Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Christian Bale, o camaleão: Relembre as transformações do ator
    Por Redação — 25/10/2019 às 10:44
    facebook Tweet

    Um astro em constante estado de metamorfose.

    Getty Images

    Para interpretar figuras históricas e/ou personagens cujos corpos são muito diferentes dos seus, atores e atrizes, em sua grande maioria, recorrem ao sempre impressionante trabalho dos profissionais da indústria de maquiagem de Hollywood. Mas existem aqueles, é claro, que preferem andar na contramão, fazendo o possível para eliminar as fronteiras entre si mesmos e seus papéis. Este é o caso de Christian Bale, um dos maiores camaleões da história da sétima arte, como provam suas intensas e radicais metamorfoses. Com Vice, que traz mais uma das impressionantes alterações físicas de Bale, chegando ao catálogo do Telecine, relembre a seguir as ocasiões em que o ator foi ao limite de sua arte por conta de seus personagens:

    PSICOPATA AMERICANO

    Na primeira grande oportunidade que recebeu em sua carreira após uma série de papéis de apoio em filmes como Velvet Goldmine e Sonho de uma Noite de Verão, Bale decidiu colocar em prática seu rigoroso método de construção de personagens. Para viver o narcisista yuppie Patrick Bateman, protagonista de Psicopata Americano (2000), o ator seguiu à risca a descrição feita pelo autor Bret Easton Ellis no romance homônimo, material base do suspense de humor negro da realizadora Mary Harron. Buscando atingir, assim, o "físico Olímpico" e a aparência imaculada do personagem, Bale malhou exaustivamente durante meses para ganhar músculos e até mesmo aperfeiçoou seus dentes. No lado psicológico, o ator se isolou por completo para entender melhor a perturbada mente de Bateman. A recompensa pelo duro processo foi a aclamação de sua performance, e também do filme, que projetaram seu nome para o mundo.

    O OPERÁRIO

    O que a combinação de falta de sono por períodos prolongados e uma dieta baseada exclusivamente em maçãs, água, café e uma ocasional dose de uísque acarreta? O fantasmagórico, esquelético e assombroso físico envergado por Bale no drama psicológico O Operário, de 2004. O maquinista Trevor Reznik, cuja insônia o leva a desenvolver uma paranoia debilitante e ao questionamento de sua própria sanidade, obrigou Bale a perder 28,6 quilos em uma questão de meses. O ator — que desejava atingir a marca de apenas 45 quilos durante as gravações, mas foi impedido pela produção por questões de saúde — rodou O Operário com apenas 54 quilos de massa corporal.

    BATMAN BEGINS

    O êxito no cinema independente logo atraiu a atenção de Hollywood, mais especificamente de Christopher Nolan. O realizador, que fascinou com seu intrincado Amnésia, estava no processo de preparação para o reboot das aventuras do Homem-Morcego nas telonas e, em sua jornada, escolheu Bale para o papel. A questão é que o então astro em formação precisaria fazer mais uma transformação corporal pesada. Totalmente distinto de Reznik, o Bruce Wayne de Nolan seria um magnata fortemente treinado nas artes de combate. Por isso, o ator voltou a malhar e trocou as maçãs e o copo d'água por pedaços de pizza e taças de sorvete: em um espaço de apenas seis meses, entre o lançamento de O Operário e a produção de Batman Begins, em 2005, Bale não só recuperou seu peso original como também o ultrapassou, ganhando 45 quilos. No entanto, Nolan decidiu que queria o ator mais leve, e Bale novamente baixou sua massa muscular, indo dos 99 aos 86 quilos antes de rodar o blockbuster.

    O SOBREVIVENTE

    Após a produção de O Sobrevivente, em 2006, o lendário diretor Werner Herzog declarou, acerca de Bale: "Acredito que ele é um dos maiores talentos de sua geração. Nós nos decidimos por ele muito antes de Batman". No drama de guerra, situado na época da Guerra do Vietnã, o astro vive o piloto Dieter Diegler, prisioneiro das tropas rebeldes do Laos e utilizado como moeda de troca contra os interesses dos Estados Unidos. Obrigado a inclusive comer larvas para interpretar o personagem, Bale também precisou fazer outra transformação física, perdendo 25 quilos para o início das filmagens — para apoiar seu protagonista, Herzog também decidiu emagrecer drasticamente. Como Bale precisaria recuperar seu peso para um longa posterior, o cineasta alemão rodou as cenas finais de O Sobrevivente antes das sequências iniciais, o que permitiu que Bale recuperasse sua forma original durante a produção de 44 dias na Tailândia.

    O VENCEDOR

    Os aclamadíssimos trabalhos de Bale ainda não tinham trazido ao ator, no entanto, o reconhecimento das premiações, uma falha que foi enfim solucionada a partir da performance do astro em O Vencedor (2011), de David O. Russell. Ex-boxeador profissional que abandonou a carreira por causa de um extenso vício em drogas, Dicky Eklund levou Bale a enfrentar mais uma drástica perda de peso (14kg), ainda que inferior à que o astro perdeu para O Operário. Muito magro e exibindo a energia quase insana do biografado, responsável por treinar seu irmão mais novo, Micky Ward (Mark Wahlberg), rumo ao título de sua categoria no boxe, o ator conquistou o patamar que faltava em sua estelar trajetória, vencendo virtualmente todos os prêmios aos quais concorreu, incluindo é claro o prestigiado Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

    TRAPAÇA

    Emagrecer e treinar sua musculatura ao extremo tornaram-se sinônimos do método de Bale em sua abordagem como intérprete. Nenhum papel havia, no entanto, obrigado o ator a engordar sem limites — até Trapaça, é claro. Surgindo irreconhecível em sua segunda parceria com Russell, Bale atingiu sua segunda nomeação à premiação da Academia após raspar seu cabelo, ganhar 20 quilos — comendo donuts, hambúrgueres e qualquer outro tipo de comida que ele estivesse ao alcance, segundo o próprio — e ainda afetou sua própria postura para aparentar uma altura menor de quase 8 centímetros. A maior quantidade de gordura corporal e a postura relaxada causaram uma hérnia de disco na coluna de Bale, o que por sua vez impediu o ator de brincar com a filha: de acordo com a estrela, este foi o único contratempo acarretado pela produção de Trapaça.

    TUDO POR JUSTIÇA

    Depois de ter engordado 18kg para rodar Trapaça, em Tudo por Justiça Bale retorna ao seu físico habitual, mas o curioso aqui é que ele interpreta o papel que inicialmente seria de Leonardo DiCaprio, produtor do longa. Com direção de Scott Cooper (Aliança do Crime) e elenco formado também por Woody Harrelson, Casey Affleck, Forest Whitaker, Willem Dafoe e Zoe Saldana, o filme acompanha a história de um homem que, após deixar a prisão devido a um acidente automobilístico que resultou na morte de uma criança, precisa lidar com o súbito desaparecimento de seu irmão caçula (Affleck), que tem realizado lutas ilegais.

    VICE

    Se Trapaça trouxe o ator com um sobrepeso impressionante, a comédia dramática de Russell não foi o suficiente para contrapor o extremo processo de O Operário. Mas Vice, o feroz e mais recente filme de Adam McKay (A Grande Aposta), chegou para remediar o problema. Com novos cortes de cabelo, sobrancelhas descoloridas e 18 quilos a mais no fim das contas, Bale dá vida a Dick Cheney, que serviu como vice-presidente da administração George W. Bush (Sam Rockwell), no início do século XXI, em várias etapas da trajetória do sombrio político e empresário. A maturidade e a experiência fizeram com que o ator tomasse um caminho diferente daqueles que trilhou anteriormente em sua carreira, recorrendo à ajuda de um nutricionista para ganhar peso da forma mais saudável possível. O astro já reconheceu que o tais métodos extremos de perda e ganho de quilos podem ter chegado ao fim por questões de saúde, mas o certo é que sua performance em Vice tornou-se uma das interpretações mais marcantes da última temporada de premiações.

    Gostou? Está com saudades das atuações de Christian Bale? Então aproveita, porque Vice já está disponível no Telecine. 

     
    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Jonathan Kennedy
      Um dos mais dedicados de Hollywood.
    • Marcos Adriano Dams
      Excelente ator
    • Ana Augusta
      É agoniante ver O Operário
    • Larissa
      Bom ator? Indiscutível. Mas tudo isso aí não é admirável. Não concordo com ultrapassar limites que atrapalham a saúde.
    • Isabel
      De todas as transformações do Bale.Como o Vencedor q ele emagreceu muito,e depois em A Trapaça que ficou irreconhecível,e agora em Vice,eu deverei assistir por conta da transformação física do monstro.Outra notável transformação menor do Bale foi em A Grande Aposta,q ele virou o jogador Messi.Como esnobaram o Ethan Hawke da disputa do Oscar de ator neste ano,o Bale por Vice é a minha torcida e aposta.
    • Vidamell Vida R.
      o cara é um monstro.
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Entre Facas e Segredos Trailer Legendado
    Brincando com Fogo Trailer Legendado
    Brooklyn - Sem Pai Nem Mãe Trailer Legendado
    Crime sem Saída Trailer (1) Legendado
    Synonymes Trailer Legendado
    Mulher-Maravilha 1984 Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Personalidades
    Tom Holland conta que chorou bêbado no telefone com Bob Iger por causa do Homem-Aranha
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quinta-feira, 5 de dezembro de 2019
    Astro de Aladdin não conseguiu audições desde o lançamento do filme
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 4 de dezembro de 2019
    Festival de Berlim 2020: Helen Mirren será a grande homenageada
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 4 de dezembro de 2019
    Shelley Morrison, de Will & Grace, morre aos 83 anos
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 2 de dezembro de 2019
    Shelley Morrison, de Will & Grace, morre aos 83 anos
    Billy Dee Williams, de Star Wars, revela que se identifica como não-binário
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 2 de dezembro de 2019
    Billy Dee Williams, de Star Wars, revela que se identifica como não-binário
    Últimas notícias de cinema Personalidades
    Filmes mais esperados
    Filmes mais esperados
    Back to Top