Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Festival de Toronto 2018: Outlaw King, filme de David Mackenzie para a Netflix, abrirá o evento
    Por Renato Furtado — 14 de ago. de 2018 às 12:30
    facebook Tweet

    Nova leva de títulos também inclui os novos projetos de Paul Greengrass, Jeremy Saulnier, Joel Edgerton, Sebastian Lelio e a estreia de Jonah Hill na direção.

    Os diretores do Festival de Toronto 2018 decidiram que levarão o público para uma viagem no tempo na noite de abertura da mostra canadense. Outlaw King, novo filme de David Mackenzie (A Qualquer Custo) e longa produzido pela Netflix, foi selecionado para dar início aos trabalhos no prestigiado evento norte-americano. O drama coestrelado por Chris Pine e Aaron Taylor-Johnson, no entanto, não é a única novidade da nova leva de Toronto, que ainda inclui JT LeRoy como filme de encerramento e outro punhado de títulos novos.

    Vale ressaltar ainda que a escolha de Toronto por uma produção original da Netflix para abrir o evento só reforça os laços entre a mostra canadense - que foi palco para a estreia mundial de um dos primeiros filmes da companhia, Beasts of No Nation - e a companhia de streaming. Contando ainda com sessões de obras como 22 July e Noite de Lobos, além do aguardado Roma de Alfonso Cuarón, entre outros projetos, Toronto sinaliza claramente que, assim como Veneza, aprova a Netflix em sua seleção, apesar de todos os protestos dos distribuidores tradicionais ao redor do mundo e do imbróglio entre a plataforma de streaming e o Festival de Cannes.

    Confira a lista completa de selecionados abaixo:

    ABERTURA

    Outlaw King, de David Mackenzie

    ENCERRAMENTO

    JT LeRoy, de Justin Kelly

    GALAS

    Green Book, de Peter Farrelly

    The Lie, de Veena Sud

    SESSÕES ESPECIAIS

    22 July, de Paul Greengrass

    American Woman, de Jake Scott

    Bao Bei Er, de Liu Jie

    Boy Erased, de Joel Edgerton

    Driven, de Nick Hamm

    Duelles, de Olivier Masset-Depasse

    L’Homme Fidèle, de Louis Garrel

    Glória, de Sebastián Lelio

    Noite de Lobos, de Jeremy Saulnier

    Kursk, de Thomas Vinterberg

    Legend of the Demon Cat, de Chen Kaige

    Mid90s, de Jonah Hill

    A Million Little Pieces, de Sam Taylor-Johnson

    Never Look Away, de Florian Henckel von Donnersmarck

    La Quietud, de Pablo Trapero

    Skin, de Guy Nattiv

    Teen Spirit, de Max Minghella

    Tell It To The Bees, de Annabel Jankel

    Viper Club, de Maryam Keshavarz

    Vision, de Naomi Kawase

    Vita & Virginia, de Chanya Button

    Wild Rose, de Tom Harper

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jonathan K
      Netflix está podendo e muito, excelente prestígio. 📺📺📱📳
    Mostrar comentários
    Back to Top