Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Era uma Vez um Deadpool é a maior estreia da semana
    Por Rafaela Ferreira — 27 de dez. de 2018 às 10:00
    facebook Tweet

    A Pé Ele Não Vai Longe também é destaque.

    A nova versão do filme Deadpool 2, um filme para toda a família, é a maior estreia dessa semana! A trama de Era uma Vez um Deadpool acompanha o Mercenário Tagarela (Ryan Reynolds) sequestrando e lendo uma história para Fred Savage (numa referência ao clássico A Princesa Prometida) — recriando suas aventuras num filtro mais "infantil", mas seguindo com suas piadinhas sarcásticas.

    Reunindo um elenco de peso, com nomes como Joaquin Phoenix, Jonah HillRooney Mara e Jack BlackA Pé Ele Não Vai Longe conta a história real de John Callahan (Phoenix), um homem conturbado que, bêbado, bate de carro e sofre um grave acidente. Tetraplégico, ele transforma sua vida, tornando-se um dos cartunistas mais improváveis, ácidos e perseverantes do mundo, usando as limitações físicas para desenvolver uma carreira artística com a ajuda de sua namorada e de um simpático padrinho.

    Para informações sobre os horários das sessões, acesse nosso guia de programação.

    Confira abaixo os trailers, críticas e a opinião da imprensa sobre os filmes que estreiam nesta semana.

    Era uma Vez um Deadpool

    "Em uma edição mais curta e “para menores”, Era Uma Vez um Deadpool liberta Deadpool 2 das pressões de repetir o êxito do longa original e apresenta melhor a proposta melodramática da aventura “familiar” de Wade e cia. Indo direto ao ponto na estranha jornada de amadurecimento de Deadpool — arco que é, aliás, o problema fundamental do segundo filme...". Leia a crítica completa.

    A Pé Ele Não Vai Longe

    "Gus Van Sant termina o filme de modo despretensioso. Alguns críticos ficaram espantados ao ver um resultado tão inconsequente do diretor que já fez Gerry e Elefante. Don’t Worry, He Won’t Get Far on Foot está mais próximo destes dois últimos. É gentil, deve despertar sorrisos na maioria dos espectadores, mas dificilmente será lembrado muito tempo após a sessão". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Culpa

    "Culpa não difere tanto das histórias contadas por pais aos filhos antes de dormir, ou às histórias de terror compartilhadas entre adolescentes ao redor de uma fogueira. Em todos estes casos, cabe ao interlocutor preencher as imagens com sua bagagem e experiência pessoais, personalizando a narrativa de modo a tornar a identificação mais forte". Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

    Emma e as Cores da Vida

    "Apesar do bom alívio cômico por parte da expansiva amiga de Emma, Patti (Arianna Scommegna), Silvio Soldini demonstra que seu calibre entre comédia, drama e romance já foi melhor. Uma cena dedicada ao desespero da desorientação de Emma se destaca e a abertura e o encerramento têm seu charme na categoria 'clichês de gênero', mas o tom pastel de domingo ensolarado da obra é facilmente coberto por fortes tintas de desapontamento...". Leia a crítica completa.

    O Confeiteiro

    Thomas (Tim Kalkhof) é um alemão dono de uma confeitaria que viaja para Jerusalém em busca da esposa e filho de Oren (Roy Miller), seu amante morto. Ao chegar lá ele começa a trabalhar para a viúva de seu amante, que não tem idéia de que eles compartilham uma tristeza sem nome sobre o mesmo homem. 

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Jonathan Kennedy
      Assisti Bambubee (9,0) e Culpa (8,5).
    • Vidamell Vida R.
      esse DeadPool.
    Mostrar comentários
    Back to Top