Meu AdoroCinema
10 filmes para não ver com fome
Por Renato Furtado — 12/11/2017 às 07:23
facebook Tweet G+Google

Prepare a pipoca e...

Se você é um fã de reality shows como o MasterChef, sabe muito bem que ver esse tipo de programa com fome é uma péssima ideia - e isso não é diferente no mundo do cinema. Assim, pensando no bem-estar do seu leitor, o AdoroCinema decidiu preparar uma lista com 10 obras que ficam muito melhores quando vistas com algum quitute estrategicamente posicionado ao lado da poltrona.

Entre produções nacionais e internacionais, a seleção conta com comédias, romances, documentários, dramas e suspenses, formando uma compilação ampla o suficiente para gourmand nenhum colocar defeito. E se, por um acaso, algum destes longas te inspirar o suficiente para sair do esquema microondas-forninho, conte para gente qual foi o prato que você preparou. Será que vale uma estrela Michelin?

Mais do que nunca - como diz a nossa sessão Dicas do Dia -, prepare a pipoca e boa sessão!

GOSTO SE DISCUTE

Lançado na última quinta-feira, o filme de André Pellenz embarca na onda da gourmetização que impactou inúmeros estabelecimentos gastronômicos e modificou a vida de diversos chefs - profissionais e amadores - nos últimos anos. Em Gosto se Discute, o diretor de Minha Mãe é uma Peça analisa o lado daqueles prejudicados pelo "raio gourmetizador" - no caso, Augusto (Cássio Gabus Mendes), chef de um restaurante cujo prestígio entra em queda livre após um moderninho food truck abrir as portas do outro lado da rua. Correndo o risco de encerrar as operações, o chef terá que suportar as sugestões e a presença de Cristina (Kéfera Buchmann), a nova gerente do local. Ah, para piorar a situação, Augusto ainda perde completamente o seu paladar. Mole mesmo, só pudim.

Gosto Se Discute Trailer

RATATOUILLE

Se você só puder levar um exemplar do cinema gastronômico para uma ilha deserta, a única resposta possível para o dilema é Ratatouille. Com esta obra, Brad Bird não só se estabeleceu como um dos melhores diretores de animação dos últimos tempos - afinal, ele também é o responsável pelos "jovens clássicos" O Gigante de FerroOs Incríveis -, como também fez com que o público se identificasse com os desafios e sonhos de um... rato. Protagonizado por Remy (Patton Oswalt), Ratatouille é empolgante, agridoce e inspirador, uma aventura que já abre o apetite a partir do título, que também é o nome de um famoso prato francês. Pode não ser o melhor longa da Pixar ou o mais popular do catálogo, mas é certamente um dos mais importantes do estúdio.

JULIE & JULIA

Selecione duas das melhores atrizes de suas gerações, coloque-as juntas e deixe que elas cozinhem por praticamente duas horas sob o comando da cineasta Nora Ephron (Mens@gem Para Você). Pronto, você tem aí a receita perfeita para um feel good movie. Julie & Julia não tem, em momento algum, a pretensão de ser um concorrente ao Oscar e, portanto, quando examinado no contexto de seu honesto objetivo de narrar a história real das personagens-título - interpretadas por Amy Adams e Meryl Streep, indicada ao Oscar pelo papel - com doçura pode ser considerado um sucesso. Não mudará sua vida, mas pode animar seu dia e te inspirar a fazer um omelete perfeito, uma cortesia da divertida Julia Childs de Streep.

CHEF

Antes de se tornar um dos homens de confiança de Kevin Feige dentro do Universo Cinematográfico Marvel e comandar obras milionárias como Homem de Ferro e Mogli - O Menino LoboJon Favreau era um cineasta independente. E é por isso que ele decidiu retornar às raízes após o fiasco de Cowboys & Aliens: em Chef, Favreau assume os papéis de diretor, produtor, roteirista e protagonista, como fez em seu trabalho de estreia, Crime Desorganizado. Interpretando um chef de cozinha que decide abrir um food truck e rodar os Estados Unidos com seus pratos, Favreau cria um longa leve e despretensioso, recheado de todas as maravilhas da gastronomia de rua estadunidense. Chef é, de fato, um filme perigoso - não há dieta que resista.

PEGANDO FOGO

A carreira na gastronomia não é fácil. Nos reality shows culinários, é possível ver como os novatos sofrem com a pressão nas cozinhas e como o caminho para o topo é árduo. Para chegar à posição mais alta em um restaurante, é preciso ter disciplina e ser perfeccionista - dois elementos que tornam esta jornada tão cinematográfica. Pegando Fogo, de John Wells (Álbum de Família), explora o lado da queda. Adam Jones (Bradley Cooper) é uma estrela da gastronomia e frequentemente permite que os excessos da fama superem seu talento e suas responsabilidades. Porém, determinado a se redimir, ele aceita o desafio de tentar corrigir o curso de um restaurante de elite que, assim como ele, já viu dias melhores. Quer pratos sofisticados? Pegando Fogo é a escolha certa no menu.

facebook Tweet G+Google
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Matérias especiais recomendadas
Guia da 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quarta-feira, 17 de outubro de 2018
Guia da 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo
Oscar 2019: Conheça os favoritos ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
domingo, 7 de outubro de 2018
Oscar 2019: Conheça os favoritos ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro
Guia do Festival de Brasília 2018
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
sexta-feira, 14 de setembro de 2018
Guia do Festival de Brasília 2018
Os maiores sucessos e fracassos do verão americano de 2018
NOTÍCIAS - Visto na Web
sábado, 8 de setembro de 2018
Os maiores sucessos e fracassos do verão americano de 2018
Todas as Matérias especiais de cinema
Trailers
Halloween Trailer Legendado
Podres de Ricos Trailer Legendado
Fúria em Alto Mar Trailer Legendado
Meu Anjo Trailer Legendado
O Doutrinador Trailer
Aladdin Teaser Legendado
Todos os últimos trailers
Back to Top