Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Oscar 2018: Michael Haneke tentará ganhar seu segundo troféu na categoria de Melhor Filme Estrangeiro
    Por Renato Furtado — 6 de set. de 2017 às 11:00
    facebook Tweet

    O cineasta ganhou o prêmio pela primeira vez em 2012, com Amor.

    Pela sexta vez na história, a Áustria decidiu selecionar um filme de Michael Haneke como seu representante para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar. Após sair vencedor da disputa com Amor, em 2012, o cineasta tentará o bicampeonato com Happy End.

    O longa, parte da seleção oficial do Festival de Cannes, é protagonizado por um elenco estelar — Isabelle Huppert, Jean-Louis Trintignant, Mathieu Kassovitz e Toby Jones, além da jovem Fantine Harduin — e narra a história de uma família assombrada pelos seus interesses e desejos pessoais e por segredos obscuros. Trazendo o impactante e seco estilo de direção de Haneke na exploração da vida de uma família burguesa na era dos refugiados, Happy End foi bastante elogiado pela crítica internacional durante a mostra francesa e pode ser um dos grandes concorrentes para abocanhar uma das cinco vagas da lista final. Aliás, se o filme chegar ao primeiro lugar do pódio, a vitória de Happy End representará o terceiro triunfo da Áustria na competição.

    Vale lembrar que países como Alemanha, Suécia e Hungria também escolheram pesos-pesados dos festivais europeus do primeiro semestre como seus representantes: In The Fade (Fatih Akin), The Square (Ruben Östlund), filme ganhador da Palma de Ouro em Cannes e On Body and Soul (Ildiko Enyedi), longa vencedor do Festival de Berlim.

    Ainda, as casas de apostas — que previram a eleição de Happy End como representante austríaco — colocam filmes como o russo Loveless (Andrey Zvyagintsev), os franceses 120 Batidas por Minuto (Robin Campillo) e Visages Villages (Agnès Varda & JR), o mexicano Las Hijas de Abril (Michel Franco) e o sul-coreano The Day After (Hong Sang-soo) como algumas das principais produções cotadas para disputar uma das concorridas vagas.

    Confira aqui a lista que o AdoroCinema preparou com os 23 possíveis candidatos para representar o nosso país. Happy End — leia a nossa crítica — ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top