Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Millennium: Claire Foy fala sobre A Garota na Teia de Aranha, Ronney Mara e as perguntas mais frequentes sobre The Crown (Entrevista Exclusiva)
    Por Renato Hermsdorff — 4 de nov. de 2018 às 08:46
    facebook Tweet

    “É um filme de ‘poder às pessoas’”, não necessariamente sobre “girl power”, diz a atriz. “Mas também tem uma mulher no filme que bate em muitos homens e, às vezes, isso é uma coisa boa”.

    Pelo trailer, percebe-se que Millennium: A Garota na Teia de Aranha vai trazer uma Lisbeth Salander “chutando a bunda” de muito bigodudo pelas ruas de Estocolmo. Especialmente depois de explodirem movimentos como o #MeeToo e Time's Up, em defesa das mulheres, a associação é inegável. Claire Foy, a nova intérprete da personagem, no entanto, relativiza.

    “Eu não sei se ela necessariamente faz pelas mulheres, mas ela faz para que os homens não fiquem nessa posição de poder, porque ela já ficou na mão de pessoas que tinham esse poder e abusaram dele”, disse a atriz vencedora do Globo de Ouro por The Crown. “Então, eu acho que ela só quer que eles tenham uma retribuição de qualquer maneira. Ela os humilha, pega seu dinheiro ou os envergonha. São muitas maneiras de que ela pode fazer isso e ela faz de todas as que pode”.

    A atriz nega, por outro lado, que esse seja um filme do tipo “girl power”. “É um filme de ‘poder às pessoas’. É sobre aceitar todos e não botar pessoas em caixas e tentar dizer que elas têm que se comportar de certa maneira”. “Mas também tem uma mulher no filme que bate em muitos homens e, às vezes, isso é uma coisa boa”, comemora.

    Divulgação

    Baseado no quarto livro da saga “Millennium”, o único que não foi escrito pelo autor da trilogia original, o jornalista sueco Stieg Larsson, A Garota na Teia de Aranha é um misto de continuação/ reboot da franquia ensaiada por David Fincher com Rooney Mara no papel da famosa hacker.

    Mara já havia declarado publicamente o interesse de voltar a interpretar a personagem. O novo diretor, Fede Alvarez (O Homem nas Trevas), no entanto, afirmou que a escalação do elenco era parte significativa de sua função como cineasta. E que, por isso, ele precisava começar “do zero”.

    “Infelizmente, não existe uma lista telefônica com os números de outros atores e atrizes que você pode ligar quando faz um personagem, senão eu ligaria para a Helen Mirren [quando foi escalada para interpretar a Rainha Elizabeth em The Crown] e mandaria um ‘oi’”, ironizou Foy, quando perguntada se teve a chance de conversar com Mara sobre a personagem. “Eu espero que em algum momento a gente esteja na mesma sala para conversar, mas eu acho que nós duas sabemos bem o que fazemos para viver”.

    Reprodução

    Sobre a elogiada série da Netflix, aliás, Foy revela quais as perguntas mais comuns que respondeu sobre o programa nas turnês de divulgação. Ironicamente, a atriz está “substituindo” Rooney Mara no cinema, ao mesmo momento em que é “substituída" por Olivia Colman na TV. Mas ela não tinha se dado conta disso. (Confira no vídeo acima). 

    O AdoroCinema conversou com Claire Foy em junho, a convite da Sony Pictures, em um evento do estúdio em Barcelona - o filme não foi exibido para os jornalistas na ocasião. Millennium: A Garota na Teia de Aranha estreia no próximo dia 08 de novembro nos cinemas brasileiros.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jonathan Kennedy
      Vou conferir esta quinta-feira sem falta.
    Mostrar comentários
    Back to Top