Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Nicolas Cage afirma que Motoqueiro Fantasma deveria ter sido proibido para menores
    Por Renato Furtado — 3 de abr. de 2018 às 10:37
    facebook Tweet

    Na época, contudo, Hollywood ainda não estava preparada para filmes de super-heróis restritos para maiores de 18 anos.

    Antes do surgimento do Universo Cinematográfico Marvel e da Fox arriscar com DeadpoolLogan como produções restritas para maiores de 18 anos, havia Motoqueiro Fantasma, estrelado por Nicolas Cage. Lançado em 2007 após inúmeros contratempos de produção e atrasos, o longa não foi bem recebido pela crítica e o tom jocoso do filme não agradou aos fãs, que esperavam uma produção mais violenta e intensa - ou seja, mais condizente com o infernal personagem. E de acordo com Cage, isso poderia ter acontecido caso a Columbia Pictures não tivesse embargado o roteiro original de David S. Goyer:

    "Sabe, Motoqueiro Fantasma sempre foi um filme que deveria ter sido proibido para menores. David Goyer [Batman vs Superman] tinha um roteiro brilhante, algo que eu gostaria de filmar com ele, mas por algum motivo, o estúdio não nos deixou fazer o filme. Mas aquele filme ainda é um que deveria ser feito, não comigo obviamente, mas deveria ser para maiores. Deadpool é para maiores e é ótimo. O Motoqueiro Fantasma foi feito para ser um super-herói assustador com uma classificação para maiores e ousadia, mas o estúdio ainda não tinha entendido como fazer isso naquela época", declarou o ator (via Movie Web).

    Apesar das críticas, o Motoqueiro Fantasma ainda ganhou uma nova aventura nas telonas; entretanto, O Espírito da Vingança performou ainda pior do que o primeiro longa-metragem.

    À época, os filmes de super-heróis ainda estavam experimentando uma fase de estabelecimento no cinema, especialmente após os fracassos de Hulk e Mulher-Gato. Enquanto as bem-sucedidas trilogias X-MenHomem-Aranha foram feitas para toda a família e Christopher Nolan trouxe uma abordagem mais sombria para o Batman, nenhuma destas produções estava comprometida em apresentar a violência intrínseca à personagens como o Motoqueiro Fantasma nas telonas. Por isso, o infernal alter-ego de Johnny Blaze foi suavizado - assim como Spawn, o Soldado do Inferno, havia sido dez anos antes - e o resultado final foi uma trama confusa e malsucedida, muito aquém do potencial do Motoqueiro e de sua jornada nos quadrinhos.

    Atualmente, o Motoqueiro Fantasma é um personagem da série Agents of S.H.I.E.L.D., o que quer dizer que o herói que fez um pacto com o diabo muito provavelmente ainda vai demorar para retornar às telonas. Como os universos cinematográfico e televisivo da Marvel são apenas ligados por referências e citações e não há nenhum crossover planejado entre as duas linhas narrativas por enquanto, o Motoqueiro Fantasma deve permanecer nas telinhas. Resta aguardar para saber se Kevin Feige tem outros planos para o personagem no futuro - e se uma versão para maiores, à la Deadpool ou Logan, poderia ser considerada.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Segundo
      Que pena poderia ter voltado motoqueiro fantasma é um dos melhores filmes de super-heróis herohe eu não entendo Deadpool nao foi para maiores e você não ver nada demais pq motoqueiro não deveria continuar tanto filme ruim e tanto série ruim e motoqueiro ficou no passado por causa de buriceis
    • Alan Bitencourt
      Muitos filmes de Super Herói com temáticas adultas sofreram tanto na mal dos estúdios como parte do público, mas tem filmes muito bons de heróis dessa temática, antes de Deadpool e Logan e eu gosto do segundo Motoqueiro Fantasma que é melhor.
    • FSociety
      Não acho tão pesado assim não desde os anos 2000 a criançada vem assistindo filmes de terror muito mais pesados que este, não assistiam no cinema porem alugavam nas locadoras ou baixavam mesmo kkkkk
    • Felipe F.
      Realmente tinha que ter sido, o cara vendeu a alma para o diabo, tinha que ser algo mais pesado
    Mostrar comentários
    Back to Top