Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Sony pode adiar lançamento de Todo o Dinheiro do Mundo por causa de polêmica envolvendo Kevin Spacey
    Por Katiúscia Vianna — 6 de nov. de 2017 às 18:09
    facebook Tweet

    Michelle Williams e Mark Wahlberg também estrelam o filme de Ridley Scott.

    Após diversas denúncias de assédio, o nome de Kevin Spacey se tornou tóxico em Hollywood. Ele já foi demitido de House of Cards pela Netflix - que também desistiu de produzir seu filme sobre Gore Vidal. Agora, tal polêmica pode prejudicar outro de seus projetos...

    Segundo informações da Variety, a Sony Pictures está cogitando adiar o lançamento de Todo o Dinheiro do Mundo, drama biográfico que traz Spacey como o magnata do petróleo J. Paul Getty - que se recusou a pagar o resgate de seu neto sequestrado. Inicialmente, o ator estava sendo cotado ao Oscar por sua performance, mas o estúdio já desistiu de fazer qualquer campanha, após os recentes acontecimentos. Anteriormente marcado para chegar ao circuito norte-americano em dezembro, o longa pode ser exibido somente em junho de 2018.

    O grande problema é que a Sony precisa tomar uma decisão rapidamente. Até o momento, All the Money in the World (título original) tinha sua estreia mundial marcada para 16 de novembro, durante a homenagem do Festival AFI para Ridley Scott - produtor e diretor do longa. A trama também tem Michelle Williams como Gail, a mãe do jovem sequestrado, enquanto Mark Wahlberg interpreta o ex-agente da CIA, Fletcher Chase, responsável por ajudá-la no resgate.

    Michelle Williams e Mark Wahlberg também estrelam o drama.

    Caso tal evento seja cancelado e o filme adiado, a Sony ainda encontra-se com outro problema. O sequestro de Getty também é a inspiração para a série Trust, projeto de Danny Boyle para o canal FX, previsto para janeiro de 2018. Donald Sutherland assume o papel de J. Paul Getty, enquanto Hilary SwankBrendan Fraser completam o elenco. Logo, as comparações serão inevitáveis...

    Ou seja, a situação não está nada agradável. Afinal, mesmo que decidam manter Todo o Dinheiro do Mundo na disputa para a próxima temporada de premiações, tal campanha será marcada por questões sobre Spacey - já que não é possível retirar sua participação do filme.

    O escândalo começou quando o ator Anthony Rapp (Star Trek: Discoverydenunciou ter sido assediado pelo veterano ator quando tinha apenas 14 anos de idade. Em resposta, Spacey disse que não se recordava do caso, pediu "sinceras desculpas" e usou a ocasião para assumir sua homossexualidade, gerando muitas críticas negativas. Desde então, oito membros da equipe de House of Cards também afirmaram ser vítimas de Kevin.

    Todo o Dinheiro do Mundo segue sem previsão de lançamento no Brasil.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Netflix retira Kevin Spacey das peças promocionais de House of Cards
    • Netflix demite Kevin Spacey e desiste de produzir seu filme sobre Gore Vidal
    • Kevin Spacey é acusado de assédio por oito membros da equipe de House of Cards
    • Uma Família da Pesada fez piada sobre 'comportamento sexual' de Kevin Spacey em 2005
    • Kevin Spacey tem masterclass cancelada após denúncia de assédio
    • All The Money In The World: Kevin Spacey, Michelle Williams e Mark Wahlberg estrelam o trailer do novo filme de Ridley Scott
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top