Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Retrospectiva 2018: As 10 maiores personalidades do cinema brasileiro neste ano
    Por Renato Furtado — 15/12/2018 às 08:56
    facebook Tweet

    A nata da nata da sétima arte nacional neste ano.

    5. Murilo Benício

    Figura carimbada da televisão brasileira, Benício nem sempre se faz muito presente no cinema. 2018 mudou esta impressão: além de estrelar o sangrento e tenso O Animal Cordial, interpretando um burguês psicopata com grande desenvoltura, ele apresentou seu primeiro longa-metragem como diretor: O Beijo no Asfalto, baseado na peça de Nelson Rodrigues. O resultado impressionou pela ambição de combinar cinema, teatro e making of, com atores bem dirigidos e imagens ambiciosas. Nasce um diretor generoso e ousado. Que venham os próximos filmes! (Bruno Carmelo)

    4. Karine Teles

    Mat Hayward

    A atriz e roteirista Karine Teles vem pedindo passagem desde suas aplaudidas atuações em Que Horas Ela Volta? e Fala Comigo; por isso, era apenas questão de tempo para que ela finalmente encontrasse seu merecido sucesso, tanto como protagonista, tanto como escritora. Em Benzinho, pelo qual Teles saiu vencedora do prêmio de Melhor Atriz, a intérprete cria uma de suas personagens mais marcantes e interessantes, trazendo uma força e vulnerabilidade ímpares para as telas. A julgar pela aclamação quase universal do longa, Benzinho deve ser apenas mais uma das grandes etapas do que vem pela frente na carreira de Teles (Renato Furtado).

    3. Affonso UchoaJoão Dumans

    Beto Staino

    Se a dupla de diretores já havia impressionado com A Vizinhança do TigreArábia representou um passo além para Affonso UchoaJoão Dumans — montadores, cineastas, roteiristas e produtores também envolvidos em produções como Baronesa e A Cidade Onde Envelheço. Não só resgatando a figura do operário como protagonista na cinematografia nacional, os realizadores também encontram espaço para criar uma narrativa de múltiplas camadas, significados e potências, que os leva diretamente ao pódio de nossa lista. É bom ficar de olho no que estes dois irão preparão nos próximos anos; participando de diversos processos ao mesmo tempo, Uchoa e Dumans são os líderes deste ano do nosso cinema independente (RF).

    2. Helena Ignez

    Leo Lara / Universo Produção

    A atriz, diretora, roteirista e produtora se tornou um símbolo importantíssimo da arte brasileira desde o início dos anos 1960, quando trabalhou com os maiores ícones do Cinema Novo e do Cinema Marginal. Ela nunca abandonou a defesa por uma forma de arte transgressora, e em 2018 apresentou um filme digno dessas ideias: A Moça do Calendário, homenagem radical aos marginais do século XXI, repleto de ideias e imagens libertárias. Além disso, Ignez estrela o belíssimo Antes do Fim, de Cristiano Burlan, refletindo junto a Jean-Claude Bernardet sobre a decadência e a morte dos ícones nacionais (BC).

    1. Maria Augusta Ramos

    A documentarista investiu num tema delicado – o impeachment de Dilma Rousseff – para criar um dos projetos políticos mais instigantes do ano: O Processo. Enveredando pelos corredores do Senado e acompanhando as reuniões da cúpula do PT, ela desvenda o mecanismo jurídico-legal que levou à destituição da presidenta. O resultado foi uma ovação: além de conquistar o terceiro lugar da mostra Panorama, no Festival de Berlim, o documentário venceu festivais na Suíça, Espanha e figura entre os pré-indicados ao Oscar. Além disso, levou mais de 60 mil espectadores aos cinemas brasileiros, um resultado que os documentários nacionais não atingiam há anos (BC).

    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Retrospectiva 2018: Os 10 trailers mais acessados no AdoroCinema
    • Retrospectiva 2018: As crianças que se destacaram em filmes e séries
    • Retrospectiva 2018: As 20 séries mais acessadas pelos leitores do AdoroCinema
    • Retrospectiva 2018: Os filmes mais acessados pelos leitores do AdoroCinema
    • Retrospectiva 2018: As notícias mais curiosas do ano
    • Retrospectiva 2018: Saiba quais foram as revelações do ano no cinema e nas séries
    Pela web
    Comentários
    • Jonathan Kennedy
      Tatá Werneck foi esquecida no churrasco.
    • Nívea S
      nata da nata saiam da superfície e ampliem o horizonte da cena
    • Nívea S
      Grace Passô - lhes apresento a melhor atriz ( premiadíssima )... que por racismo de vocês não consta na lista. ' Nata da mata rsrs => MELHOREM ;)
    • Matheus
      Marjorie linda
    • Vidamell Vida R.
      legal...bem interessante.
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Matérias especiais recomendadas
    Os 20 Melhores Filmes dos últimos 20 Anos, escolhidos pelo AdoroCinema
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quarta-feira, 1 de abril de 2020
    Os 20 Melhores Filmes dos últimos 20 Anos, escolhidos pelo AdoroCinema
    Guia do Festival de Berlim 2020
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020
    Guia do Festival de Berlim 2020
    Guia da Temporada de Premiações 2020
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quarta-feira, 1 de janeiro de 2020
    Guia da Temporada de Premiações 2020
    Retrospectiva 2019: Os 20 melhores filmes do ano segundo a redação do AdoroCinema
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 27 de dezembro de 2019
    Retrospectiva 2019: Os 20 melhores filmes do ano segundo a redação do AdoroCinema
    Todas as Matérias especiais de cinema
    Trailers
    O Poço Trailer Original
    Minha Mãe É uma Peça 3 Trailer
    Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica Trailer (3) Dublado
    Aves de Rapina Trailer Legendado
    Sonic - O Filme Trailer (2) Legendado
    Velozes & Furiosos 9 Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Back to Top