Meu AdoroCinema
    Por onde andam os comediantes do século XXI?
    Por Katiúscia Vianna — 06/05/2018 às 10:25
    facebook Tweet

    Enquanto o humor perde força nas telonas, vamos analisar o que aconteceu com as carreiras de Jim Carrey, Jack Black, Ben Stiller, Adam Sandler e companhia!

    Lembra daquela simples época em que você ia ao cinema para conferir "o filme daquele comediante"? Sim, você não precisava saber o título, pois só determinado protagonista já era o suficiente para te fazer sair de casa e passar um tempo bacana? Faz tempo, não é mesmo?

    Se, antigamente, elas eram garantia de grande público nas salas, as comédias estão se tornando cada vez mais raras no mundo cinematográfico. Por exemplo, nos últimos cinco anos, tal gênero representou apenas 16% do mercado. E são vários os motivos para isso: a moda de remakes e franquias em Hollywood; a necessidade de investir em assuntos familiares e universais para não 'assustar' o público internacional (que segue crescendo a cada ano); o medo de infrigir o políticamente correto; e as transições de comediantes para as séries de TV/Netflix/Youtube e outros meios digitais.

    Obviamente, isso não quer dizer que a comédia acabou. Porém o século XXI encontrou outras formas de fazer rir. Hoje, nomes como Seth RogenMelissa McCarthy ainda representam uma pequena parcela de comédias bem-sucedidas, mas são bem comuns ver fracassos de bilheteria em tal gênero. A sociedade mudou, mentalidades se desenvolveram, limites foram alterados e clichês ficaram cansados. E Hollywood precisou aprender tal lição.

    Alguns tiveram que se adaptar às mudanças de mercado, outros insistiram em fórmulas clichês, encontrando triste lar no ostracismo. Por sua vez, existem aqueles que decidiram mostrar seu talento diversifcado, apostando em outros estilos. Pensando nisso, o AdoroCinema decidiu analisar o que aconteceu com os grandes nomes da comédia nesse último século:

    Ben Stiller

    Se tem um nome que resume o humor hollywoodiano do anos 2000 é Ben Stiller. Seja pelas franquias Entrando Numa Fria e Uma Noite no Museu, ou por filmes como Trovão Tropical (2008). Porém, até ele foi capaz de cometer erros, vide o fracasso de Zoolander 2 (2016). Ben está investindo em comédias dramáticas desde A Vida Secreta de Walter Mitty (2013), como Os Meyerowitz: Família Não Se EscolheO Estado das Coisas (ambos de 2017). E ainda vai dirigir sua primeira série baseada em fatos reais, a inédita Escape at Dannemora.

    Will Ferrell

    Montanha-russa. Está aí um belo resumo para a carreira do moço. Se seu currículo tem os elogiados Um Duende em Nova York (2002) e O Âncora (2004), Will Ferrell encontra tempo para fazer bombas como A Feiticeira (2005), O Elo Perdido (2009), A Casa Caiu: Um Cassino na Vizinhança (2007) e Pai em Dose Dupla (porém, o primeiro dessa franquia foi sucesso de bilheteria, então a gente até entende). O interessante é que o ator até deu uma breve passeada pelas comédias dramáticas, mas é um dos únicos nomes nessa lista que segue investido no humor como principal direção em sua carreira. Para o melhor e para o pior...

    Jack Black

    Dá para acreditar que Escola de Rock foi lançado 14 anos atrás? Após os fracassos de Nacho Libre (2006) e As Viagens de Gulliver (2010), Jack Black encontrou refúgio como dublador na franquia Kung Fu Panda e encontrando tempo para investir em elogiadas produções menores como Rebobine, Por Favor (2008) e Bernie (2011). O moço voltou para a mídia com Goosebumps (2015), porém não é realmente humor... Ninguém viu O Rei da Polca (2017). E o recente Jumanji diverte, mas é um palco para Dwayne Johnson, além de ser sequência de um clássico. Resumindo? Jack segue por aí, é só prestar atenção.

    Cameron Diaz

    Infelizmente, muitos nomes femininos do humor estão sempre relacionados com comédias românticas, mas Cameron Diaz conseguiu superar esse preconceito, ao investir em outros tipo de humor como foi visto em Professora Sem Classe (2011). Apesar de nem todos seus filmes serem grandes sucessos, o nome de Diaz sempre foi popular - também aparecendo em alguns dramas, filmes de ação e dublando Fiona em Shrek. Logo, o mundo ficou bem surpreso quando a moça anunciou sua aposentadoria, aos 45 anos de idade!

    Steve Carell

    Aclamado como o Michael Scott de The OfficeSteve Carell começou a fazer uma série de sucessos no gênero, como O Virgem de 40 Anos (2005), Agente 86 (2008) e a franquia O Âncora. Porém, nos últimos anos, o ator mostrou também ter um grande talento para obras dramáticas, como A Melhor EscolhaA Guerra dos Sexos (ambos em 2017) e A Grande Aposta (2015). Chegou até a ser indicado ao Oscar por sua impressionante transformação em Foxcatcher - Uma História que Chocou o Mundo (2014). E ele segue nessa vibe com três projetos já cotados para as próximas temporadas de premiações: os dramas Beautiful Boy e The Women of Marwen, além da biografia Backseat.

    Vince Vaughn (e Owen Wilson!)

    Seja sincero: é praticamente impossível pensar em um sem lembrar do outro após Penetras Bons de Bico (2005) e Os Estagiários (2013), não é mesmo? Atualmente, ambos seguem misturando dramas e comédias. Vince Vaughn estrelou a fracassada segunda temporada de True Detective e o esquecível Negócios Fora de Controle (2015), mas encontrou elogios em Até o Último Homem (2016) e Confronto no Pavilhão 99 (2017). Já Owen Wilson decepcionou em Zoolander 2 (2016) e Correndo Atrás de um Pai (2017), mas teve projetos bons em Meia Noite Em Paris (2011), O Grande Hotel Budapeste (2013) e Extraordinário (2017).

    Jim Carrey

    Popular, Jim Carrey conseguiu levar seu sucesso da década de 90 para o século XXI com O Grinch (2000), Eu, Eu Mesmo & Irene (2000), Todo Poderoso (2003) e até Desventuras em Série (2004). Porém, filmes simplistas como (a quase cópia de Liar Liar, cof cof) Sim Senhor (2008) e Os Pinguins do Papai (2011) não empolgaram tanto o público. Isso sem contar a tentativa fraca de retomar o sucesso de um clássico com Debi & Lóide 2 (2014). Por outro lado, se Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças (2004) parecia ser um novo passo no ramo dramático, ele também não engrenou ali. Recentemente, investiu em alguns projetos meio apagados na Netflix, mas o moço está meio esquecido no churrasco. Em breve, Carrey tentará emplacar a série Kidding, nova comédia dramática do Showtime.

    Sacha Baron Cohen

    Ousado, Sacha Baron Cohen trouxe frescor para o humor com o políticamente incorreto (e dono de um título gigante) Borat - O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América. Ele até tentou seguir tais passos com Bruno (2009) e O Ditador (2012), mas não conseguiu causar o mesmo burburinho. Resultado? Chama mais atenção com participações excêntricas em outros gêneros, tipo A Invenção de Hugo Cabret (2011) e Os Miseráveis (2012). Ele deseja retomar a carreira com The Spy, nova série da Netflix. Será que rola?

    Irmãos Wayans

    Que atire a primeira pedra quem não conhece uma frase de As Branquelas! Ou nunca citou algum dos memes de Eu, A Patroa e as Crianças! Basicamente os Jackson 5 do humor contemporâneo, os membros da família Wayans ainda estão por aí. Depois dos primeiros capítulos da franquia Todo Mundo em Pânico, os irmãos MarlonShawn Wayans fizeram outras comédias, mas o segundo decidiu focar no stand-up, enquanto Marlon teve filme na Netflix e seguiu nas paródias com Inatividade Paranormal (2013) e Cinquenta Tons de Preto (2016). Já Damon Wayans voltou para as telinhas, mas com uma série misturando humor e ação: o remake de Máquina Mortífera.

    Mike Myers

    Se na década de 90, ele imortalizou personagens como Austin Powers e Wayne da franquia Quanto Mais Idiota MelhorMike Myers sobreviveu aos anos 2000 basicamente nas costas de Shrek, pois o fracasso bateu sua porta com O Gato (2003) e Guru do Amor (2008). Bem sumido de Hollywood, seu último filme grande foi uma breve participação em Bastardos Inglórios (2009), mas ele promete ter participações no suspense Terminal e na biografia Bohemian Rhapsody. Já a comédia parece ter sido abandonada pelo caminho...

    Leandro Hassum

    Lembra daquela época em que todo semestre tinha um novo filme do Leandro Hassum nas telonas? Após passar uns anos meio sumidinho, fazendo apenas participações, o comediante promete voltar a assumir o papel principal em várias comédias este ano como Não se Aceitam DevoluçõesChorar de Rir e O Candidato Honesto 2: O 'Impitchiment'. Na verdade, a presença de Leandro nessa lista ainda serve para representar como a crise das comédias também chegou ao Brasil - tendo que aprender a dividir espaço com narrativas politicas, aventuras juvenis e tramas religiosas.

    Adam Sandler

    Se você sempre pode contar com Nicolas Cage lançando um filme de ação bizarro por ano, o mundo da comédia tem Adam Sandler. Sempre contando com seu leal amigo Rob Schneider, o moço não é unanimidade, porém ninguém pode reclamar que ele não é trabalhador. A grande mudança é que agora o comediante produz diretamente para Neftlix. E parece que deu certo, pois os assinantes da plataforma já passaram mais de meio bilhão de horas vendo seus filmes. Curiosamente, a crítica só parece gostar de seu trabalho quando ele investe numa linha mais dramática, como o recente Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe.

    Bônus: Eddie Murphy

    Em 2000, Eddie Murphy recebeu seu primeiro salário de US$ 20 milhões para fazer O Professor Aloprado 2 - A Família Klump. Isso é só para você ter uma noção de como ele fez sucesso nas décadas anteriores. Mas o que aconteceu? Dr. Dolittle 2 (2001), A Creche Do Papai (2002) e Mansão Mal-Assombrada (2003) viraram clássicos de Sessão da Tarde e ele quase ganhou um Oscar com Dreamgirls (2005), mas depois foi ladeira abaixo... Afinal, quem não quer esquecer Norbit (2007)? Ou O Grande Dave (2008)? Ou As Mil Palavras (2011)? Nos últimos anos, Murphy afirma que vai retomar sucessos antigos com continuações de Um Tira da Pesada e Um Príncipe em Nova York, mas nada saiu do papel até agora!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Alex
      Não precisa ser gênio pra saber que o politicamente correto matou a comédia... é impossível fazer comédia/piadas com assuntos que não são polêmicos...por exemplo, zoar um negro, zoar um gordo, fazer piadas homossexuais, brincar com o careca, brincar com o cara que foi traído, xingar a mulher e por ai vai... nao tem como... e como hoje em dia qualquer peido fora do pinico, os chatos de plantão já reclamam... IMPOSSÍVEL.O maior exemplo disso...lembram quando o casseta e planeta fez uma parodia da novela Chocolate com pimenta? o helio de la pena simplesmente andava pela cidade, cumprimentando as pessoas e o nome do quadro era ''chocolate cumprimenta'' pois Helio é negro...e isso naquele tempo, OK.. ninguem reclamou...hoje nem se escreve isso auehuaheuhauehuahe... CHAAAAAAAAAAAAAATO...
    • Patrick Funchal
      ver despues
    • Tiago Hanauer
      E o Charlie Sheen?As comédias Top Gang - Ases Muito Loucos e Top Gang 2 - A Missão são dos meus filmes de comédia favoritos...
    • paulo yan
      Meu Deus. Se os fraquíssimos Seth Rogen e Melissa McCarthy são o sinônimo de comédia remanescente hoje, estamos realmente perdidos.
    • paulo yan
      Pois é. Politicamente correto é um câncer.
    • Leonardo Samuel Santos
      Norbit é bom eu gosto bem engraçado
    • Ana Karina L.
      Vdd gosto muito do 1° é ótimo!
    • Henrique Leal
      Vejo muitas criticas aos atores mas a critica deveria ser feita aos roteiristas os atores interpretam, mesmo em filmes medianos ainda o Jim Carrey, Adam Sandler e outros atores da lista ainda tiram umas gargalhadas da gente.
    • Danielle
      Não se esqueça de Vovó Zona
    • Jc V.
      Q merda heim...
    • Ana Karina L.
      Kd Martin Lawrence? Alguns de seus filmes são clássicos como: Segurança Nacional e Um tira muito suspeito.
    • Henry Ewerton
      o cara da comedia hj, gostem ou nao, é o Kevin Hart
    • Vidamell Vida R.
      Faltou o Robin Williams(Que Deus o tenha!).
    • FSociety
      Faltou o Rob Schneider eu gostava dos filmes dele:Gigolô Por Acidente (1999) Animal (2001)Gigolô Europeu por Acidente (2005)Big Stan: Arrebentando na Prisão (2007)
    • Danilo
      Politicamente correto, associado a minorias barulhentas e um ou outro filme ruim dá nisso!!! Mas a comédia não diminuiu apenas migrou para o gênero filmes de quadrinho.
    • Diego
      Nossa, Jim Carrey merecia até ter disputado o Oscar por O Show de Truman, no mínimo. Ganhou até o Globo de Ouro - Melhor Ator em Filme de Drama.Adam Sandler é uma caixinha de surpresas, mas já provou que sabe sim atuar bem em filmes como Reine Sobre Mim e Embriagado de Amor. Não chega a ser sensacional, mas quando quer ele sabe mandar bem.
    • Jc V.
      O politicamente correto matou todos esses comediantes.
    • Ana Augusta
      Hmm, achei que o gênero de comédia estava em alta nos EUA
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Malévola - Dona do Mal Trailer Legendado
    A Lavanderia Trailer Legendado
    Zumbilândia: Atire Duas Vezes Trailer Legendado
    Downton Abbery - O Filme Trailer Legendado
    A Maratona de Brittany Trailer Original
    Sereia Predadora Trailer Original
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Personalidades
    Francis Ford Coppola diz que os filmes da Marvel são desprezíveis
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 21 de outubro de 2019
    Enquete da Semana: Qual filme seria melhor se fosse protagonizado por Angelina Jolie?
    NOTÍCIAS - Personalidades
    domingo, 20 de outubro de 2019
    Quiz: Qual vilã da Disney é você?
    NOTÍCIAS - Personalidades
    sábado, 19 de outubro de 2019
    10 atuações marcantes de Fernanda Montenegro
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019
    Kevin Feige é promovido na Marvel
    NOTÍCIAS - Personalidades
    terça-feira, 15 de outubro de 2019
    Kevin Feige é promovido na Marvel
    Morre Robert Forster, ator de Jackie Brown e Breaking Bad
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 14 de outubro de 2019
    Morre Robert Forster, ator de Jackie Brown e Breaking Bad
    Últimas notícias de cinema Personalidades
    Filmes mais esperados
    Filmes mais esperados
    Back to Top