Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    The Weinstein Company entra com pedido de falência
    Por Felipe Ribeiro — 26/02/2018 às 12:10
    facebook Tweet

    Acordo de compra da empresa após um leilão não foi concluído.

    The Weinstein Company, arruinada pelo escândalo de assédio sexual de Harvey Weinstein e também do seu irmão Bob Weinstein, entrou com pedido de falência após um acordo milionário de vender a empresa ter entrado em colapso. A grande companhia produtora de cinema foi leiloada no final de 2017 e havia sido comprada pela empresária Maria Contreras-Sweet, que visava transformar as regras da empresa e criar um fundo às vítimas de abuso de Harvey. Ao que tudo indica, as duas partes não chegaram a um acordo definitivo após o leilão.

    O conselho da empresa escreveu uma carta interrompendo as negociações com os investidores Maria Contreras-Sweet e Ron Burkle, alegando desinteresse. A venda estava prestes a ser concluída, segundo a Variety, mas parece ter desandado quando o procurador-geral da Nova York, Eric Schneiderman, apresentou uma ação judicial acusando a companhia de permitir o comportamento abusivo de Weinstein. O processo judicial criava a possibilidade de gerar disposições intrusivas e trazia a oposição de Schneiderman contra o plano dos investidores de contratar o diretor de operações David Glasser como CEO.

    Abaixo, um trecho da carta do conselho da Weinstein Co. endereçada à Contreras-Sweet e Burkle:

    Ron, Maria,

    Em uma reunião com o procurador-geral de Nova York no dia 21 de fevereiro, você pediu à The Weinstein Company que trabalhasse com você como 'parceiros' rumo ao objetivo comum de salvar a empresa, preservar empregos e criar um fundo para as vítimas. Dada a situação financeira da Companhia, você insistiu que 'o tempo é essencial' e que estava preparada para entrar prontamente no acordo.

    [...] Trabalhamos incansavelmente para concluir um acordo para apresentar ao Procurador-Geral para sua aprovação. Ao aderir a praticamente todas as exigências que você impôs, deixamos claro que a única coisa que a empresa precisava para promover sua boa fé era o financiamento interino para administrar nossos negócios e manter nossos funcionários - que permaneceram dedicados à companhia mesmo em meio a uma grande incerteza. [...] Esperamos pacientemente que você entregasse os termos que você disse que salvaria esta empresa de uma certa falência.

    [...] Ao invés disso, você nos devolveu um documento incompleto [...] que não apresenta nenhuma opção viável para uma venda. [...] Devemos concluir que seu plano de comprar esta empresa foi ilusório [...]. Apesar das suas declarações anteriores, é simplesmente impossível evitar a conclusão de que não havia intenção de assinar um acordo - muito menos finalizá-lo - e nenhum desejo de economizar bens e empregos valiosos."

    Contreras-Sweet e Burkle ainda não se pronunciaram sobre a atitude tomada pelo conselho da The Weinstein Company.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Meryl Streep é associada em caso Harvey Weinstein e chama medida dos advogados dele de "patética"
    • Oscar 2018: As vitórias de Harvey Weinstein no Prêmio da Academia
    • Hollywood planeja incluir cláusulas de moralidade nos contratos dos artistas após casos de assédio
    • Documentário sobre o escândalo sexual envolvendo Harvey Weinstein é encomendado pela BBC
    • Paddington 2: The Weinstein Company tenta vender direitos do filme antes de declarar falência
    Pela web
    Comentários
    • Mr. Dean Corso
      Quebrou imbecil...
    • Vidamell Vida R.
      Merecia!!!!
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Um Crime para Dois Trailer Legendado
    Má Educação Trailer Original
    Emma Trailer Legendado
    The Vast of Night Trailer Original
    Dolittle Trailer Dublado
    Velozes & Furiosos 9 Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Negócios
    Mulan: Live-action já tem data para chegar ao Disney+
    NOTÍCIAS - Negócios
    sexta-feira, 22 de maio de 2020
    Netflix compra novo filme de The Rock e Emily Blunt
    NOTÍCIAS - Negócios
    sexta-feira, 15 de maio de 2020
    Crepúsculo: Novo livro da saga ganha data de lançamento no Brasil
    NOTÍCIAS - Negócios
    quinta-feira, 14 de maio de 2020
    Crepúsculo: Novo livro da saga ganha data de lançamento no Brasil
    Hamilton: Musical de Lin-Manuel Miranda é antecipado e será lançado em 2020
    NOTÍCIAS - Negócios
    terça-feira, 12 de maio de 2020
    Hamilton: Musical de Lin-Manuel Miranda é antecipado e será lançado em 2020
    Análise: A reabertura dos cinemas pós-pandemia e a incerteza com relação ao futuro
    NOTÍCIAS - Negócios
    segunda-feira, 11 de maio de 2020
    Análise: A reabertura dos cinemas pós-pandemia e a incerteza com relação ao futuro
    Disney não descarta a possibilidade de lançar Mulan e Viúva Negra no streaming
    NOTÍCIAS - Negócios
    quarta-feira, 6 de maio de 2020
    Disney não descarta a possibilidade de lançar Mulan e Viúva Negra no streaming
    Últimas notícias de cinema Negócios
    Filmes da semana
    de 28/05/2020
    Resistir para Recomeçar
    Resistir para Recomeçar
    Diretor: Junior Provesi
    Elenco: Junior Provesi, Josie Pessoa, Felipe Roque
    Lançamentos da semana
    Back to Top