Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    É oficial! Disney compra os estúdios da Fox
    Por Renato Furtado — 14 de dez. de 2017 às 10:50
    facebook Tweet

    Maior negociação da história da indústria do entretenimento.

    US$ 52,4 bilhões. Esta é a astronômica cifra que a Disney desembolsou para adquirir todas as propriedades da 20th Century Fox. A negociação, a maior da história da indústria do entretenimento, promete mudar os rumos de Hollywood e, muito provavelmente, da sociedade estadunidense como um todo (via Variety).

    "A aquisição desta coleção de negócios estelar da 21st Century Fox reflete a crescente demanda dos consumidores por uma maior diversidade de experiências de entretenimento [...] Estamos empolgados por ter esta extraordinária oportunidade de expandir significativamente nosso portfólio de franquias amadas e marcas para aprimorar nossas ofertas aos consumidores. O acordo também vai expandir nosso alcance internacional, permitindo que nós ofereçamos uma narrativa de alto nível em escopo internacional e plataformas de distribuição inovadoras para mais consumidores em mercados importantes ao redor do mundo", declarou Bob Iger, presidente da Disney, em comunicado oficial.

    O acordo, que já vinha sendo desenhado há algum tempo, permitirá que a empresa de Mickey Mouse explore todas as posses da divisão de filmes e séries que pertencia à Família Murdoch - os magnatas da comunicação mantiveram apenas seus departamentos de esportes e notícias, incluindo os canais Fox Sports e Fox News. Os US$ 66,1 bilhões gastos no total pela Disney - dos quais US$ 13,7 bilhões representam dívidas assumidas - garantem, ainda, controle sobre as ações da Fox, que havia investido, dentre outras companhias, no Hulu, segundo maior serviço de streaming atrás apenas da Netflix; sobre a FX Networks, lar de premiadas e aclamadas séries como FargoAmerican Horror Story e American Crime Story; e sobre canais como National Geographic, entre outras 300 emissoras internacionais.

    Expressão de Deapool representando a reação da população mundial neste momento.

    Mas, certamente, a maior mudança que será acarretada por esta negociação é o fato de que a Marvel poderá explorar o Universo X-Men nos cinemas. Isso quer dizer que todos os mutantes poderão fazer parte do Universo Cinematográfico Marvel, abrindo inúmeras possibilidades narrativas para o produtor Kevin Feige e seus parceiros criativos, que não mais terão que contornar a ausência dos X-Men quando elegerem as próximas adaptações de seus quadrinhos. Por outro lado, os que ainda permanecem céticos quanto à negociação acreditam que incorporar o Universo Marvel da Fox ao MCU provocará uma pasteurização estilística. De fato, uma das perguntas mais relevantes do momento é a seguinte: como será que a empresa de Walt Disney, historicamente centrada na geração de entretenimento para toda a família, lidará com as produções proibidas para menores como Deadpool e Logan?

    Também vale notar que a compra encerra a trajetória de um dos maiores estúdios e impérios da história de Hollywood. Responsável por inúmeros clássicos da sétima arte e por outras aclamadas produções mais recentes, a 21st Century Fox era uma major de 82 anos que promovia uma diversidade criativa em suas obras e que também incentivou o desenvolvimento do cinema independente dos Estados Unidos através da Fox Searchlight Pictures - selo de distribuição e produção voltado à filmografia indie da companhia.

    Como não existem precedentes para um acordo desta magnitude, é complicado prever o que acontecerá daqui para frente dentro de Hollywood. Vale ressaltar, ainda, que de acordo com as leis antitruste dos Estados Unidos - que barraram, por enquanto, a fusão entre a AT&T e a TimeWarner -, a aquisição da Fox pela Disney pode encontrar empecilhos jurídicos e legais. No entanto, é seguro dizer que o mundo já não é mais o mesmo a partir de hoje.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Comcast anuncia desistência e aquisição da Fox pela Disney é dada como certa
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top