Meu AdoroCinema
    Woody Allen se pronuncia sobre as acusações de abuso sexual de sua filha, Dylan Farrow
    Por Felipe Ribeiro — 18/01/2018 às 16:57
    facebook Tweet

    "Nunca molestei minha filha, como todas as investigações concluíram", afirma o cineasta.

    Getty Images

    Woody Allen, acusado de ter abusado sexualmente a filha Dylan Farrow quando ela tinha apenas sete anos, finalmente decidiu se pronunciar sobre o assunto. Farrow voltou a se manifestar contra a impunidade ao cineasta e, recentemente, concedeu uma entrevista televisionada ao programa CBS This Morning, em que contou detalhes sobre o incidente. Em resposta, Allen fez uma declaração,que você confere na íntegra abaixo:

    "Quando essa alegação foi feita pela primeira vez há 25 anos, ela foi investigada minuciosamente pela Clínica de Abuso Sexual Infantil do Hospital Yale-New Haven e pelo Bem-estar da Criança do Estado de Nova York. Ambos investigaram durante meses e concluíram de forma independente que não houve molestamento. Em vez disso, eles acharam provável que uma criança vulnerável tinha sido treinada por sua mãe irritada a contar a história durante um término controverso.

    O irmão mais velho de Dylan, Moses, disse que testemunhou sua mãe fazendo isso - treinando Dylan de forma severa, tentando colocar na cabeça dela que seu pai era um perigoso predador sexual - e, infelizmente, tenho certeza que Dylan realmente acredita no que diz.

    Contudo, mesmo que a família Farrow esteja usando de forma cínica a oportunidade oferecida pelo movimento da Time's Up para repetir essa acusação infame, isso não faz com que a alegação seja mais verdade hoje do que no passado. Nunca molestei minha filha, como todas as investigações concluíram um quarto de século atrás."

    Na entrevista, Farrow disse: "Ele está mentindo e está mentindo por muito tempo. É difícil para mim vê-lo ou escutar sua voz. [...] Ele sempre me tocava, me abraçava e se eu pedisse pra sair sozinha ele não deixava. Ele pediu muitas vezes que eu fosse deitar na cama com ele, quando ele estava só de cueca e, às vezes, quando eu estava só com a minha roupa íntima."

    Após a cerimônia do Globo de Ouro 2018, Farrow criticou Blake LivelyJustin Timberlake por terem trabalhado com o pai em Café SocietyRoda Gigante, respectivamente. Os atores não se pronunciaram, mas outros se arrependeram de terem colaborado com o cineasta, como Ellen Page, Greta GerwigRebecca Hall e Timothée Chalamet. Os dois últimos doaram seus cachês do ainda inédito trabalho com Allen, A Rainy Day in New York, para o Time's Up (movimento criada por mulheres de Hollywood para defender as vítimas de assédio).

    Roda Gigante Trailer Legendado
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Bruninho
      Contra a lei é se relacionar com menores de 14 anos, relacionamentos com menores de 18 e maiores de 14 podem ser considerados imorais, mas não ilegais.
    • Pessoa
      É que eu tenho pouca paciência com linchadores profissionais. A condenação duma pessoa é questão de fato e não de opinião, senão basta eu me antipatizar com alguém para condená-lo. Um julgamento não é um concurso de Miss Simpatia e alguém antipático ou até cruel pode ser inocente dum crime.Ao contrário do senhor, acho que toda pessoa é inocente até prova em contrário. Este é o princípio democrático da justiça. E a polícia e justiça americana, após meses de investigação, não encontraram indícios que apontassem a culpa de Woody.Agora vem um senhor que se considera acima dos humanos, que não comete erros de julgamento, achar que sabe mais do que os profissionais que dedicaram meses de sua vida investigando o caso. É muita presunção.
    • Pessoa
      Vá aprender a interpretar texto o senhor. Eu disse SE o senhor pensa que estas intituições são incompetentes ou corruptas...Quando disse pagas eu quis dizer que os salários eram pagos por Mia. E disse que TALVEZ elas tenham sido pagas pelo depoimento ou simplesmente tiveram medo de perder o emprego.Eu nunca disse com certeza, eu disse talvez. O senhor com sua grande habilidade de interpretação de texto transformou uma possibilidade em certeza.Digo isto porque conheço vários processos trabalhistas em que os empregados depõem contra seus ex-colegas para agradar a empresa e garantir seus empregos.Algo similar pode ter acontecido no caso.Gostei da sua elegância ao dizer que Mia levou um pé na bunda nos três casamentos...rsrsrs...Pelo que já li a respeito do assunto nada indicou que ela levou um pé na bunda nos dois primeiros casamentos.MIa e Woody não moravam sob o mesmo teto, e sim em lados opostos do Central Park, muito antes da separação eles já apresentavam problemas de relacionamento e vários consideravam a relação dos dois como desfuncional.Este conflito permaneceu muito tempo privado e só explodiu quando Mia descobriu o caso de Woody com Soon Yi.Os sites que li indicam que o relacionamento entre Woody e Soon Yi começou quando ela tinha em torno de 21 anos, portanto não era uma adolescente.Com relação às fotos íntimas, vários casais se filmam fazendo sexo ou homens tiram fotos eróticas ou pornô de suas namoradas. Eu não faria isto, mas entre quatro paredes e com consentimento mútuo cada um faz o que bem entender.Mais uma vez o senhor não menciona o depoimento de Moses Farrow que acusa a sua mãe de abuso físico e emocional com ele e seus irmãos e acusa Mia de ter manipulado sua irmã Dylan para denunciar o cineasta de abuso sexual.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Eu dando graças a Deus que o outro lá de cima parou e me vem mais um encher o saco. Cara, fique com sua opinião e me deixe com a minha. Dá para ser? Expus minha opinião e não estou a fim de eternizar esse blá-blá-blá. Quer defender pervertido sexual, assuma a causa dele, se é que você é advogado. Comigo não! Tenho empatia com o sofrimento dos outros não com pessoas que CAUSAM o sofrimento dos outros, abusadores, pedófilos, ainda mais sendo o padrasto desse outro. Tenho NOJO de pedófilos e abusadores sexuais. Se é seu caso, mais um motivo de parar de responder meus comentários. Vai cuidar da sua vida e larga do meu pé!
    • Júlio
      Eu não disse que a polícia e a justiça norte-americana são corruptas. Vá aprender a interpretar texto. Eu disse que talvez eles não conseguiram achar indícios do abuso pois o que se relatou foram toques, e não sexo vaginal (estupro). Assim, fica muito mais difícil de se provar um abuso. E sem provas, ninguém é preso.Aliás, eu não disse que a justiça norte-americana é corrupta, mas você afirma categoricamente e em letras maiúsculas que as babás foram PAGAS, e você faz uma acusação SEM provas, a despeito de condenar isso. Além disso, será que ela pagou a filha dela também pra acusar ele de abuso??Se fosse a primeira vez que isso acontece, eu poderia acreditar nele. Mas não, o cara tinha fotos da enteada em poses pornográficas, com as pernas abertas e tudo mais. Ele sendo 35 anos mais velho, e ela não era muito mais velha que uma adolescente.Vale lembrar que ela também é ex-esposa de Frank Sinatra, e ele deu um pé na bunda dela. Mas ela não tentou se vingar dele. Também se divorciou de outro homem (André Previn) e teve uma boa relação com ele após isso. Ou seja, por algum motivo misterioso, parece que ela só tentou se vingar de um marido. Estranho, né??? Por que motivo ela iria querer fazer isso só com ele, sendo que ela já levou pé na bunda e não fez o mesmo??
    • Pessoa
      O senhor diz ter empatia pelo sofrimento alheio, mas não tem a menor piedade de Woody Allen.Neste caso, Mia Farrow é completamente ignorada, como se fosse uma santa. Entretanto ela insinuou que Frank Sinatra é o verdadeiro pai de Roman, embora Woody esteja legalmente registrado como o pai. Tecnicamente, isto faria de Roman um bastardo e Mia uma mentirosa.Como todos os que tem não tem a menor piedade com Woody Allen, o depoimento de Moses Farrow é completamente ignorado. Dylan e Roman eram crianças e não tinham estrutura intelectual e emocional para enfrentar os abusos físicos e emocionais duma mãe manipuladora. Moses era adolescente e pela própria idade tinha maior capacidade de resistir aos caprichos de Mia.E repito, Dylan sem dúvida é a vítima. A questão é se ela é vítima dum pai supostamente pedófilo ou duma mãe supostamente manipuladora.Entretanto os que não tem nenhuma piedade com Woody ficam nesta besteira de Woody versus Dylan, quando o verdadeiro conflito é entre Woody versus Mia.
    • Pessoa
      O senhor é que é presunçoso pois pensa que sabe mais que os profissionais da polícia e justiça norte-americana. Se o senhor pensa que estas intituições são incompetentes ou corruptas, faça as devidas críticas.O senhor menciona depoimento de babás PAGAS por Mia Farrow e credulamente acredita nelas, sem ao menos suspeitar que talvez elas tenham feito isto porque foram pagas pela patroa ou simplesmente para não perder o emprego.Como muitos que se antipatizam com Woody Allen, o senhor ignora qualquer evidência que contrarie o seu preconceito, como o depoimento de Moses Farrow, por exemplo.A internet está cheia de donos da razão que se julgam no direito de condenar pessoas com base em escassas informações.Engraçado que é comum encontrar violentas críticas contra Woody Allen mas nenhuma contra a polícia e justiça norte-americanas. Será que é por medo de ofender estas instituições norte-americanas?
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Sou especialista em traumas psicológicos enquanto sinto empatia pelo sofrimento alheio e não me atenho apenas a provas e juridicismo, caminhos que costumam levar os milhares de casos de abusos e violência a um fim sem conclusões e ao engavetamento das causas, caindo-se numa impunidade crescente. Se você sair na rua acusando as pessoas de qualquer coisa que (lhe) venha na cabeça, sem provas ou argumentos plausíveis, apenas porque (você) não gost(ou) da cara delas ou por qualquer outro motivo que invente na hora estava claramente levantando falso testemunho, uma vez que essas pessoas não são seu pai, o que seria beeeeem diferente. Estudar 5 ou 8 anos sobre o comportamento das pessoas e ou a anatomia delas não faz alguém mais entendido do sofrimento alheio, o que podemos ver simplesmente olhando dentro dos olhos e sentindo o sofrimento que está lá - coisa, aliás, que poucos médicos e psicólogos perdem tempo fazendo, presos que são a livros, técnicas e teorias. Graças a Deus você dá por encerrada a discussão.
    • Diego Muller
      Ah então deve ser mesmo, já que você é especialista em traumas psicológicos e está afirmando que tudo que ela disse é de fato verdade. Deve ser correto eu sair na rua acusando as pessoas de qualquer coisa que me venha na cabeça, sem provas ou argumentos plausíveis, apenas porque eu não gostei da cara delas ou por qualquer outro motivo que eu invente na hora. De fato, médicos e psicólogos são humanos e podem errar sim, mas eu ficaria com a avaliação deles do que com a opinião da minha mãe por exemplo, pois ela não estudou 5 ou 8 anos sobre o comportamento das pessoas e ou a anatomia delas para me dizer o que há de errado. Eu não acho que você está sendo lógico e nem um pouco razoável Bernardo, e está se cegando para a verdade que é: contra fatos, não há argumentos. Tendo escrito isso, eu me retiro dessa discussão pois nada irá te convencer a mudar de opinião e ou aceitar uma outra, já que você acha que as pessoas não precisam provar o que dizem.
    • Júlio
      Então, o lance é o seguinte: ele era casado na época em que as fotos foram achadas, com uma menina que não tinha muito mais do que a maioridade. Sabe-se lá Deus quando as fotos foram tiradas. Ainda além da própria filha dele, a empregada relatou que viu Allen tocando-a inapropriadamente. Uma outra moça que tomava conta disse que por 20 minutos não sabia onde a menina estava, e quando a achou, estava sem a roupa íntima embaixo do vestido. Nada se foi provado, até porque é muito mais difícil se provar quando a criança foi apenas tocada inapropriadamente, sem sexo vaginal propriamente dito.Agora, sinceramente, como você é presunçoso. A maioria de nós têm pecados sim, mas nada perto disso. Eu vou continuar SIM julgando quem rouba, mata e abusa de crianças, e não vou deixar de fazer isso porque tenho alguns pecadilhos. Você me parece o filósofo Leandro Karnalha, aquele que diz que nós não podemos julgar quem rouba milhões da saúde porque furamos a fila.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Avaliações médicas e psicológicas não são definitivas e a verdade de fato. Eles, em suas análises, também são humanos, e humanos erram. Fico com a denúncia da moça. E sim, dar uma bitoquinha na boca dos filhos tem total conotação sexual nessa relação, é profundamente nefasto e pode causar uma dependência emocional terrível de parte a parte. Acho que sim, quem faz isso está ferrado. Ele foi além disso com ela, basta ver os relatos. Por mais que você queira fazer uma investigação mais profunda e detalhada não chegará a provar o que ela disse, porque já se passaram 25 anos e não há provas materiais, apensa as provas psicológicas que ficaram nela. Ele é um pervertido, que ainda se relacionou sexualmente com a outra filha adotiva (antes já enteada) e acabou casando-se com ela.
    • Pessoa
      Não é se apegar ao aspecto jurídico e sim aos fatos. O médico que encabeçou a investigação da polícia de Connecticut disse que Dylan entrou em contradição várias vezes e que havia indícios de que o depoimento dela tinha sido ensaiado.Uma psicóloga na época alertou Woody Allen pois temia a sua segurança devido a ameaças feitas por Mia Farrow. Ela disse que apesar de considerar a relação de Woody com Dylan inapropriadamente intensa não observou nenhuma conotação sexual. E na sua avaliação de Dylan, a psicóloga mencionou que a garota era facilmente levada pelo mundo da fantasia.Aliás, se formos condenar qualquer um que talvez tenha uma relação inapropriadamente intensa com a filha e sobrinha, estamos ferrados. Conheço várias pessoas nesta situação, que até dão uma bitoquinha na boca dos filhos, mas não há nenhuma conotação sexual nesta relação.Moses Farrow acusa Mia de ter abusado física e emocionalmente dele e de seus irmãos e também a acusa de ter manipulado Dylan para que denunciasse o cineasta por abuso sexual.Portanto, com certeza Dylan foi vítima. A questão é se ela foi vítima dum pai supostamente pedófilo ou duma mãe supostamente manipuladora.Esta é uma questão que deve ser respondida com uma investigação mais profunda e detalhada e não com a superficialidade típica da internet e redes sociais.
    • Pessoa
      Mais um desinformado que exibe a sua ignorância publicamente. Se o senhor for atacar Woody Allen, ataque também os médicos, psicólogos, a polícia e justiça norte-americanas que não encontraram motivos para condená-lo.Muitas pessoas que não gostam de Woody Allen estão aproveitando a ocasião para xingá-lo com base em preconceitos. Condenar Woody é fácil, mas para quem tem complexo de vira-lata é muito difícil criticar as instituições norte-americanas (a polícia e a justiça) que inocentaram o grande cineasta.
    • Pessoa
      Várias pessoas filmam seus atos sexuais e tira fotos eróticas de suas namoradas. Eu acho que isso é da vida particular de cada um e não vou julgar esta conduta.Como disse Jesus, atire a primeira pedra quem nunca tenha cometido algum pecado. Entretanto, a internet está cheia de santas criaturas de alma pequena que julgam a tudo e todos precipitadamente.Além disso, está se discutindo o fato de que Dylan tenha supostamente molestada sexualmente e médicos e psicólogos na época da julgamento contestaram esta versão.Moses, o único filho com idade suficiente na época para resistir à manipulação de Mia, também contesta o fato de que Dylan tenha sido molestada. Não é a toa que hoje ele é um psicólogo especializado em problemas familiares.
    • Pessoa
      Médicos e psicólogos que investigaram o caso na década de 90 colocam em dúvida o fato de que Dylan tenha sido molestada sexualmente.Moses, um adolescente na época dos fatos, o único dos três filhos com capacidade de resistir à manipulação dos fator por parte de Mia Farrow, já disse que Dylan não foi molestada sexualmente. Não é à toa que hoje Moses é um psicólogo especializado em problemas familiares.Woody e Mia moravam em casas separadas e não tinha um relacionamento familiar com Soon Yi como muitos supõem. O relacionamento entre eles começou quando ela atinha cerca de 21 anos, logo se percebe que Woody é um senhor que respeita a lei. Woody pode ter suas fantasias com adolescentes de 16 ou 17 anos, mas isto não quer dizer que ele as colocou na prática. Vários tem o mesmo tipo de fantasia sexual mas não colocam em prática pois sabem que é contra a lei.Além disso, Chaplin começou a namorar sua última esposa Oona quando esta tinha 17 anos e se casaram quando ela fez 18 anos. Eles ficaram casados por muitos anos até a morte de Chaplin. Será que o senhor considera o genial vagabundo também um mau caráter?
    • Bernardo Bastos Guimarães
      A coisa piorou bem mais: ele teve relações com a enteada e, depois, casou-se com ela.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Você está falando do aspecto legal, e a lei nem sempre é correta ou justa. Estou falando do aspecto humano da coisa, e esse sim é sempre correto e justo, porque só quem passou por algo na vida pode saber a verdade dos fatos, ainda que tente prová-lo e não consiga. Com provas ou sem provas, a pessoa pode, sim, esbravejar, denunciar, desabafar, e as acusações devem, sim, ser levadas em consideração por quem tiver ouvidos para ouvir - como vários estão fazendo agora. Ocorre muito, demais, de mulheres não darem ouvidos aos filhos quando lhes dizem que foram abusados por (geralmente) padrastos - ocorre também com tios, primos, amigos dos pais, irmãos, até pais e avós. Não, as mães não aceitam isso, será difícil demais para elas conviver com essa verdade, então preferem fazer como o avestruz e enfiar a cabeça dentro da terra. Passa o tempo, faltam provas. Mas fica a verdade dos filhos: Ele abusou de mim, sim. Você prefere se apegar ao aspecto jurídico, fique com ele.
    • Isabele Gomes
      Allen, conseguiu sobreviver , após o escândalo numa época q notícias restringiam aos Jornais impressos e televisivos,a internet não tinha essa força.Sempre foi um diretor de atores, e gosto de grande parte de seus filmes.Alguns abusos sexuais podem serem feitos de maneiras não conclusivas por especialistas, não vou entrar no mérito da questão.No entanto essa onda de Time Up,para mim , é algo q foi oportunamente reascendida por alguns interesseiros membros dos Farrow.Acho improcrisia alguns atores comprar brigas de passados já decididos pelos Tribunais.Nao sei quem eram Greta Gerwig ou Rebeca Hall,antes de filmar com Allen.Eu assisti ao filme Roda Gigante,como assistirei ao próximo filme,e continuarei revisando os filmes dele.Ele está com 82 anos,eu presumo q irá anunciar sua aposentadoria,depois dessa!
    • Diego Muller
      É conveniente no sentido de reavivar esse assunto depois de tantos anos e agora que um escândalo dessa magnitude ocorreu no meio. Como na época ela fez os exames e nada se provou, não podem acusar ele. É uma simples questão de lógica que gira em torno de provas. Se ela não pode provar as acusações que faz, elas não devem ser levadas em consideração e ele não pode ser responsabilizado por nada e nem taxado de nada. Em todos os casos isso é meramente calúnia e difamação.
    • Gustavo Campos
      o casamento dela com a enteada, já prova o mau caráter que Woody Allen é, que seja banido do mundo do cinema, pedófilo maldito
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Ford vs Ferrari Trailer Legendado
    Patrocinado
    As Panteras Trailer Legendado
    Bixa Travesty Trailer Original
    Um Dia de Chuva em Nova York Trailer Legendado
    Dora e a Cidade Perdida Trailer Legendado
    Azougue Nazaré Trailer Oficial
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Personalidades
    Ford vs Ferrari: Dois vencedores do Oscar e um desafio impossível baseado numa história real
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    segunda-feira, 4 de novembro de 2019
    Patrocinado
    A Pequena Sereia: Quem é Jonah Hauer-King, o novo príncipe Eric da Disney?
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 13 de novembro de 2019
    Ryan Reynolds faz coro para que Netflix insira Harry Potter no catálogo
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 11 de novembro de 2019
    Roman Polanski rebate nova acusação de estupro feita por atriz francesa
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 11 de novembro de 2019
    CCXP 2019: Ryan Reynolds e Michael Bay virão ao Brasil para promover Esquadrão 6
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 11 de novembro de 2019
    CCXP 2019: Ryan Reynolds e Michael Bay virão ao Brasil para promover Esquadrão 6
    Chris Evans, Elijah Wood e outros artistas criticam novo filme com James Dean em CGI
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quinta-feira, 7 de novembro de 2019
    Chris Evans, Elijah Wood e outros artistas criticam novo filme com James Dean em CGI
    Últimas notícias de cinema Personalidades
    Filmes mais esperados
    Filmes mais esperados
    Back to Top