Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    As animações da Pixar, da pior à melhor
    Por Vitória Pratini — 8 de jul. de 2018 às 10:12
    facebook Tweet

    Conheça o ranking definitivo do AdoroCinema de todos os filmes animados dos estúdios.

    Pixar Animation Studios

    A continuação de Os Incríveis finalmente chegou aos cinemas, 14 anos após o lançamento do primeiro filme. Para comemorar o empolgante retorno de Sr. Incrível, Mulher-Elástica, Violeta, Flecha, Zezé e Edna Moda às telonas em Os Incríveis 2, o AdoroCinema resolveu fazer um ranking colaborativo dos 20 filmes animados dos estúdios da Pixar lançados nos cinemas até agora.

    Juntamos as listas pessoais de cada um da redação, e fizemos uma média, levando em conta que algumas pessoas não assistiram a todos os filmes, inclusive Os Incríveis 2, que estreou recentemente nos cinemas. Confira a nossa lista abaixo e, então, conte para a gente: quais seriam as melhores e as piores animações no seu ranking pessoal?

    20) Carros 2 (2011)

    Pixar Animation Studios

    Um dos primeiros filmes da Pixar a derrapar e decepcionar, entregando uma produção simplesmente mediana — frente a tantas outras icônicas do estúdio. Mostrando Relâmpago McQueen competindo no Grand Prix Mundial e sendo confundido com um espião americano, Carros 2 repetiu a fórmula de seu primeiro filme: piadas, trilha sonora e, claro, efeitos de animação de qualidade. Porém, apresentou clichês, uma trama um tanto quanto rasa e uma devoção implícita à indústria petrolífera. Nem mesmo as ótimas referências à James Bond salvam a produção, infelizmente. — Vitória Pratini (redatora)

    19) Carros 3 (2017)

    Pixar Animation Studios

    Lançado seis anos após seu segundo filme, Carros 3 já chocou e indignou pais em seu primeiro teaser, que trazia Relâmpago McQueen sofrendo um grave acidente durante uma corrida. Assim, a animação explorou a aposentadoria precoce nos esportes e a disputa entre treinamentos modernos versus à moda antiga. Entretanto, infelizmente, a produção entregou mais do mesmo, e não empolgou, especialmente frente à alta qualidade de roteiros de outros filmes do estúdio. — Vitória Pratini (redatora)

    18) O Bom Dinossauro (2015)

    Pixar Animation Studios

    Em um mundo em que dinossauros e humanos coexistem, Arlo, um dinossauro adolescente, se perde de sua família depois de uma tempestade. Ele precisa aprender a sobreviver às dificuldades da selva para voltar para casa. No meio do caminho ele conhece Spot, uma criança humana que também está sozinha. A amizade dos dois é peculiar, porém emocionante. É um filme gostoso de assistir, com momentos tocantes e engraçados, mas infelizmente não alcança a grandeza dos outros filmes do estúdio. — Carolina Carvalho (estagiária)

    17) Carros (2006)

    Pixar Animation Studios

    Quem nunca ouviu falar em Relâmpago McQueen?! Divertido, descolado e um tanto quanto egocêntrico, o carro vermelhinho conquistou as telonas primeiramente em 2006. Seu tom humorístico, nostálgico e uma trilha sonora de tirar o chapéu garantiram à produção brinquedos temáticos, atrações em parques de diversões e até mesmo duas continuações. Apesar da popularidade entre o público infantil, a franquia não chega nem perto dos filmes mais marcantes e amados da Pixar, o que justifica sua posição na lista. — Vitória Pratini (redatora)

    16) Universidade Monstros (2013)

    Pixar Animation Studios

    Após 13 anos, Universidade Monstros traz de volta, os adorados Mike e Sullivan que agora frequentam a faculdade, assim como os fãs de Monstros S.A. — antes crianças, em 2001. Fora o ponto alto, que é claramente Wazowski neném, o filme traz a mensagem importantíssima de inclusão social nas universidades. Durante as competições, é impossível não torcer pela Oosma Kappa — formada pelos excluídos das outras fraternidades. Universidade Monstros é divertido e interage com crianças e adultos. Se bobear, ainda melhor que Monstros S.A., no entanto, talvez seja mais uma das produções incompreendidas da Pixar. — Amanda Brandão (redatora)

    15) Os Incríveis 2 (2018)

    Pixar Animation Studios

    14 anos depois de Os Incríveis, finalmente descobrimos o que aconteceu no final daquela grande luta! Já pensou essa espera torturante em outros filmes de herói por aí? Melhor nem imaginar. Desta vez, Mulher Elástica arrisca uma carreira solo enquanto o Sr. Incrível assume o comando do lar e tenta lidar com o fabuloso bebê Zezé. A alternância de papeis faz bem para ambos, mas espero que a amiga Edna Moda esteja pronta para mediar uma DR com essa dupla incrível. No próximo filme, eles definitivamente vão precisar! — Fernanda Pineda (redatora)

    14) Procurando Dory (2016)

    Pixar Animation Studios

    A sequência da amada animação de 2003 traz Dory como a protagonista da vez e, mesmo que não possua uma narrativa original — afinal, é basicamente a mesma história que vemos em Procurando Nemo —, conseguiu arrecadar mais de 1 bilhão de dólares pelo mundo. Com papéis invertidos, agora é Dory quem precisa achar seus pais e cabe a Nemo e Marlin a companhia para atravessar o mar novamente. Procurando Dory assume a missão de divertir e se garante nesse quesito, mas não chega aos pés de seu predecessor quando o assunto é emocionar seu público. — Barbara Demerov (redatora)

    13) Valente (2012)

    Pixar Animation Studios

    Mesmo ficando em 13º lugar no ranking, Valente foi a primeira produção da Pixar com uma protagonista feminina e merece reconhecimento pela mudança do típico estereótipo visto entre princesas. Merida é uma jovem escocesa de cabelos cacheados, volumosos e esvoaçantes que só quer cavalgar por aí atirando com seu arco e flecha. Ao descobrir que sua mãe planeja um torneio em que o vencedor se tornará seu marido, ela acaba disputando sua própria mão em casamento e prova que pode um dia se tornar Rainha e governar sem a ajuda de um homem. — Rafaela Souza (estagiária)

    12) Toy Story 2 (1999)

    Pixar Animation Studios

    Apesar de não ter o frescor do filme original e de não carregar o drama e a profundidade filosófica do mais recente longa da trilogia, Toy Story 2 é, ainda assim, um ponto alto para a Pixar. Terceira obra lançada pelo estúdio, a animação de John Lasseter — codirigida por Lee Unkrich, diretor de Viva — sofre com o peso dos filmes intermediários, mas é eficiente ao seguir o que é recomendado para se realizar uma boa continuação: expandir as ideias do primeiro longa ao mesmo tempo em que a essência é mantida. Pode não ser um clássico da Pixar, mas é a melhor e mais divertida ponte possível entre Toy Story e o já icônico Toy Story 3. — Renato Furtado (redator)

    11) Vida de Inseto (1998)

    Pixar Animation Studios

    Em meio à enxurrada de clássicos da animação produzidos pela Pixar, Vida de Inseto pode acabar sendo esquecido, destino pouco respeitoso para uma aventura tão sólida, divertida e emocionante quanto esta. Símbolo da fase gestacional de um império, a animação já apresenta algumas das melhores características pelas quais os filmes da Pixar se tornariam conhecidos. E, para além de ser um exercício relevante durante o nascimento do estúdio, Vida de Inseto é entretenimento de qualidade. Destaque ainda para o clássico e simpático curta Geri's Game, exibido antes do filme, um jogo de xadrez que trouxe o primeiro Oscar competitivo para as prateleiras da Pixar. — Renato Furtado (redator)

    10) Toy Story 3 (2010)

    Pixar Animation Studios

    15 anos depois de Toy Story, o terceiro filme da franquia chegou aos cinemas pronto para emocionar o público que cresceu juntamente com Andy, que está indo para a faculdade — tal como muitos dos fãs. Enquanto o filme mostra mais uma aventura de Woody, Buzz, Jessie e companhia, termina com uma cena de cortar o coração, quando Andy se despede de seus amigos brinquedos. Quem aí já está chorando de novo?! Vencedor do Oscar, do Globo de Ouro e do BAFTA de Melhor Animação em 2011, Toy Story 3 merecia, é claro, estar no nosso Top 10. — Vitória Pratini (redatora)

    9) Ratatouille (2007)

    Pixar Animation Studios

    Dirigido e co-roteirizado por Brad Bird, Ratatouille é um dos filmes mais amados da Pixar. A história do rato Remy, apaixonado por cozinhar, mostra uma Paris que é mais que um cenário, é um personagem. Remy e Linguini conquistam a alta culinária francesa de forma encantadora e sem esquecer a comédia, com a dinâmica de um restaurante gourmet contrastada pelo caos da dupla. Os pratos são mostrados de maneira tão criativa que a própria audiência prova, cheira e sente cada um deles. E não esqueça, como o Chef Gusteau dizia, qualquer um pode cozinhar! — Leo Salerno (estagiário)

    8) Os Incríveis (2004)

    Pixar Animation Studios

    O vencedor da estatueta de Melhor Filme de Animação no Oscar 2005 não poderia ficar de fora da lista. Escrito e dirigido por Brad Bird, Os Incríveis foi originalmente desenvolvido para ser uma animação tradicional, desenhada à mão. Mas com o fracasso do filme de 2003 Looney Tunes - De Volta à Ação, o produtor executivo e diretor de criação dos estúdios Pixar, John Lasseter, convenceu Bird a produzir o longa em animação computadorizada. A primeira parte da história da superpoderosa família Pêra pode não estar entre as maiores bilheterias da Pixar, mas conquistou milhões de fãs em todo o mundo, ansiosos pela continuação, mesmo depois de 14 anos de espera. — Roanna Azevedo (estagiária)

    7) Procurando Nemo (2003)

    Pixar Animation Studios

    Dos recifes de coral para o mundo! Foi o que a Disney-Pixar conquistou ao lançar um filme sobre a aventura do peixe Marlin e de sua inusitada amiga, a inesquecível Dory, em busca do pequeno Nemo. Vencedor do Oscar 2004 de melhor animação, a trama traz personagens incríveis — como o tubarão Bruce, a tartaruga Crush, e, por que não, a assustadora Darla?. O sucesso foi tanto que a sequência, Procurando Dory, chegou aos cinemas mais de 10 anos depois do primeiro filme e se tornou uma das maiores estreias de animação de todos os tempos! — Andressa Araújo (estagiária)

    6) Monstros S.A. (2001)

    Pixar Animation Studios

    Mike e Sully invadiram nossos corações em 2001 na fábrica Monstros S.A., que usa sustos de crianças para gerar energia para Monstrópolis. Eles acabam deixando uma dessas crianças invadir a cidade e ela é Boo, a criaturinha mais adorável da história das animações. Seja pela amizade maravilhosa entre os protagonistas, a criação de mundo cheia de alternativas monstruosas divertidíssimas para itens do nosso mundo, ou simplesmente a explosão de fofura que é cada momento de Boo em tela, Monstros S.A. marcou toda uma geração com sua história hilária e cheia de empatia. — Nathália Souza (estagiária)

    5) Wall-E (2008)

    Pixar Animation Studios

    Vencedor do Oscar de animação em 2009 (e poderia muito bem levar o de melhor filme também), Wall-E une modernidade e nostalgia numa trama absolutamente encantadora que prescinde palavras. O repetido chamado apaixonado - "Wall-E", "EVA" - e o amor do protagonista por Alô, Dolly! aquecem corações, enquanto o prognóstico assustadoramente realista da vida na Terra leva à reflexão. Cinema clássico, puro sentimento, inteligente comentário social, para adultos e crianças. Fundamental. — Taiani Mendes (redatora)

    4) Toy Story - Um Mundo de Aventuras (1995)

    Pixar Animation Studios

    Toy Story - Um Mundo de Aventuras, lançado em 22 de novembro de 1995 nos Estados Unidos, foi o primeiro filme produzido pela Pixar, sendo considerado até hoje como uma das animações mais incríveis do estúdio. As aventuras de Woody e Buzz Lightyear, os brinquedos falantes de Andy, marcaram toda uma geração. Quem era criança na época com toda certeza nunca mais encarou seus brinquedos da mesma maneira — impossível não imaginar toda a relação secreta vivida por eles quando não estavam sendo observados. — Manuella Xavier (estagiária)

    3) Up - Altas Aventuras (2009)

    Pixar Animation Studios

    Um senhor rabugento com uma missão quase impossível e o menino falante e inocente que só quer sua última medalha de honra dos escoteiros. Carl e Russell formam uma dupla inusitada, mas é tão cativante que merece esse lugar tão alto na nossa lista. As aventuras dos dois, com a companhia de Dug e Kevin, têm reviravoltas surpreendentes, com uma conclusão que é de aquecer o coração. Além disso, Carl e Ellie têm a melhor história de amor da Pixar, linda, inspiradora e de quebrar o coração. — Carolina Carvalho (estagiária)

    2) Viva - A Vida é uma Festa (2017)

    Pixar Animation Studios

    Seja no respeito e reverência como trata as tradições mexicanas, seja na estética visual de encher os olhos, sejam nas canções inspiradíssimas (a vencedora do Oscar "Remeber Me" é excelente mesmo fora do contexto do filme), Viva - A Vida é uma Festa é um êxito em todos os âmbitos. O filme tem o esqueleto e o coração de um grande filme da Pixar: Diverte e emociona intensamente enquanto trabalha um discurso capaz de atingir crianças e adultos. Como o vibrante feriado do Dia de Los Muertos no México, o longa-metragem de Lee Unkrich transforma o luto em uma grande celebração da vida, com suas lágrimas, memórias, esperanças e alegrias. — João Vitor Figueira (redator)

    1) Divertida Mente (2015)

    Pixar Animation Studios

    Personagens coloridos e cativantes para as crianças. Uma metáfora emocionante para adultos. Divertida Mente consegue pegar uma premissa inusitada (e que poderia ser bem complicada!) e a transforma numa grande jornada de autodescoberta e amadurecimento. Não somente para Riley, mas para o público também! Afinal, como não amar um filme que ensina que está tudo bem em ficar triste, às vezes? Merece mesmo o primeiríssimo lugar da nossa lista. Ps: Bing Bong, sempre em nossos corações! — Katiúscia Vianna (redatora)

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Renato Silva
      Sou contra qualquer tipo de continuação. Só queria mesmo uma d'Os Incríveis, pois não dava para ignorar aquele bebê, que deixou a gente querendo ver mais de seus poderes no final do primeiro filme. Aí saiu um monte de teasers e comentários sobre o 2, e eu ainda nem fui ver. Perdi o interesse com o excesso de lacração no cinema. Devia ter ficado no 1 mesmo.Meu favorito é Wall-E. Meu desejo é que nunca, jamais, façam qualquer continuação.
    • Renato Silva
      Ah, não fui eu quem te negativou. Sacanagem.
    • Renato Silva
      Realmente, concordo com o 1º lugar. A lista tá legal, porém... deixou Wall-E de fora. Imperdoável.Hehehe. Gosto é gosto, né?
    • Vinicius Pimenta
      Vcs são horríveis classificando filmes. Parecem a academia do Oscar.
    • Luiz Miguel Cavalcante
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, Absurdo amigo, quando vi fiquei perplexo também....mas Opinião é opinião.Wall-E pra mim o único que se equipara é o toy story, o resto não chega nem perto, mesmo que sejam outras otimas animações.
    • Luiz Miguel Cavalcante
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, A vida é uma festa em segundo, wall-e em quinto....Opinião é que nem cu, cada um tem o seu, lista estranha essa daí. Toy story e wall-e, é quase unânime, no mundo todo, são as duas melhores obras-primas feitas pela Pixar...Divertida Mente sendo avaliado por....Uma mulher...Agora entendi porque figurou em primeiro...Animação boa mas muito superstimada...
    • H?lio R.
      E com isso concluímos, opinião é igual a cu 👀 e dizer que Procurando Dory não emociona é o mesmo que dizer eu sou um robô e não tenho sentimentos
    • Rodrigo Seco
      O meu top 10:1 - Toy Story2 - Wall-E3 - Monstros s/a4 - Incríveis5 - Ratatouille6 - Toy Story 37 - Procurando Nemo8 - Vida de Inseto9 - Up10 - ValenteOBS: Ainda não assisti Viva-A vida é uma festa e Os Incríveis 2
    • Jonas Carneiro
      Pra mim a melhor animação de todos os tempos é Os Incríveis. A única que beira a perfeição em todos os aspectos. Meu top 10:1º Os Incríveis2º Toy Story 33º Viva - A Vida é Uma Festa4º Divertidamente5º Procurando Nemo6º Os Incríveis 27º Up - Altas Aventuras8º Ratatouille9º Procurando Dory10º Valente
    • Alan Bitencourt
      Tem muitas posições que deveriam mudar, tem filmes que não são bons, por escolhas complicadas.
    • Igor S.
      Eu não saberia classificar em uma lista, mas divertidamente não estaria no topo dela. Acho uma animação maçante, apesar da premissa legal. Ele tem uns momentos legais, mas não compensam o que parece ser uma falta de cronologia. Claro, que eu tenho que ver outras vezes para afirmar melhor.
    • ESTOU SEMPRE PRESENTE
      S ksks
    • ESTOU SEMPRE PRESENTE
      Nem ferrando que os incríveis 2 é pior que procurando dory
    • Martins Pessôa Regis Júnior
      É o que eu digo: os especialistas, enquanto especialistas, não entendem necas de nada. Na minha lista (com total parcialidade):1. Os Toy Story;2. Up! Altas Aventuras;3. Os Carros;4.Valente; 5,Monstros;6. Divertidamente;7. Wall-E;8. Procurando Nemo;9. Os Incríveis; 10. Ratatouille;11. Vida de Inseto (na mesma posição da pesquisa);12. Universidade Monstros;13. O Bom Dinossauro,Como não vi os demais, não posso opinar.
    • rafael
      Moana é sô da Disney , sem a Pixar
    • Beb? M.
      Meu top five1 - Monstros S.A2 - Os incríveis3 - Os incríveis 24 - Procurando Nemo5 - Divertidamente
    • Gina
      Realmente colocaram divertidamente, viva e up nos primeiros? São ótimos filmes, mas com certeza não merecem essas posições. Esse pessoal do adorocinema consegue se superar de novo com mais uma lista sem noção.
    • Deise Ferreira
      Assim que é bom.
    • Felipe F.
      Eu também
    • Deise Ferreira
      Eu nunca concordo, mas respeito.
    Mostrar comentários
    Back to Top