Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Catherine Deneuve pede desculpas às vítimas de assédio sexual após assinar polêmica carta aberta
    Por Renato Furtado — 15 de jan. de 2018 às 11:45
    facebook Tweet

    A tribuna, publicada pelo Le Monde e coassinada por mais de 100 mulheres, classificou o atual movimento como uma "onda de puritanismo".

    Matthias Nareyek

    O movimento das vítimas de assédios sexuais em Hollywood, cujos corajosos testemunhos vêm derrubando as carreiras de predadores da indústria como Harvey Weinstein e James Toback desde o último mês de outubro, não demorou a ganhar seus detratores. No entanto, a primeira reação feminina contrária em larga escala só surgiu neste início de 2018, quando a polêmica carta aberta a favor da "liberdade de importunar" como prerrogativa para a liberdade sexual foi veiculada pelo Le Monde. Após inúmeras reações negativas ao conteúdo do artigo - que classificou a avalanche de depoimentos como uma "onda de puritanismo" - uma das cossignatárias mais célebres da tribuna, a atriz Catherine Deneuve (A Bela da Tarde), publicou uma carta no periódico Libération pedindo desculpas às vítimas de abusos sexuais:

    "Várias vezes me acusaram de não ser feminista. Preciso lembrar a vocês que sou uma das 343 vadias, junto a Marguerite Duras e Françoise Sagan, que coassinaram o manifesto 'Eu fiz um aborto' escrito por Simone de Beauvoir? O aborto era um crime passível de processo penal e encarceramento à época. É por isso que digo aos conservadores, aos racistas e aos tradicionalistas de todos os tipos que acreditaram que seria estratégico me apoiar que eu não sou uma tola. Eles não terão minha gratidão ou minha amizade, muito pelo contrário. Eu sou uma mulher live e continuarei sendo. Eu saúdo fraternalmente todas as vítimas de atos odiosos que podem ter se sentido agredidas pela tribuna publicada pelo Le Monde. Apresento minhas desculpas para elas, e somente para elas", justificou Deneuve.

    Catherine Deneuve participa de carta aberta que classifica atual movimento contra o assédio sexual como 'onda de puritanismo'

    Ainda, a musa da sétima arte francesa esclareceu que nenhuma linha da tribuna legitima ou pretendia legitimar nenhuma forma de assédio, mas também reforçou sua posição contrária aos julgamentos apressados e desqualificados, principalmente aqueles realizados através das redes sociais: "Sim, eu amo a liberdade. Não gosto desta característica dos nossos tempos onde todos se sentem no direito de julgar, de arbitrar, de condenar. Uma época onde simples denúncias nas redes sociais engendram punições, demissões e, constantemente, linchamentos midiáticos [...] Creio que a solução virá tanto da educação de nossos filhos quanto de nossas filhas. Mas também dos protocolos das empresas, que ao determinarem a ocorrência de um assédio, iniciem investigações imediatamente. Eu acredito na justiça".

    E por fim - além de se distanciar de algumas de suas cossignatárias, que teriam prejudicado e deturpardo o espírito da carta aberta através da forma como se comportaram na mídia após a publicação da mesma -, Deneuve apresentou o motivo pelo qual participou da tribuna: "Eu assinei o texto por uma razão que, ao meu ver, é essencial: o perigo de esterilizar as artes. Vamos queimar as obras do Marquês de Sade editadas pela Pléiade? Vamos declarar Leonardo da Vinci como um pedófilo e apagar suas telas? Arrancar os quadros de Gauguin dos museus? Destruir os desenhos de Egon Schiele? Proibir os discos de Phil Spector? Este clima de censura me deixa sem voz e me perturba quanto ao futuro de nossas sociedades".

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jc V.
      Maconha é assim, uma hora passa o efeito
    • Peter Spielberg
      Passou os efeitos dos remédios controlados
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Percebeu, ainda que tarde, a enorme bobagem que fez, e voltou atrás. Onde já se viu considerar correto uma liberdade de importunar os outros? Vá ser importunada você nas suas tardes de Bela da Tarde, já que gosta!
    • Vidamell Vida R.
      doida!!!
    Mostrar comentários
    Back to Top