Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    "Eu vou te matar", teria dito Brad Pitt para Harvey Weinstein após produtor assediar Gwyneth Paltrow
    Por João Vitor Figueira — 24 de mai. de 2018 às 12:18
    facebook Tweet

    A atriz tinha 22 anos de idade quando foi assediada sexualmente.

    "Se você fizer ela se sentir desconfortável mais uma vez eu te mato", teria dito o ator Brad Pitt ao infame produtor Harvey Weinstein. A revelação sobre o conteúdo do ultimato que o ator deu para o executivo foi feita por Gwyneth Paltrow durante uma participação no programa de rádio The Howard Stern Show que foi ao ar na última quarta-feira, 23 de maio.

    "Aquilo foi como jogar ele [Weinstein] contra a parede com muita energia", disse Paltrow. "Foi fantástico porque ele [Pitt] aproveitou de sua fama e poder para me proteger em uma época na qual eu não tinha poder ou fama ainda. Ele é o melhor." A "conversa" de Pitt com Weinstein se deu em 1995, na pré-estreia de Hamlet na Broadway.

    Foi em outubro do ano passado que Paltrow quebrou o silêncio sobre Weinstein pela primeira vez em uma entrevista para o jornal The New York Times. Na ocasião, a atriz que vive Pepper Potts no Universo Cinematográfico Marvel contou que tinha 22 anos de idade quando Harvey a convidou para o seu quarto de hotel com a justificativa de que precisava tratar de assuntos profissionais.

    O ano era 1995, e Paltrow foi contratada pelo executivo para atuar em Emma (1996), uma adaptação da obra de Jane Austen. Ao chegar no quarto de Weinstein, a atriz conta que o produtor a tocou sem seu consentimento, sugeriu que os dois fossem para a cama e ela fizesse uma massagem nele. "Eu era uma criança, era contratada, e fiquei paralisada", disse Paltrow ao NYT. À reportagem, a atriz contou que Brad Pitt, seu namorado na época, tinha tirado satisfações com Weinstein e que o executivo, então manda-chuva da Miramax, a ameaçou depois disso. "Eu pensei que ele ia me demitir. Ele gritava comigo por muito tempo. Foi brutal."

    Paltrow também contou que precisou fingir que nada havia acontecido e posar ao lado de Weinstein em fotos por não saber como processar o assédio que sofreu. Ela trabalhou novamente com Weinstein em Shakespeare Apaixonado (1998), filme que lhe garantiu um Oscar de melhor atriz. "Agora estamos em uma época em que as mulheres precisam mandar uma mensagem clara e dizer que isso acabou. Essa maneira de tratar as mulheres acaba agora."

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Bem, neste caso você está lançando mão de um aspecto que foge das redes sociais - Eu por conhecer ele... -, ou seja, só poderá dar razão a ele quem o conhece pessoalmente (e a qualquer outra pessoa que se expresse dessa forma), o que obviamente não é meu caso. vc tem essa sua e tem o do proprio criador da frase confirma exatamente isto: não conheço para saber se ele quis dizer algo diferente do que eu interpretei, portanto, ou ele faz uma réplica embaixo do que disse me explicando o que quis dizer, ou eu fico com minha interpretação, já que não posso entrar em conjectura sobre: O que esta ou aquela pessoa quis dizer, mas que eu interpreto que seja assim assado?
    • Lara Lannister
      depende do contexto. Eu por conhecer ele, sei que suas atitudes são contrarias a de uma pessoa que que trata outras com desdem. Isso sem falar que existem varias maneiras de interpretar uma frase, vc tem essa sua e tem o do proprio criador da frase
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Pois é, mas o que ele disse é a mesma postura de desdém de muitas pessoas para com quem frequenta as redes sociais, como se estar lá (aqui) fosse algo de gente à toa - se estivesse estudando... Acho ofensivo ouvir isso de alguém, porque não sabem se já não estudei o dia todo, a noite toda, ou a vida toda, mas, em razão de uma opinião divergente da dele, acha que falta estudo. Não, não falta estudo ao outro, mas sim a quem disse isso, porque não respeita uma opinião divergente da dele.
    • Lara Lannister
      Li, ou você também está me acusando de ser analfabeto? Creio que já percebeu que não o sou. Pra ser analfabeto não precisa simplesmente n saber escrever mas enfim... Não, não te acusei de nada. Apenas achei que seu comentário n foi coerente, ignorando o que eu escrevi anteriormente, como se não tivesse lido ou lido com pressa e não prestado atenção.Eu não estou desmerecendo ninguem , apenas reconhecendo que se vc possui um maior conhecimento em um determinado assunto, melhor será sua opinião e argumentos a respeito disso. E se vc for alguém estudado/ intelectual, entende-se que vc tira seu conhecimento de livros/ artigos /pesquisas cientificas/pesquisas amadoras/ documentarios e vivencia , e não das fake news do facebook.Mas tem coisa boa no facebook? tem sim, claro. Basta apenas seguir a regra de checar as fontes da noticia para ver se elas são de fontes confiáveis e não de um blog feito por um cara que nunca leu um livro e fala as coisas por achismo. Vc sabe qual é o problema do achismo ne? Basta ver pessoas que nunca leram um livro de história pedindo intervenção militar pq acham que seria melhorSeu amigo agora diz isso, mas será que foi o que ele pensou quando disse aquilo? Ou, de tanto, ser questionado por você, voltou atrás? Ai eu ja não sei, não leio o pensamentos das pessoas.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Se escreveu isso não leu meu comentário anterior. Li, ou você também está me acusando de ser analfabeto? Creio que já percebeu que não o sou. Mas parece que você, isso sim, escreveu e não se deu conta do que escreveu, porque insistiu e insiste no quanto mais estudo, mais consciente será sua opinião. Percebe como com esses tais bostas não é assim? Ou seja, não dite estudar como regra, nem desmereça o estar no Facebook com desdém. Estudar vale a pena se a pessoa aprender, mais nada, e aprender DE FATO, ou seja, tornando-se pessoa, um ser plenamente formado como cidadão, não um profissional, um carreirista, principalmente o tipo que quer se formar para ter um salário melhor. E aprender se aprende também por conta própria, até sem nunca ir numa escola. Seu amigo agora diz isso, mas será que foi o que ele pensou quando disse aquilo? Ou, de tanto, ser questionado por você, voltou atrás?
    • Lara Lannister
      Meu pensamento é: se você quer estudar, estude, mas nunca deprecie o conhecimento e sabedoria de uma pessoa que não estudou Isso com ctz.E ele tbem segue esse principio. Falei com ele novamente esses dias e ele disse que se referia aos abestalhados que acreditavam na primeira fake news que aparecia na timeline.Esses economistas que tão cagando com o país são doutores, sabia? Puxe o curriculum vitae (chique, né? Grande bosta!) deles e veja quantas Harvards e Cambridges eles fizeram. E adiantou para a gente? NÃO! Eu sei muito mais de Economia e de Política de que muitos deles, e não tenho metade desse currículo acadêmico. Se escreveu isso não leu meu comentário anterior. Não importa o cara ser um Einstein da economia se ele for um bosta corrupto, simples assim. Isso tem muito mais haver com índole do que com condecorações acadêmicas. Temos um pais onde juízes estão pisando na constituição enquanto outros estão seguindo-a, operários sem perspectivas de futuro e operarios com grande visão, onde um ja foi até um dos maiores presidentes do país. Depende muito da indole e não da fomação.PS: esperando comentarios como pipipipopopo esquerdista comunista ... lula ladrão bla bla bla Só pq eu o trato com justiça/respeito e reconheço o bem que ele fez pelo pais.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Meu pensamento é: se você quer estudar, estude, mas nunca deprecie o conhecimento e sabedoria de uma pessoa que não estudou - diga isso para seu amigo. A vida nos ensina, e a vida está também aqui no AdoroCinema, no Facebook, num parque, numa praça, numa criança que sorri para a gente, num doente no hospital, numa música que toca no rádio, numa poesia, numa flor e até numa planta que não dá flor, só folhas.Esses economistas que tão cagando com o país são doutores, sabia? Puxe o curriculum vitae (chique, né? Grande bosta!) deles e veja quantas Harvards e Cambridges eles fizeram. E adiantou para a gente? NÃO! Eu sei muito mais de Economia e de Política de que muitos deles, e não tenho metade desse currículo acadêmico.
    • Lara Lannister
      1. Não estou subestimando, como disse, pessoas sabias conseguem tirar conhecimento até de uma topada que deram numa pedra. Apenas disse que em um caso mais critico , uma pessoa estudada leva a melhor. È tipo tentar debater astrofísica com o Neil Degrasse Tyson, vc vai levar uma surra mas ao mesmo tempo vai aprender. Entendeu agora?2. Eles tão cagando com o país por 2 motivos. Primeiro,n tem nada haver com a capacidade deles de serem economistas, mas sim com a capacidade do ser humano de se corromper. Vc pode trazer um economista formado em Harvard com Doutorado em Oxford, se o cara se bandiar pro lado dos corruptos , já era. E segundo , um economista só não tem a palavra final com relação a economia de um pais , era pra ter mas não tem. Os que estão no poder vão implantar o tipo de economia que quiserem , o que for mais vantajoso pra eles e foda-se o resto. Ou seja, no final das contas n tem muito haver com a capacidade intelectual da pessoa, mas sim com a sua índole.3. Pelo que eu entendi, teu pensamento é tipo Larguem as escolar, queimem os livros. Vamos todos parar de estudar pq a vida ja nos ensina tudo :v
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Não, minha querida, não subestime quem tem capacidade de aprender com a vida e fique presa ao estudo formal de um doutor, viu? Sabe quantos doutores economistas estão fazendo a m... na Economia e na política de nosso país? E sabe por que fazem tanta m...? Porque não APRENDERAM sobre a vida, mas vivem alienados em teorias e gabinetes. Não sei se você era nascida, mas no governo Collor houve uma ministra imbecil que era dita como doutoríssima, a Zélia Cardoso de Mello, que apreendeu todos os depósitos das pessoas nos bancos, levando muita gente até a morrer por falta de dinheiro para pagar cirurgia, ou se suicidando. Ela era muito estudada, sabe? Portanto, mas vale todo o doutorado de uma dona de casa e um chefe de família do que o de uma doutora do tipo, pois eles aprenderam com a vida, sabem a teoria e a prática. Muitas vezes, quanto mais estudo, mais imbecil será sua opinião, isso sim.
    • Lara Lannister
      Cada pessoa pode ter sua própria opinião sobre tudo na vida, e não é estudando que terá uma opinião melhor, porque isso não existe. QUE? meu querido é óbvio que é estudando que se terá uma opinião melhor. Tipo, vamos falar de economia, c quer comparar a opinião de alguem que não terminou o ensino medio (e tira seu conhecimento da TV e rede social) com um doutor economista que estudou a vida toda pra falar sobre o assunto?Sim, a vida é um aprendizado e uma pessoa sábia consegue tirar lições de tudo na vida, mas vamos com calma né. È uma coisa óbvia, quanto mais estudo, mais consciente será sua opinião
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Bem, um bom redator não pode traduzir nada ao pé da letra, mas deve compreender a entonação que foi dada pelo emissor.Cada pessoa pode ter sua própria opinião sobre tudo na vida, e não é estudando que terá uma opinião melhor, porque isso não existe. O próprio dia a dia é um aprendizado, uma conversa, uma leitura, uma música que ouça, uma oração, a visita a um parque, tudo é aprendizado. E, ainda que a pessoa esteja realmente crescendo assim interiormente, o que ela comentar no facebook não será necessariamente acolhido por outros como não besteira, porque noção de besteira é ponto de vista.Todos fazem isso não. Eu não faço.
    • Lara Lannister
      Descontar as frustrações e aborrecimentos em quem nada tem a ver com isso não é justo, Realmente não é justo mas sabemos que todos fazem isso em algum momento da vida.Vc não entendeu a frase do meu amigo(eu tbem demorei a entender), mas na vdd é algo mais como : As pessoas que realmente estão estudando sobre determinação assunto, fazendo teses/artigos ou wherever, não tem tempo para comentar besteiras estilo ctrl C ctrl V no facebook. Pelo menos foi o que ele me explicou depois quando eu questionei. E tirando a minha propria interpretação sobre a frase, achei tbem que é meio : Tirar seu conhecimento de algo alem de comentários de facebook e vlogers achistas (que comentam na base do achismo)E sobre a interpretação da fala I was a child , cara isso vai muito de interpretação mesmo. Por ex, eu por ja estudar a lingua inglesa(mesmo que de forma amadora) já a bastante tempo entendo que não necessariamente é uma frase que precisa ser seguida ao pé da letra. Mas a maioria das pessoas não tem esse conhecimento então acho que o redator achou melhor traduzir mesmo ao pé da letra.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Sim, pode ser que I was such a child tenha a conotação de Eu era apenas ingênua (e não criança), mas aí cabe ao repórter/redator que nos trouxe a informação fazer a tradução correta. Uma vez que está escrito lá em cima Eu era apenas uma criança, nós lemos o que está escrito: criança. E é sobre isso que posso criticar. O que ela quis dizer, só ela poderia nos explicar - ou, se o repórter tivesse se esforçado mais um pouco, explicado a ele próprio.Descontar as frustrações e aborrecimentos em quem nada tem a ver com isso não é justo, e a pessoa que faz isso (mesmo que seja uma mulher...) não teria direito depois de exigir justiça para si mesma, já que não a pratica com os outros. Temos que viver sempre pisando em ovos, sim, observando até se não pisamos numa minúscula formiga, pois todos no mundo têm o mesmo direito à vida e ao respeito. Aliás, não se esqueça que, muitas vezes, as pessoas que mais agridem são as que precisam de mais carinho e consolo, porque foram (ou são) agredidas.Sobre Quem esta estudando não esta comentando besteira no facebook é uma besteira do seu amigo, pois eu poderia responder a ele: Quem está estudando não está comentando besteira para amigos pessoalmente, ou no whatsapp, ou no telefone. Somos seres sociáveis, e se alguém acha besteira se comunicar, deveria viver como ermitão dentro de uma caverna. É uma opção de vida, e não tenho nada contra. Aliás, lá ele poderia estudar ainda mais.Por fim, a gente percebe a mulher que gosta de proteção, gosta de ser amada, e aquela que tem espinhos e não gosta, simples: cada pessoa se aproxima daquela que lhe agrada.
    • Anne N.
      Pois não é? Foi ela que ganhou o Oscar pela atuação fantástica naquele filme bem relevante, no mesmo ano que Cate Blanchet, Meryl Streep e Fernanda Montenegro foram indicadas, mas claro, não atuaram tão bem quanto ela. 😂
    • Lara Lannister
      Eu digo isso pq pelo menos em todo filme, documentario, entrevista... o povo fala i was such a child ou i was a kid nesse sentindo de eu era mto inocente , questão de conhecer a forma como eles falam mesmo , estudando o idioma e etc mas okay, eu n leio os pensamentos das pessoas.Já parou para pensar q quando uma pessoa passa por uma situação de stress, ela tem chances de descontar isso em pessoas que não tem culpa de nada, mesmo q momentaneamente? E outra, tem muito homem que incapacita a mulher , achando que ela não pode levantar peso, praticar artes marciais, trabalhar em empregos mais perigosos como a policia, etc e etc. È dificil pra vc entender pq vc é homem e tem coisas q vc não vai saber como é, nem perceber que alguns comportamentos que pra vc são okay, mas na verdade pra muita mlr não são.Qual o problema de ler os comentários na internet e levar apenas eles em consideração, sem de fato ouvir as pessoas? È como eu ouvi de um amigo Quem esta estudando não esta comentando besteira no facebookEntenda tbem que como em qualquer movimento (seja artistico, politico, social...) existe varias vertentes. Com o feminismo não é diferente , tem uma glr mais liberal, tem a glr radical, tem a glr tradicional, tem os meio termo.....Tem muita mlr que não gosta de ser vista como alguem indefeso que precise ser salva de uma torre por um principe encantado . È aquela coisa, varia de pessoa para pessoa
    • Pessoa
      E nenhuma palavra do adorocinema sobre a defesa de Moses Farrow do seu pai Woody Allen. Ele acusa sua mãe adotiva, Mia Farrow, de abusos físicos contra ele e seus irmãos e que ela coagiu Dylan para acusar Woody de ataque sexual. Isto foi notícia em muitos dos mais importantes sites de notíciais estrangeiros, inclusive em sites de cinema como o Hollywood Reporter, Variety, Indiewire e Deadline. Entretanto, como esta notícia foi solenemente ignorada porque não se enquadra na agenda políticamente correta do adorocinema.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Bem, a gente pode ficar aqui achando o tempo todo o que ela quis dizer e não vamos chegar ao fato, pois só ela sabe o que quis dizer. Mas achei exagero dela. Eu, ao menos, nunca me referi a mim aos 22 anos como eu era uma criança; não, não era, em nenhuma situação.Quanto ao segundo ponto, é assim sim que acontece, e talvez não seja assim que você percebe, mas ouço e leio muuuuuito mulheres respondendo ipsis litteris dessa forma. E se fosse algo como 'È um absurdo a gente precisar ser defendida de coisas nas quais são outro absurdo ainda estarem ocorrendo', isso não depende de nós, namorado, marido, pai ou irmão que agimos, portanto, não faz sentido o pouco caso que algumas mulheres fazem. Se agimos é porque o absurdo já aconteceu, inflingido por OUTROS homens, que não nós que defendemos e, pode acreditar (!), existem homens assim, respeitadores, até admiradores das mulheres.
    • Lara Lannister
      quando ela disse que era uma criança, acho que ela quis dizer que , por ser nova na industria, era muito inocente. Imagina alguem que chega em Hollywood com um sonho, com aquele brilho nos olhos e pah , acontece algo assim. o namorado, coisa com que nem todas as moças contam - e algumas dizem que nem querem contar, porque isso é machismo, misoginia, e coisas do tipo. Quer dizer, proteger uma pessoa que amamos, para algumas mulheres, é nefasto. Na verdade não é bem assim, é mais algo como È um absurdo a gente precisar ser defendida de coisas nas quais são outro absurdo ainda estarem ocorrendo
    • Vidamell Vida R.
      Isso aí PITT. Tô contigo!!! Se eu fosse ele, eu nem diria que eu ia matar ele.
    • Pestilão
      É isso aí Brad. mostra pra esses frouxos o que é ser macho de verdade.
    Mostrar comentários
    Back to Top