Meu AdoroCinema
    Os melhores filmes de terror da última década segundo o AdoroCinema
    Por Taiani Mendes — 23/06/2018 às 10:02
    facebook Tweet

    Medo, pavor, o horror, do bom.

    Um dos principais lançamentos da semana é Hereditário, terror do diretor estreante Ari Aster. Após arrepiar o Festival de Sundance, de onde saiu coberto de elogios, e se tornar a melhor abertura da prestigiada distribuidora A24, o longa-metragem estrelado por Toni Collette e Gabriel Byrne recebeu nota máxima na crítica no AdoroCinema, o que não acontece todo dia.

    Clássico gênero cinematográfico, o horror nos últimos anos tem gerado grandes obras, sabendo se reinventar e ampliando seus campos e temas, muitas vezes de forma surpreendente. Relembre agora os melhores filmes de terror recentes segundo a crítica do AdoroCinema:

    ✭✭✭✭✭

    It - A Coisa, de Andy Muschietti (2017)

    "O medo das crianças pelo palhaço se une aos medos diários de bullying, racismo, estupro, intolerância religiosa e outras agressões bem retratadas na história. Pennywise sintetiza a ideia de que o mundo é incorrigivelmente hostil." Leia o texto completo.

    Corrente do Mal, de David Robert Mitchell (2015)

    "No momento em que o cinema de gênero explora à exaustão as mesmas fórmulas e as mesmas representações conservadoras de homens e mulheres, este filme demonstra como o cinema de horror ainda pode criar algo original, crítico e realmente assustador." Leia o texto completo.

    Deixe-Me Entrar, de Matt Reeves (2010)

    "Embora aborde o tema vampirismo, Matt Reeves (Cloverfield – Monstro) não cai na vala comum e enfia um estaca na modinha, apresentando um roteiro bem construído e conduzido, levemente não linear, que junta a fome com a vontade de comer, representados pelo desejo de ser amado e de beber sangue." Leia o texto completo.

    O Orfanato, de Juan Antonio Bayona (2008)

    "A fotografia tem a textura adequada e proliferam tomadas clássicas de balanços que se mexem no jardim, corredores longos, portas que se fecham, cenas de Super 8 e até uma tomada da mãe em primeiro plano com a casa ao fundo. Mais clássica impossível. E sem demérito algum porque são elementos estruturais de uma boa trama do gênero." Leia o texto completo.

    ✭✭✭✭

    Ao Cair da Noite, de Trey Edward Shults (2017)

    "Durante a totalidade da projeção, a impressão que se tem é a de se estar diante de um primeiro ato progressivo e sem fim. Sempre na iminência de que algo aconteça, o perigo rondando, à espreita, não há como desgrudar os olhos da tela." Leia o texto completo.

    Invasão Zumbi, de Sang-Ho Yeon (2016)

    "O filme é adrenalina pura. O ritmo já começa frenético e só cresce até o fim. O espectador fica nervoso junto com os personagens e se desespera com as situações de perigo. O roteiro trata de criar inúmeras situações de conflito, na maioria físico, mas também emocional." Leia o texto completo.

    O Lamento, de Na Hong-jin (2016)

    "O ridículo se aproxima do grotesco, e o humor do terror. Ambos são vistos como elementos de catarse e de distanciamento ou, em termos de mise en scène, são ferramentas para a fuga da realidade. É curioso como uma história com tantos elementos conhecidos pode soar tão inovadora, ou pelo menos diferente, por conta do uso autofágico dos gêneros." Leia o texto completo.

    O Homem nas Trevas, de Fede Alvarez (2016)

    "Alvarez demonstra mais uma vez possuir um ótimo domínio das cenas de tensão e suspense. O novo filme é envolvente e energético. E, mesmo adotando uma série de clichês, consegue não ser previsível em momento algum." Leia o texto completo.

    Grave, de Julia Ducournau (2016)

    "De forma inteligente, Julia Ducournau se aproveita dos códigos dos filmes de horror para contar um bom drama – ou o contrário. Claro que o gore está presente, mas – se é que é possível por nesses termos – sem exagero." Leia o texto completo.

    A Bruxa, de Robert Eggers (2015)

    "Após tantos filmes de terror com truques banais e aceleração dos eventos rumo ao final, é um alívio encontrar uma obra que sabe tomar seu tempo, construindo a tensão e a psicologia dos personagens com precisão cirúrgica." Leia o texto completo.

    Demon, de Marcin Wrona (2015)

    "O fato de reconhecer a inverossimilhança do comportamento do noivo faz de Demon um filme inteligente, que não mente para o espectador nem tenta estar um passo à sua frente. Desta alternância entre fé (na possessão) e razão (na explicação médica) encontra-se um bem-vindo humor absurdo, crescente e compatível com o horror." Leia o texto completo.

    Quando Eu Era Vivo, de Marco Dutra (2014)

    "Além de brincar com elementos do horror brasileiro e contos urbanos, como a utilização do boneco do Fofão, Marco Dutra apresenta referências diretas ao clássico O Iluminado, de Stanley Kubrick." Leia o texto completo.

    As Fábulas Negras, de Rodrigo Aragão, José Mojica MarinsPetter BaiestorfJoel Caetano (2014)

    "Brutal e sanguinolento, com uma coragem que vai do radicalismo em certas sequências à própria reinvenção de personagens consagrados, é filme para se divertir, e muito!" Leia o texto completo.

    Invocação do Mal, de James Wan (2013)

    "Claro que os mais escolados vão identificar uma série de clichês e poderão reclamar de algumas licenças típicas, como as filhas dormindo profundamente, enquanto uma mega cena tensa e barulhenta tá acontecendo com a mãe. Mas isso não tira a força do obra de jeito nenhum e a Warner já tem um 'atividade paranormal' para chamar de seu." Leia o texto completo.

    O Espelho, de Mike Flanagan (2013)

    "É o desempenho [do diretor] que torna o filme algo diferente, fugindo do título de 'mais um terror qualquer'. A forma como ele realiza transições entre o que está acontecendo e flashbacks do que aconteceu com a família é fabulosa e elegante." Leia o texto completo.

    Somos o que Somos, de Jim Mickle (2013)

    "Mergulhando o espectador em uma atmosfera lúgubre, de visual caprichado com tons de cinza e verde, ele o coloca diante do dilema das jovens irmãs, divididas entre suas próprias crenças e a fé doentia do pai. Com um orçamento baixo, Mickle optou por investir menos em efeitos especiais (comuns hoje em dia) e mais em uma trama de ritmo diferenciado..." Leia o texto completo.

    Mama, de Andy Muschietti (2013)

    "O longa conta com uma bela fotografia de Antonio Riestra, que compra a ideia do diretor e constrói um ambiente sombrio e com tons bem escuros. A trilha sonora de Fernando Velázquez é outro destaque, não usando a música para dar sustos, mas sim para construir um clima de terror e fantasia." Leia o texto completo.

    O Último Exorcismo: Parte II, de Ed Gass-Donnelly (2013)

    "No fundo, através da trama de liberação erótica de Nell, O Último Exorcismo – Parte II funciona como uma dessas fábulas de apoderamento sexual feminino, nos quais as mulheres tornam-se melhores, mais fortes e mais ativas quando são instigadas a manifestarem seus desejos." Leia o texto completo.

    Possessão, de Ole Bornedal (2012)

    "Algumas sequências são de arrepiar, como a das mariposas pela casa, aquela com a jovem e o padrasto e, principalmente, ela com a mãe na cozinha. A cena 'goela abaixo', mesmo tendo sido exibida no trailer ainda impressiona." Leia o texto completo.

    Trabalhar Cansa, de Juliana RojasMarco Dutra (2011)

    "A trama também envolve misteriosos acontecimentos no mercado, criados a partir de um interessantíssimo clima de suspense. Mas é melhor não dar muitos detalhes e deixar você, leitor, se surpreender ou se envolver por conta própria." Leia o texto completo.

    Pânico 4, de Wes Craven (2011)

    "Repetindo a (boa) fórmula de brincar com o espectador e com o próprio filme, o roteiro ainda tem vigor e é criativo, provocando risadas e momentos de absurdo suspense, alguns deles, terminando com doses exageradas do já caracterísitico sangue cenográfico espirrado para cá e para lá." Leia o texto completo.

    Evocando Espíritos, de Peter Cornwell (2009)

    "Dependendo do ponto de vista, o único ponto fraco pode ser o roteiro. Mas isso somente se você ficar incomodado com o fato de que beira o ridículo a insistência do jovem e sua família em permanecer num local que os assombra." Leia o texto completo.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Lucas V.
      Concordo plenamente, mas eles são classificados erroneamente com o gênero 'Terror'.
    • FSociety
      Eu gostei da Bruxa, teve suspense e o terror era na nossa imaginação sobre o que aconteceria, achei legal muito melhor que esses filmes cheios de jump scare desnecessários.
    • Marcio Martins Ebenezer
      Bom, mas é suspense e não terror.
    • Marcio Martins Ebenezer
      Só suspense.
    • Marcio Martins Ebenezer
      A Bruxa é bom.
    • Marcio Martins Ebenezer
      Confundem muito, principalmente hoje em dia, terror com suspense e com ficção científica e com comédia misturada com ficção terror e suspense e com ai ai ai. Filme de zumbi não engana ninguém, a não ser aos mais ultra mega sensíveis. Lista muito vaga e para nutelenses de fralda e que se assustam com furmiguinhas. Pena! Quer terror mesmo? Então assista O Enigma de Outro Mundo, A Profecia, Amityville 1974, O Bebê de Rosemary, O Iluminado, O Príncipe das Sombras, Sepultura Para a Eternidade, Borderlands, O Túnel, A Casa Que Pingava Sangue, O Asilo do Medo, O Pêndulo, A Bruxa de Blair(inclusive, se puderem, vejam o especial) e, claro, O Exorcista.
    • Thales Vidal
      A bruxa é uma merda, fala serio esse adoro cinema
    • FSociety
      Só não concordei com o Ao Cair da Noite nossa que filme ruim nada acontecia na merd* do filme, os que eu mais gostei ai são:- Invocação do Mal 1 e 2- It: A Coisa- Corrente do mal- Um Lugar Silencioso- O Homem Nas Trevas- Evocando Espíritos- Mama- Fragmentando- A Bruxa- O Espelho foi mais ou menos não gostei tanto igual muitos dizem!
    • FSociety
      Péssimo? Não amigo péssimo na minha opinião foi Ao cair da Noite filmelento, amarrado nossa não tenho nem o que falar desse filme.
    • Alan Bitencourt
      Evocando Espíritos, Pânico 4, Possessão, Mama, O Espelho, Invocação do Mal 1 e 2, A Bruxa, O Homem Nas Trevas, Invasão Zumbi, Ao Cair da Noite, O Orfanato, Deixe-me Entrar, It: A Coisa, Um Lugar Silencioso, Babadook e Fragmentando todos são bons.
    • Lucas Verly
      Corra!, Babadook, Invocação do Mal I, Um lugar silencioso, Ao cair da Noite, A bruxa, IT - A Coisa, A Possessão, Corrente do mal e Fragmentado.
    • Andrew Nascimento
      Onde Corrente do mal é bom? Filme péssimo. Essa lista não condiz kkkkkk
    • Rick S.
      IT tem uma vibe sessão da tarde, para mim foi mais comédia do que terror. Deixe-me Entrar é bom na versão original, a adaptação americana é bem inferior. Ao Cair da Noite é mais suspense e o desfecho é frustrante. Mama é péssimo, um dos piores filmes de terror. Os outros da lista até que são bons, alguns medianos e outros apenas assistíveis. Recomendo O Babadook, Um Lugar Silencioso, Corra! e o recém lançado Hereditário, são incríveis e uns dos meus filmes de terror preferidos.
    • Vinicius Matos
      A lista me pareceu muito promissora, tem alguns filmes muito bons num gênero tão desgastado, mas comecei mal.O primeiro que assisti foi Mama, e é um filme muito fraco.
    • Ø Ř€ŦØŘŇØ Đ€ ₣Ř€ĐĐ¥ ҜŘỮ€Ǥ€Ř ☠
      Bons filmes, mas Ao Cair da Noite é muito ruim, perda de tempo!
    • Jc V.
      Oq mais me agradou foi O Homem nas Trevas. Foi o mais inovador.Deveriam ter listado o filme original de Deixe Ela Entrar, ao invés de puxar o saco do diretor que só fez um Ctrl C + Ctrl V
    • Marcos G.
      Corra!!!
    • Samuelson
      Eu sou fã de filmes desse gênero, ainda mais quando tem qualidade surpreendendo a galera e prendendo a atenção do inicio ao fim. Me lembro ano passado, quando fui ver uma vídeo/critica no Facebook do filme Ao Cair da Noite, e só agora que consegui ver o filme. O critico falou muitas coisas boas, mas que era lento, amarrado e não assustava muito. Mas na minha opinião eu achei o contrario, gostei muito da história e o desenrolar do filme. Outro que eu gostei muito foi O homem nas trevas, foda hein! Aquele final surpreendeu, dando brecha para uma possível continuação. Vou adortar essa sugestão e tentar assistir esses filmes, pois tem alguns que ainda não vi.
    • Vidamell Vida R.
      Com certeza muito bons!!!
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Uma Segunda Chance Para Amar Trailer (2) Legendado
    As Golpistas Trailer Legendado
    Os Parças Trailer Oficial
    Carcereiros - O Filme Trailer
    Aspirantes Trailer
    Sereia Predadora Trailer Original
    Todos os últimos trailers
    Últimas notícias de cinema
    Without Remorse: Novo filme com Michael B. Jordan ganha teaser
    NOTÍCIAS - Pré-Produção
    quinta-feira, 21 de novembro de 2019
    Grammy Awards 2020: Nasce uma Estrela, O Rei Leão e Homem-Aranha no Aranhaverso são indicados
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quinta-feira, 21 de novembro de 2019
    Renée Zellweger encarna Judy Garland em trailer legendado de cinebiografia
    NOTÍCIAS - Pré-Produção
    quinta-feira, 21 de novembro de 2019
    Estreias de dezembro na Netflix
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 21 de novembro de 2019
    Star Wars: A Ascensão Skywalker ganha novo comercial emocionante
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 21 de novembro de 2019
    Star Wars: A Ascensão Skywalker ganha novo comercial emocionante
    RoboCop Returns: Novo filme da franquia contrata diretor
    NOTÍCIAS - Pré-Produção
    quinta-feira, 21 de novembro de 2019
    RoboCop Returns: Novo filme da franquia contrata diretor
    Últimas notícias de cinema
    Filmes da semana
    de 21/11/2019
    A Vida Invisível
    A Vida Invisível
    Diretor: Karim Aïnouz
    Elenco: Carol Duarte, Julia Stockler, Gregório Duvivier
    Trailer
    Bixa Travesty
    Bixa Travesty
    Diretor: Kiko Goifman, Claudia Priscilla
    Elenco: Linn da Quebrada, Jup do Bairro, Liniker de Barros
    Trailer
    Um Dia de Chuva em Nova York
    Um Dia de Chuva em Nova York
    Diretor: Woody Allen
    Elenco: Timothée Chalamet, Elle Fanning, Selena Gomez
    Trailer
    A Grande Mentira
    A Grande Mentira
    Diretor: Bill Condon
    Elenco: Helen Mirren, Ian McKellen, Russell Tovey
    Trailer
    Mais que Vencedores
    Mais que Vencedores
    Diretor: Alex Kendrick
    Elenco: Alex Kendrick, Ben Davies, Shari Rigby
    Trailer
    O Reino Gelado: A Terra dos Espelhos
    O Reino Gelado: A Terra dos Espelhos
    Diretor: Aleksey Tsitsilin
    Trailer
    Lançamentos da semana
    Back to Top