de suas carreiras. Entendeu o sarcasmo? Melhor explicar.Netflix tem séries muito boas sim. Não tirei seu valor e nem sua relevância. Sim dos elencos. Qualquer anta (não estou falando do coitado do animal. Estou falando de pessoas que carecem de inteligência. Por favor, não abra uma ocorrência no IBAMA) percebe, que seus atores não são nem de 3o escalão em Hollywood (Salve Kevin Space. Melhor frisar NOVAMENTE, porque aqui tem gente que carece de sabedoria).
    • Vinícius Briel
      Cara, se você considera natural, beleza, eu respeito opinião. Mas eu creio na bíblia como palavra de Deus, e segundo a bíblia não é natural, simples.
    • Arthur Oliveira Souza
      Veja ´´homossexualidade - ponto final`` no youtube,que vai calar sua boca.Pois explica a homossexualidade como algo natural.De um dos maiores biólogos do youtube..
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    El Camino: A Breaking Bad Film Trailer Legendado
    Malévola - Dona do Mal Trailer Legendado
    A Luz no Fim do Mundo Trailer Legendado
    O Enigma da Rosa Trailer (2) Legendado
    Desafio de um Campeão Trailer Legendado
    Aves de Rapina Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Personalidades
    Morre Robert Forster, ator de Jackie Brown e Breaking Bad
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 14 de outubro de 2019
    Enquete da Semana: Qual dessas crianças merece um prêmio de melhor atuação?
    NOTÍCIAS - Personalidades
    domingo, 13 de outubro de 2019
    Kevin Hart volta ao trabalho em Jumanji após acidente
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quinta-feira, 10 de outubro de 2019
    Quiz: Qual Coringa é você?
    NOTÍCIAS - Personalidades
    domingo, 6 de outubro de 2019
    Joaquin Phoenix além de Coringa: Relembre os principais filmes da carreira do ator
    NOTÍCIAS - Personalidades
    sábado, 5 de outubro de 2019
    Joaquin Phoenix além de Coringa: Relembre os principais filmes da carreira do ator
    Martin Scorsese diz que filmes da Marvel não são cinema
    NOTÍCIAS - Personalidades
    sexta-feira, 4 de outubro de 2019
    Martin Scorsese diz que filmes da Marvel não são cinema
    Últimas notícias de cinema Personalidades
    Filmes mais esperados
    Filmes mais esperados
    Back to Top