Meu AdoroCinema
SXSW 2018: 'Anonimato' de Tatá Werneck no exterior pode ajudar carreira internacional de TOC - Transtornada Obsessiva Compulsiva, acredita diretor
Por Renato Hermsdorff — 17/03/2018 às 21:21
facebook Tweet G+Google

Um questão de expectativa, segundo Paulinho Caruso.

TOC - Transtornada Obsessiva Compulsiva estreou em 2 de fevereiro de 2017 no Brasil e, apesar da popularidade de Tatá Werneck, que conta com mais de 20 milhões de seguidores no Instagram, por exemplo - e de ter sido bem recebido pela crítica -, o filme não foi exatamente um hit de bilheteria: atraiu 246 mil pagantes, um número relativamente baixo para o filão das "comédias nacionais".

"Muita gente escrevia no perfil dela no Instagram: 'Tatá, eu te amo, mas não gostei do seu filme'", brincou o diretor Teodoro Popovic, numa das tentativas de contextualizar o "fenômeno" para uma plateia mista de estrangeiros e brasileiros no tradicional cinema Alamo Ritz, durante o festival South By Southwest (SXSW) na última quarta-feira.

"TOC tem um humor depressivo, de certa forma, nossa viagem era um humor depressivo", afirmou Popovic no domingo, 10, quando conversou com o AdoroCinema e o longa ainda não tinha estreado no festival texano (confira a entrevista no vídeo acima).


"Aqui, por se tratar de um público que não tem expectativas em relação à Tatá ou ao que é aquele filme, a gente acha que tem uma liberdade em relação a tradução do filme", disse Paulinho Caruso, também diretor.

Como o (instigante) título de "Neurotic Quest for Serenity" (ou "busca neurótica pela serenidade"), TOC foi um dos dois longas brasileiros selecionados para o SXSW, ao lado de Nossa Chape, documentário sobre o clube de futebol Chapecoense, inédito em circuito, uma coprodução do país com a Colômbia e Espanha.

"A gente não tem, aqui, que entregar algo que você espera, então as pessoas criam menos expectativas de se surpreenderem, de se divertirem, de gostarem do filme", acredita Caruso. "Fora isso, acho que tem um humor do filme, da nossa escola e das nossas influências, que é um pouco mais alinhado com o cinema americano dos anos noventa e 2000, que a gente cresceu vendo", completa.


"Dá uma aflição nas piadas escatológicas, o saco voando, o pinto do Bruno Gagliasso, tem umas coisas que dão um nervoso de ver, ainda mais em um momento tão politizado do cinema, tão engajado, com o feminismo, políticas identitárias", confessou Teo.

Ainda assim, Daniel Furlan, que interpreta o par (anti)romântico da protagonista, acredita "Eu acho que as piadas funcionam sem você ter as referências propriamente". "Óbvio que você aproveita mais quando você conhece as referências. A gente vê muita coisa referente a cultura americana, que às vezes não estamos ligados ao que é, e funciona da mesma forma".


E como traduzir Tatá Werneck para os gringos? "É uma 'natural born absurdist comic genius'" (vamos tentar: "uma comediante do absurdo gênia de nascença"?), arrisca Teodoro Popovic. "A gente podia começar a legendar a Tatá em português também. De repente, foi isso que faltou ao TOC no Brasil", Furlan perde a amiga - que não viajou para o Texas por compromissos com as gravações da novela Deus Salve o Rei -, mas não perde a piada.

Mais difícil do que acompanhar o ritmo insano da atriz no entanto é traduzir "cuceteta". Independente do idioma.

“Neurotic Quest for Serenity” ainda não tem distribuidor nos Estados Unidos, mas percorre um circuito de festivais internacionais (incluindo a Transilvânia!) e pode ser negociado com a Amazon, de acordo com os diretores.

Confira o trailer legendado em inglês:

Neurotic Quest for Serenity - Movie Trailer from BIONICA on Vimeo.

facebook Tweet G+Google
Links relacionados
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Trailers
Vingadores: Guerra Infinita Trailer (3) Legendado
Praça Paris Trailer (2)
Somente o Mar Sabe Trailer Legendado
Pagliacci Trailer
A Cidade do Futuro Trailer
Venom Trailer Legendado
Todos os últimos trailers
Notícias de cinema Festivais e premiações
Cinépolis realiza 1º Festival de Filmes Infantis
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quarta-feira, 25 de abril de 2018
O Processo: Documentário sobre o impeachment de Dilma Rousseff vence festival suíço
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quarta-feira, 25 de abril de 2018
Oscar 2019: Academia estabelece novas regras e as datas da 91ª edição
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
terça-feira, 24 de abril de 2018
Oscar 2019: Academia estabelece novas regras e as datas da 91ª edição
7º Panorama do Cinema Suíço: Festival divulga lista de selecionados e traz Mano Khalil ao Brasil (Exclusivo)
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
segunda-feira, 23 de abril de 2018
7º Panorama do Cinema Suíço: Festival divulga lista de selecionados e traz Mano Khalil ao Brasil (Exclusivo)
Últimas notícias de cinema Festivais e premiações
Melhores filmes em cartaz
Nada a Perder - Contra Tudo. Por Todos
Nada a Perder - Contra Tudo. Por Todos
4,7
Diretor: Alexandre Avancini
Elenco: Petrônio Gontijo, Dalton Vigh, Beth Goulart
Trailer
Pantera Negra
Pantera Negra
4,6
Diretor: Ryan Coogler
Elenco: Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Lupita Nyong'o
Trailer
Com Amor, Simon
Com Amor, Simon
4,4
Diretor: Greg Berlanti
Elenco: Nick Robinson, Jennifer Garner, Josh Duhamel
Trailer
Jogador Nº1
Jogador Nº1
4,4
Diretor: Steven Spielberg
Elenco: Tye Sheridan, Olivia Cooke, Ben Mendelsohn
Trailer
Um Lugar Silencioso
3,9
Diretor: John Krasinski
Elenco: John Krasinski, Emily Blunt, Millicent Simmonds
Trailer
Rampage - Destruição Total
3,9
Diretor: Brad Peyton
Elenco: Dwayne Johnson, Naomie Harris, Malin Åkerman
Trailer
Todos os melhores filmes em cartaz
Back to Top