Meu AdoroCinema
Christian Bale, o camaleão: Relembre as transformações do ator
Por Renato Furtado — 03/02/2019 às 09:38
facebook Tweet

Um astro em constante estado de metamorfose.

Getty Images

Para interpretar figuras históricas e/ou personagens cujos corpos são muito diferentes dos seus, atores e atrizes, em sua grande maioria, recorrem ao sempre impressionante trabalho dos profissionais da indústria de maquiagem de Hollywood. Mas existem aqueles, é claro, que preferem andar na contramão, fazendo o possível para eliminar as fronteiras entre si mesmos e seus papéis. Este é o caso de Christian Bale, um dos maiores camaleões da história da sétima arte, como provam suas intensas e radicais metamorfoses. Com Vice, que traz mais uma das impressionantes alterações físicas de Bale, nos cinemas, relembre a seguir as ocasiões em que o ator foi ao limite de sua arte por conta de seus personagens:

PSICOPATA AMERICANO

Na primeira grande oportunidade que recebeu em sua carreira após uma série de papéis de apoio em filmes como Velvet Goldmine e Sonho de uma Noite de Verão, Bale decidiu colocar em prática seu rigoroso método de construção de personagens. Para viver o narcisista yuppie Patrick Bateman, protagonista de Psicopata Americano (2000), o ator seguiu à risca a descrição feita pelo autor Bret Easton Ellis no romance homônimo, material base do suspense de humor negro da realizadora Mary Harron. Buscanto atingir, assim, o "físico Olímpico" e a aparência imaculada do personagem, Bale malhou exaustivamente durante meses para ganhar músculos e até mesmo aperfeiçoou seus dentes. No lado psicológico, o ator se isolou por completo para entender melhor a perturbada mente de Bateman. A recompensa pelo duro processo foi a aclamação de sua performance, e também do filme, que projetaram seu nome para o mundo.

O OPERÁRIO

O que a combinação de falta de sono por períodos prolongados e uma dieta baseada exclusivamente em maçãs, água, café e uma ocasional dose de uísque acarreta? O fantasmagórico, esquelético e assombroso físico envergado por Bale no drama psicológico O Operário, de 2004. O maquinista Trevor Reznik, cuja insônia o leva a desenvolver uma paranoia debilitante e ao questionamento de sua própria sanidade, obrigou Bale a perder 28,6 quilos em uma questão de meses. O ator — que desejava atingir a marca de apenas 45 quilos durante as gravações, mas foi impedido pela produção por questões de saúde — rodou O Operário com apenas 54 quilos de massa corporal.

BATMAN BEGINS

O êxito no cinema independente logo atraiu a atenção de Hollywood, mais especificamente de Christopher Nolan. O realizador, que fascinou com seu intrincado Amnésia, estava no processo de preparação para o reboot das aventuras do Homem-Morcego nas telonas e, em sua jornada, escolheu Bale para o papel. A questão é que o então astro em formação precisaria fazer mais uma transformação corporal pesada. Totalmente distinto de Reznik, o Bruce Wayne de Nolan seria um magnata fortemente treinado nas artes de combate. Por isso, o ator voltou a malhar e trocou as maçãs e o copo d'água por pedaços de pizza e taças de sorvete: em um espaço de apenas seis meses, entre o lançamento de O Operário e a produção de Batman Begins, em 2005, Bale não só recuperou seu peso original como também o ultrapassou, ganhando 45 quilos. No entanto, Nolan decidiu que queria o ator mais leve, e Bale novamente baixou sua massa muscular, indo dos 99 aos 86 quilos antes de rodar o blockbuster.

O SOBREVIVENTE

Após a produção de O Sobrevivente, em 2006, o lendário diretor Werner Herzog declarou, acerca de Bale: "Acredito que ele é um dos maiores talentos de sua geração. Nós nos decidimos por ele muito antes de Batman". No drama de guerra, situado na época da Guerra do Vietnã, o astro vive o piloto Dieter Diegler, prisionário das tropas rebeldes do Laos e utilizado como moeda de troca contra os interesses dos Estados Unidos. Obrigado a inclusiver comer larvas para interpretar o personagem, Bale também precisou fazer outra transformação física, perdendo 25 quilos para o início das filmagens — para apoiar seu protagonista, Herzog também decidiu emagrecer drasticamente. Como Bale precisaria recuperar seu peso para um longa posterior, o cineasta alemão rodou as cenas finais de O Sobrevivente antes das sequências iniciais, o que permitiu que Bale recuperasse sua forma original durante a produção de 44 dias na Tailândia.

O VENCEDOR

Os aclamadíssimos trabalhos de Bale ainda não tinham trazido ao ator, no entanto, o reconhecimento das premiações, uma falha que foi enfim solucionada a partir da performance do astro em O Vencedor (2011), de David O. Russell. Ex-boxeador profissional que abandonou a carreira por causa de um extenso vício em drogas, Dicky Eklund levou Bale a enfrentar mais uma drástica perda de peso (14 kg), ainda que inferior à que o astro perdeu para O Operário. Muito magro e exibindo a energia quase insana do biografado, responsável por treinar seu irmão mais novo, Micky Ward (Mark Wahlberg), rumo ao título de sua categoria no boxe, o ator conquistou o patamar que faltava em sua estelar trajetória, vencendo virtualmente todos os prêmios aos quais concorreu, incluindo é claro o prestigiado Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

TRAPAÇA

Emagrecer e treinar sua musculatura ao extremo tornaram-se sinônimos do método de Bale em sua abordagem como intérprete. Nenhum papel havia, no entanto, obrigado o ator a engordar sem limites — até Trapaça, é claro. Surgindo irreconhecível em sua segunda parceria com Russell, Bale atingiu sua segunda nomeação à premiação da Academia após raspar seu cabelo, ganhar 20 quilos — comendo donuts, hamburgers e qualquer outro tipo de comida que ele estivesse ao alcance, segundo o próprio — e ainda afetou sua própria postura para aparentar uma altura menor de quase 8 centímetros. A maior quantidade de gordura corporal e a postura relaxada causaram uma hérnia de disco na coluna de Bale, o que por sua vez impediu o ator de brincar com a filha: de acordo com a estrela, este foi o único contratempo acarretado pela produção de Trapaça.

VICE

Se Trapaça trouxe o ator com um sobrepeso impressionante, a comédia dramática de Russell não foi o suficiente para contrapor o extremo processo de O Operário. Mas Vice, o feroz novo filme de Adam McKay (A Grande Aposta), chegou para remediar o problema. Com novos cortes de cabelo, sobrancelhas descoloridas e 18 quilos a mais no fim das contas, Bale dá vida a Dick Cheney, que serviu como vice-presidente da administração George W. Bush (Sam Rockwell), no início do século XXI, em várias etapas da trajetória do sombrio político e empresário. A maturidade e a experiência fizeram com que o ator tomasse um caminho diferente daqueles que trilhou anteriormente em sua carreira, recorrendo à ajuda de um nutricionista para ganhar peso da forma mais saudável possível. O astro já reconheceu que o tais métodos extremos de perda e ganho de quilos podem ter chegado ao fim por questões de saúde, mas o certo é que sua performance em Vice tornou-se a interpretação a ser batida na temporada de premiações 2018/2019 pela estatueta de Melhor Ator.

facebook Tweet
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Trailers
MIB: Homens de Preto – Internacional Trailer Inédito Legendado
Patrocinado
Atentado ao Hotel Taj Mahal Trailer (2) Legendado
A Menina e o Leão Trailer Legendado
Amanda Trailer Legendado
A Sombra do Pai Trailer
Mademoiselle Paradis Trailer Legendado
Todos os últimos trailers
Notícias de cinema Personalidades
Vingadores - Ultimato: Mark Ruffalo faz agradecimento melancólico aos fãs
NOTÍCIAS - Personalidades
quinta-feira, 25 de abril de 2019
5 atores que foram feitos para seus papéis
NOTÍCIAS - Personalidades
quinta-feira, 25 de abril de 2019
Will Smith faz aparição surpresa no Coachella
NOTÍCIAS - Personalidades
segunda-feira, 22 de abril de 2019
Will Smith faz aparição surpresa no Coachella
Roman Polanski processa Academia e pede reintegração após expulsão
NOTÍCIAS - Personalidades
segunda-feira, 22 de abril de 2019
Roman Polanski processa Academia e pede reintegração após expulsão
Últimas notícias de cinema Personalidades
Filmes mais esperados
Filmes mais esperados
Back to Top