Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Admirável Mundo Pop: Quanto mais Star Wars, melhor
    Por Pablo Miyazawa — 29/09/2018 às 17:50
    facebook Tweet

    A Disney acha que exagerou na dose de filmes e vai segurar a mão. Já eu acho que está pouco, pode mandar mais.

    Bob Iger, o chefão da Disney, acabou de assumir o que muita gente concorda: houve um erro estratégico na quantidade de filmes Star Wars lançados nos últimos anos. O problema, segundo o executivo, foi "oferecer muita coisa e ir muito rápido", o que seria a explicação para o filme solo de Han Solo não ter ido tão bem pelo mundo -- ou em idioma Star Wars, ter flopado como uma Estrela da Morte em construção. Como resultado disso, a Disney deve dar uma desacelarada no ritmo de novidades e lançamentos da mais popular franquia da história do cinema.

    Pode ser que seja verdade. Talvez o excesso de filmes possa representar o início de uma saturação entre o público cativo. Conheço muitos fãs que não se deram ao trabalho de ver Han Solo no cinema. Imagino que a recepção morna ao spin-off tenha raíz na decepção que o oitavo episódio, Os Últimos Jedi, causou nessas pessoas. Eu não tiro a razão deles -- há inovações e licenças ali que vão bastante além do que muitos esperam de Star Wars. Eu pessoalmente gosto bastante e o considero um dos melhores da saga, justamente por esses motivos (veja meu review no site-parceiro IGN Brasil).

    Han Solo: Uma História Star Wars: Muito fã não quis ver

    Aparentemente, há mais fãs por aí que concordam comigo. Esta pesquisa no site oficial de Star Wars coloca o Episódio VIII em terceiro na preferência, atrás apenas do Episódio V e do Episódio III. Coincidência ou não, esses três filmes são os mais emocionantes e sangrentos de cada trilogia. O que me leva a entender que quem ama Star Wars gosta mesmo é do drama. Mas isso não vem ao caso aqui.

    O fato é que a declaração do presidente da Disney soa totalmente sincera, um raro mea culpa no mundo sempre infalível de Hollywood. Ela comprova que a corporação sentiu o baque financeiro e vai escolher melhor em quais projetos investir dinheiro. Há também aí uma preocupação genuína com o valor da marca, em não deixar Star Wars perder a aura de grandeza e raridade que sempre ostentou até os anos recentes.

    Sim, porque talvez você não se lembre de um tempo muito, muito distante em que Star Wars era algo tão grande quanto raro. A primeira geração de fãs, entre a qual me incluo, foi cativada com apenas três filmes em um espaço de seis anos -- e conseguiu permanecer interessada mesmo após mais de uma década e meia sem um capítulo novo. A segunda leva de fãs foi cooptada com a segunda trilogia, de 1999 a 2005, mas além dos seis filmes, já havia um universo expandido bem maior a ser explorado, que incluia videogames, desenhos animados, quadrinhos e livros. Nunca foi tão fácil se tornar um aficionado pela fantasia criada por George Lucas.

    Episódio III: A Vingança dos Sith mostrou o embate mais anunciado da saga

    Sob o recente comando da Disney, a nova fase de Star Wars entrou em ritmo de velocidade da luz, rendendo um filme por ano desde 2015 e criando terreno para um punhado de outros mais. Hoje, o público que consome a franquia é maior do que jamais foi. São três gerações de fãs que coexistem e acumulam não só experiências diferentes, como também expectativas diversas sobre seu universo ficcional favorito. A tarefa de agradar todo mundo é bem mais complicada. Eu diria que é praticamente impossível que Episódio IX traga um final de saga que agrade a imensa maioria. Mas vamos confiar na visão e bom gosto de  J.J.Abrams.

    Refletindo como fã de longa data, eu me posiciono no grupo que recebe de bom grado essa abundância de Star War nas telas. Não me incomodo com inovações exageradas, quebras de paradigma ou com uma história pouco consistente de vez em quando. Já passei muito tempo sem ver um novo Star Wars para reclamar do privilégio de visitar novos cantinhos dessa galáxia ano após ano. Que venham mais filmes Star Wars -- inclusive os ruins, até esses eu quero ver.

    O que você faria se fosse Luke em Os Últimos Jedi?

    Mas você, se for um apaixonado por Star Wars, tem todo o direito de discordar. Porque felizmente não existe um jeito correto de ser fã. Cada um consome a cultura pop do jeito que lhe cabe e tem vontade. É perfeitamente aceitável se sentir decepcionado com os rumos que Star Wars está tomando (se é que está mudando mesmo!).Tudo bem não gostar de ver Leia voando pelo espaço, das escolhas polêmicas do velho Luke Skywalker ou de achar o jovem Han Solo um herói bem sem graça. 

    E também é perfeitamente aceitável se sentir empolgado a cada novidade anunciada. Torcer para que o filme de Obi-Wan aconteça logo, e o de Boba Fett também. Achar que a história de Han Solo mereceria uma sequência, só para ver aquele vilão reaparecer. Ficar no mínimo curioso pela nova trilogia de filmes que está nas mãos de Rian Johnson, o diretor de Episódio VIII. E se empolgar com antecedência com os futuros desdobramentos da saga envolvendo os criadores de Game of Thrones.

    Por isso tudo, Disney, peço que reavalie essa estratégia. Pode mandar mais Star Wars, porque pra mim está pouco.

    Pablo Miyazawa é colunista semanal do AdoroCinema e consome cultura pop desde que nasceu, há 40 anos, de Star Wars a Atari, de Turma da Mônica a Twin Peaks, de Batman a Pato Donald. Como jornalista, editou produtos de entretenimento como Rolling Stone, IGN, Herói, EGM e Nintendo World.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jonathan K
      eu acho que está de bom tamanho um filme A cada 2 anos está ótimo porque aí sim e é criar uma expectativa maior e ficaremos mais empolgados a cada novo capítulo.
    • Reinaldo
      Eu particularmente achei o Filme do Han Solo fantástico e qto mais filmes, series e animes do Star Wars melhor!
    • Helton
      Pra mim tá pouco. Pode mandar mais.
    • William O. Costa
      Tenho exatamente a mesma opinião! Que venha mais. E eu realmente queria uma sequência pra Han Solo porque eu tenho de saber o que, raios!, aconteceu com a Qi'ra e como, raios!, Maul passou desse chefão do crime a um ermitão em Malachor!E que ótimo artigo!
    • Andre Ordos
      Eu concordo, pode mandar mais star wars que eu vou ver. Não da pra esperar que todo filme star wars va ser épico, mas sendo bom já ta ok. Rogue one e o despertar da força foram otimos, e o ultimo jedi e solo foram ok, bem divertidos.
    • Bruno Praça
      Tem que dar um tempo pra planejar melhor as coisas (ainda mais depois do trabalho porco que a Disney/Lucasfilm fez nos últimos 2 filmes) e não deixar a saga saturar.Star Wars não é Marvel.
    • Jc V.
      Não me importo se quiserem fazer 10 filmes por ano, desde que sejam minimamente bons. O Despertar da Força é um plágio descarado de Uma Nova Esperança, enquanto O Último Jedi joga praticamente tudo que George Lucas construiu fora e não apresenta nada pra ocupar esse lugar.Hans Solo era um fracasso anunciado, então desses filmes feitos até agora só Rogue One se salva.Tbm gosto de SW, mas o fato é que esses filmes não tem quase nada em comum com o Cânone. A Disney planeja reduzir Star Wars à uma mera marca, em que qualquer história aleatória pode ser associada junto pra alavancar bilheteria.
    • VΔŁΔҜ ☠
      Tirando Han solo to gostando desses novos filmes da franquia
    • Junior Manuel
      STAR WARS É MUITO BOM <3 MANDA MAIS <3
    • Vidamell Vida R.
      bora parar né?!
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Assista ao trailer legendado
    Confira o filme nos cinemas
    O Grito Trailer Legendado
    Para Todos Os Garotos: PS. Ainda Amo Você Trailer (2) Legendado
    Parasita Trailer Legendado
    Dolittle Trailer Dublado
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Entrevistas
    O Chamado da Floresta: Tudo que você precisa saber antes de assistir ao filme nos cinemas
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020
    Documentário sobre surfista Gabriel Medina estreia no Globoplay (Entrevista)
    NOTÍCIAS - Entrevistas
    sexta-feira, 31 de janeiro de 2020
    Documentário sobre surfista Gabriel Medina estreia no Globoplay (Entrevista)
    Um Espião Animal: Diretores da animação tiveram como inspiração Daniel Craig em 007 - Operação Skyfall (Entrevista exclusiva)
    NOTÍCIAS - Entrevistas
    sexta-feira, 24 de janeiro de 2020
    Um Espião Animal: Diretores da animação tiveram como inspiração Daniel Craig em 007 - Operação Skyfall (Entrevista exclusiva)
    Últimas notícias de cinema Entrevistas
    Filmes da semana
    de 20/02/2020
    Maria e João: O Conto das Bruxas
    Maria e João: O Conto das Bruxas
    Diretor: Osgood Perkins (II)
    Elenco: Sophia Lillis, Alice Krige, Samuel Leakey
    Trailer
    Dolittle
    Dolittle
    Diretor: Stephen Gaghan
    Elenco: Robert Downey Jr., Antonio Banderas, Michael Sheen
    Trailer
    O Chamado da Floresta
    O Chamado da Floresta
    Diretor: Chris Sanders
    Elenco: Harrison Ford, Omar Sy, Dan Stevens
    Trailer
    Luta por Justiça
    Luta por Justiça
    Diretor: Destin Daniel Cretton
    Elenco: Michael B. Jordan, Jamie Foxx, Brie Larson
    Trailer
    Frankie
    Frankie
    Diretor: Ira Sachs
    Elenco: Isabelle Huppert, Brendan Gleeson, Marisa Tomei
    Trailer
    De Quem É o Sutiã?
    De Quem É o Sutiã?
    Diretor: Veit Helmer
    Elenco: Predrag 'Miki' Manojlovic, Denis Lavant, Paz Vega
    Lançamentos da semana
    Back to Top