Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Hellboy: Ed Skrein anuncia saída do reboot após sofrer críticas de embranquecimento
    Por Vitória Pratini — 28 de ago. de 2017 às 17:00
    facebook Tweet

    "É nossa responsabilidade tomar decisões morais em tempos difíceis e dar voz a inclusividade", disse ator escalado para viver personagem originalmente asiático.

    Astrid Stawiarz / Getty Images; Divulgação

    Na última semana, Ed Skrein foi escalado para participar da refilmagem de Hellboy como o Major Ben Daimio, que é asiático nos quadrinhos. Porém, nesta segunda-feira (28), o ator anunciou sua saída da produção após sofrer críticas de embranquecimento.

    Skrein, que interpretou o vilão de Deadpool, fez uma declaração em seu perfil no Instagram, justificando sua decisão ao defender a representatividade em produções Hollywoodianas.

    "Na última semana, foi anunciado que eu interpretaria o Major Ben Daimio no reboot inédito de Hellboy. Eu aceitei o papel sem saber que o personagem no quadrinho original tinha uma origem mestiça asiática. Tem havido conversações intensas e chateação compreensível desde aquele anúncio, e eu devo fazer o que eu sinto que é certo.

    Está claro que a representação deste personagem de uma maneira culturalmente precisa tem significado para as pessoas, e que negligenciar essa responsabilidade continuaria uma tendência preocupante para obscurecer histórias de minorias étnicas e dar voz a elas nas Artes. Eu sinto que é importante honrar e respeitar isso. Portanto, decidi desistir para que o papel possa ser escalado adequadamente.

    A representação da diversidade étnica é importante, especialmente para mim, pois tenho uma família de origem mista. É nossa responsabilidade tomar decisões morais em tempos difíceis e dar voz a inclusividade. Espero que um dia essas discussões se tornem menos necessárias e que possamos ajudar a fazer uma representação igual nas Artes uma realidade.

    Estou triste de deixar Hellboy mas se esta decisão nos deixar mais perto desse dia, vale a pena. Espero fazer a diferença.

    Com amor e esperança,

    Ed Skrein"

    Uma publicação compartilhada por Ed Skrein (@edskrein) em

    Poucos atores tem a coragem de Skrein de assumir a responsabilidade e desistir de um projeto a partir de uma decisão baseada em moralidade. A escalação dele não é a primeira controvérsias envolvendo "whitewashing", ou seja, atores brancos em papéis originalmente retratados por pessoas de ascendência asiática, recentemente tivemos o caso de Scarlett Johansson em A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell e Tilda Swinton em Doutor Estranho.

    De acordo com informações da Variety, a Lionsgate também soltou um comunicado: "Ed veio até nós e sentiu muito em relação a isso. Nós apoiamos totalmente sua decisão altruista. Não foi nossa intenção ser insensível às questões de autenticidade e etnia, e procuraremos reescalar o papel com um ator mais consistente com o personagem no material de origem."

    Quem vocês gostariam que fosse escalado no papel?

    Dirigido por Neil Marshall (Game of Thrones) e estrelado por David Harbour, Ian McShane e Milla Jovovich, Hellboy ainda não tem previsão de estreia.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top