Meu AdoroCinema
Max Landis, roteirista de Bright, é acusado de assédio sexual
Por Renato Furtado — 26/12/2017 às 13:40
facebook Tweet

As denúncias contra o comportamento abusivo do filho do diretor John Landis surgiram logo após o lançamento do blockbuster da Netflix.

Dave Kotinsky

Bright, o primeiro blockbuster da Netflix, não ganhou a boa recepção que a gigante do streaming esperava. E como se as pesadas críticas ao novo trabalho de David Ayer, diretor do também execrado Esquadrão Suicida, não fossem o bastante, a companhia também viu mais um de seus empregados ser denunciado por assédio sexual: Max Landis, roteirista do filme e criador da finada série Dirk Gently's Holistic Detective Agency.

O escândalo teve início no Twitter: no mesmo espírito irreverente de sempre e constantemente adotado em seus perfis nas redes sociais, a Netflix decidiu divulgar Bright como se fosse um "filme pequeno", lembrando o público de que um longa com Will Smith estava prestes a ser lançado. Em resposta, a atriz Anna Akana, que trabalhou com Landis em um projeto do escritor no YouTube, disparou: "O filme escrito por um psicopata que abusa sexualmente e ataca mulheres, certo? Legal".

O testemunho de Akana foi o estopim de uma série de outras denúncias. Logo, a enxurrada de críticas e acusações trouxe novamente à tona o tuíte escrito por Allie Goertz, editora da MAD Magazine, ainda no início do último mês de novembro: "Não posso imaginar alguém que esteja mais assustado pela era pós-Weinstein do que o filho de um famoso diretor [John Landis]". Segundo inúmeras denúncias subsequentes, o comportamento abusivo de Landis era um segredo aberto na indústria cinematográfica, conhecido até mesmo por aqueles que eram "agregados" de Hollywood.

Zoe Quinn, desenvolvedora de games estadunidense cujos abusos sofridos deram início ao Gamergate - movimento que escancarou os casos de assédio e sexismo que ocorrem na indústria dos jogos eletrônicos - também não mediu palavras contra o comportamento de Landis (leia abaixo). A criadora, ainda, confirmou que os crimes do roteirista foram encobertos por causa da influência do pai do acusado no mundo da sétima arte dos EUA - John Landis é o cineasta responsável por clássicos dos anos 80 como Os Irmãos Cara de Pau e Um Lobisomem Americano em Londres, cujo remake, comandado por Max, ainda se encontra em fase de desenvolvimento.

"Às vezes, homens que cometem assédios sexuais são roteiristas talentosos e seus trabalhos têm bagagem. Às vezes, eles são Max Landis".

A revelação sobre o comportamento predatório de Max Landis continua impulsionando a avalanche de bravos testemunhos - as mulheres que "quebraram o silêncio" foram eleitas como as personalidades do ano pela prestigiada revista Time - contra os abusos sexuais em Hollywood. Além do roteirista, outros notórios acusados incluem Harvey Weinsteinepicentro do escândalo que abalou a indústria e expôs sua faceta mais sórdida; Kevin Spacey, o outro ex-empregado da Netflix envolvido na enorme controvérsia; e o comediante Louis C.K, entre outros.

Landis ainda não se pronunciou sobre as acusações, que já estão surtindo efeito. Logo após a eclosão das denúncias, a DC Comics decidiu retirar do ar uma história em quadrinhos escrita por Landis para o especial de Natal da editora.

facebook Tweet
Links relacionados
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Trailers
A Favorita Trailer Legendado
Creed II Trailer Legendado
Green Book - O Guia Trailer Legendado
Eu Sou Mais Eu Trailer Original
Vice Trailer Legendado
Vingadores: Ultimato Trailer Legendado
Todos os últimos trailers
Notícias de cinema Personalidades
Climax: Gaspar Noé vem ao Brasil para promover seu novo filme
NOTÍCIAS - Personalidades
segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
Bryan Cranston, antes e depois de Breaking Bad
NOTÍCIAS - Personalidades
sábado, 19 de janeiro de 2019
Zoe Saldana revela como é tirar a maquiagem de Gamora
NOTÍCIAS - Personalidades
sábado, 19 de janeiro de 2019
Chefe de animação da Paramount se recusa a trabalhar com John Lasseter
NOTÍCIAS - Personalidades
terça-feira, 15 de janeiro de 2019
Hugh Grant tem roteiro roubado e pede ajuda no Twitter
NOTÍCIAS - Personalidades
segunda-feira, 14 de janeiro de 2019
Hugh Grant tem roteiro roubado e pede ajuda no Twitter
Liza Minnelli aprova musical inspirado em Judy Garland
NOTÍCIAS - Personalidades
segunda-feira, 14 de janeiro de 2019
Liza Minnelli aprova musical inspirado em Judy Garland
Últimas notícias de cinema Personalidades
Filmes mais esperados
Filmes mais esperados
Back to Top