Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    "Se soubesse na época o que sei hoje, não teria aceitado trabalhar com Woody Allen", diz Greta Gerwig
    Por Taiani Mendes — 10/01/2018 às 15:05
    facebook Tweet

    Diretora de Lady Bird atuou em Para Roma Com Amor.

    Getty Images

    Greta Gerwig é mais uma no clube dos arrependidos por atuar sob o comando de Woody Allen. A atriz relembrou negativamente a experiência pela primeira vez em conversa publicada no The New York Times. Questionada sobre a validade da punição a artistas por questões pessoais, ela aproveitou para comentar a respeito do trabalho com o cineasta, acusado de ter abusado sexualmente da filha adotiva Dylan em 1993.

    "Gostaria de falar especificamente sobre Woody Allen, pois fui muito questionada sobre isso recentemente, já que fiz um filme com ele em 2012. É um assunto que levo muito a sério e tenho pensado bastante a respeito, precisei de tempo para organizar minhas ideias e dizer o que gostaria. Só posso falar por mim e a conclusão a que cheguei foi a seguinte: se eu soubesse na época o que sei agora, não teria atuado no filme [Para Roma Com Amor]. Não voltei a trabalhar com ele e não o farei futuramente. Os dois textos de Dylan Farrow me fizeram perceber que aumentei a dor de outra mulher e essa conscientização partiu meu coração. Cresci vendo seus filmes e eles me formaram como artista, um fato que não posso mudar. Posso, no entanto, tomar decisões diferentes daqui para frente."

    Domingo, após receber o Globo de Ouro de melhor filme comédia/musical por Lady Bird - A Hora de Voar, sua estreia atrás das câmeras, Greta foi perguntada na coletiva de imprensa sobre como se sentia por ter trabalhado com Allen e não deu uma resposta conclusiva, o que acabou decepcionando muita gente e gerando uma série de críticas na internet. Pouco dias depois eis a resposta que a maioria gostaria de ouvir, alinhada com os tempos de Time's Up e a temporada de premiação implacável com abusadores.

    Dylan Farrow usou o Twitter para agradecer a retratação da atriz e cineasta:



    "Greta, obrigada por sua voz. Obrigada por suas palavras. Saiba que foram profundamente sentidas e apreciadas."

    Antes de Greta Gerwig, Ellen Page, que também fez Para Roma Com Amor, já tinha se declarado arrependida da parceria. David Krumholtz, de Roda Gigante; e Griffin Newman, que gravou uma cena do filme que Allen está preparando com Selena GomezTimothee Chalamet e Elle Fanning, também repensaram suas decisões posteriormente.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Marcio S.
      O detalhe é que o caso já está encerrado e ficam voltando nele para fabricar notícias. Lamentável.
    • Pessoa
      Sou mais a Edith Piaf, gosto daquelas que não se arrependem de nada.O problema é que tem muita gente que não gosta de Woody Allen que está aproveitando a ocasião pra massacrá-lo.Para estas criaturas, a questão é sempre Dylan versus Woody quando na verdade isto não é verdade. Dylan com certeza foi a vítima, a questão é se foi vítima de um suposto pai pedófilo ou duma suposta mãe manipuladora.Se tantos tem certeza que ele é culpado, critiquem em seus textos a Justiça e a Polícia norte-americana porque eles não encontraram indícios de sua culpa.Inclusive tem um artigo de Maio/1993 do New York Times entitulado Doctor Cites Inconsistencies In Dylan Farrow's Statements em que o médico que chefiou a investigação do caso apontou inconsistências no depoimento de Dylan, dando a impressão que havia sido ensaiado.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Conversa fiada! Não acredito nesses arrependimentos tardios. Valem pouco, ou nada. Se eu soubesse na época o que sei agora, não teria atuado no filme??? Como não saber, em 2012, de abusos sexuais que se tornaram públicos e notórios e aconteceram a partir de 1993, ou seja, 19 anos antes do filme????? Não diga se eu soubesse, mas sim se eu quisesse ter-me convencido... se eu quisesse ter escutado... se eu quisesse... se eu quisesse!. Pois tudo na vida depende de a gente querer. Só vemos aquilo que queremos ver.
    • silvana
      Mais mimimi!
    • Bell
      Tá bom.
    • Vidamell Vida R.
      _ _ --
    • Mr. Wayne
      Contra o exagero e puritanismo de Hollywood, disseminado sem avaliação crítica pelo AdoroCinema, sugiro a leitura do manifesto das atrizes francesas publicado no Le Monde.
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Ricos de Amor Trailer Original
    Frozen 2 Trailer (3) Dublado
    Sergio Trailer Legendado
    Resgate Trailer Legendado
    Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica Trailer (1) Dublado
    Velozes & Furiosos 9 Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Personalidades
    Cinemateca Brasileira: Quais desafios Regina Duarte deve encontrar?
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 20 de maio de 2020
    A Missy Errada: Quem é Lauren Lapkus, protagonista da nova comédia da Netflix ?
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quinta-feira, 14 de maio de 2020
    Crepúsculo: Robert Pattinson reage ao novo livro da saga
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 13 de maio de 2020
    Minha História: Os melhores momentos do documentário sobre Michelle Obama
    NOTÍCIAS - Personalidades
    terça-feira, 12 de maio de 2020
    5 filmes e séries marcantes de Jerry Stiller
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 11 de maio de 2020
    5 filmes e séries marcantes de Jerry Stiller
    Damien Chazelle: Relembre a trajetória do diretor de The Eddy e La La Land
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quarta-feira, 6 de maio de 2020
    Damien Chazelle: Relembre a trajetória do diretor de The Eddy e La La Land
    Últimas notícias de cinema Personalidades
    Filmes mais esperados
    Filmes mais esperados
    Back to Top