Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Drama adolescente Guigo Offline vence o festival Mix Brasil 2017
    Por Bruno Carmelo — 23 de nov. de 2017 às 09:15
    facebook Tweet

    Um garoto descobre a homossexualidade do pai.

    Embora o festival Mix Brasil 2017 continue até o dia 25 de novembro, os vencedores foram anunciados numa cerimônia nesta quarta-feira, dia 22.

    O grande vencedor foi Guigo Offline, telefilme criado para a TV Cultura sobre um adolescente que descobre, em uma viagem de família, a homossexualidade do pai. O melhor curta-metragem segundo o júri foi o belo Afronte, sobre a militância da juventude negra e gay.

    Descubra todos os vencedores:

    Prêmios do júri para longa-metragem nacional
    Melhor filme: Guigo Offline, de René Guerra
    Melhor direção: Carolina Jabor, Aos Teus Olhos
    Melhor roteiro: Esmir Filho e Mariana Bastos, Alguma Coisa Assim
    Melhor interpretação: Caroline Abras, Alguma Coisa Assim
    Menções honrosas: Meu Nome é Jacque e Serguei, O Último Psicodélico

    Prêmios do júri para curta-metragem nacional
    Melhor filme: Afronte, de Bruno Victor e Marcus Azevedo
    Melhor direção: Andréia Pires e Leonardo Mouramateus, Vando Vulgo Vedita
    Melhor roteiro: Paulo Roberto, Stanley
    Melhor interpretação: Gilda Nomacce, Minha Única Terra é na Lua
    Menção honrosa: Estamos Todos Aqui, de Chico Santos e Rafael Mellim

    Prêmios do público
    Melhor longa-metragem nacional: Luana Muniz - Filha da Lua, de Rian Córdova e Leonardo Menezes
    Melhor longa-metragem internacional: Close-Knit, de Naoko Ogigami
    Melhor curta-metragem nacional: Estamos Todos Aqui, de Chico Santos e Rafael Mellim
    Melhor curta-metragem internacional: Mario, Kike e David, de Miguel Lafuente

    Prêmios especiais
    Prêmio Ícone Mix: Gus Van Sant
    Prêmio Suzy Capó: Peça "Desmesura", do Grupo Teatro Kunyn
    Prêmio Mix HIV: Meu Nome é Jacque, de Ângela Zoé
    Prêmio Canal Brasil de curtas: Dandara, de Flávia Ayer e Fred Bottrel
    Prêmio SescTV: Vaca Profana, de René Guerra
    Prêmio Show do Gongo: Confessions, de Rafael Spinelli
    Prêmio Ida Feldman: Maria Clara Spinelli


    Confira as críticas do AdoroCinema sobre os filmes do 25º Mix Brasil:
    A Filosofia na Alcova
    A Glória e a Graça
    A Moça do Calendário
    After Louie
    Alguma Coisa Assim
    Aos Teus Olhos
    Aqueles que Fazem a Revolução Pela Metade Apenas Cavam as Suas Próprias Covas
    Berenice Procura
    Casa da Xiclet
    Conversa Fiada
    Corpo Elétrico
    Crepúsculo
    Discreet
    Me Chame Pelo Seu Nome
    Meu Nome é Jacque
    Minha Maravilhosa Berlim Ocidental
    Música Para Quando as Luzes se Apagam
    Santa & Andrés
    Thelma
    Tom of Finland

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top