Meu AdoroCinema
Festival de Gramado 2017: Diretor comenta saída de Seu Jorge como protagonista de O Matador, da Netflix (Exclusivo)
Por Renato Hermsdorff — 20/08/2017 às 08:09
facebook Tweet

Marcelo Galvão conta como o projeto foi parar na gigante do streaming.

Diego Vara/ Pressphoto

Na briga pelos Kikitos da 45ª edição do Festival de Gramado, O Matador, de Marcelo Galvão, teve sua estreia na mostra gaúcha cheio de expectativas. Mais por se tratar do primeiro longa-metragem brasileiro produzido pela Netflix, do que pela seleção em si, é bem verdade.

O filme do diretor de Colegas conta a história de Cabeleira (Diogo Morgado), que, abandonado ainda bebê no sertão, é adotado pelo "matador dos matadores", Sete Orelhas (Deto Montenegro). Depois que o pai some, o moço parte em busca do paradeiro dele, e vai dar nas terras do todo-poderoso “coronel” Monsieur Blanchard (Etienne Chicot).

No festival, Galvão conversou rapidamente com o AdoroCinema. E contou como foi a escolha do ator protagonista, para o papel escrito inicialmente para ser interpretado por Seu Jorge. Confira abaixo.

Cleiton Thille/ Pressphoto
A numerosa equipe de O Matador, no tapete vermelho de Gramado.

AdoroCinema: O que significa, para o filme e para sua carreira, em si, assinar o primeiro longa nacional produzido pela Netflix?

Marcelo Galvão: Para mim é uma honra. Tem uns holofotes virados pro filme, pra saber que filme é esse, então, eu fico muito feliz. A gente faz filme para as pessoas assistirem. 90% dos filmes que são feitos não vão para o cinema. E, desses 10% que sobram, 90% ficam duas semanas ou três semanas, no máximo, em cartaz. Você saber que você tem uma plataforma que banca o teu projeto, que não precisa captar dinheiro de lei, demorando anos para poder juntar o dinheiro, fazer o filme, não saber se ele vai para o cinema depois... Aqui você tem uma [empresa] que te garante tudo isso, bota o dinheiro, esse filme vai pro mundo todo.

O fato de ter um projeto que, de antemão, você sabe que será exibido no mundo todo redireciona a realização do filme de alguma maneira, para dar uma cara mais “global”, talvez?

Não, até porque o projeto já tinha sido construído antes, eu já tinha o roteiro. A Netflix entrou depois. Eu acho que quando a gente faz um filme, eu pelo menos, tento fazer um filme que dialogue com o mundo todo.  São histórias universais. Contextualizando um pouco com onde eu vivo, que é o Brasil.

Netflix
O português Diogo Morgado como Cabeleira

Como foi o processo de pitching que levou o projeto até a Netflix?

Aconteceu no Los Angeles Brazilian Film Festival, onde eu estava com A Despedida e eu fiz um pitching lá para a Carol Vianna [então responsável pela aquisição de conteúdo da empresa]. A organização do LABFF fez ali uma área voltada para o mercado, tinha gente da FOX, de outros canais, e uma das pessoas era a Carol Vianna, da Netflix, que estava ali para ouvir projetos.

Como foi sua escolha para o papel do protagonista, o Cabeleira?

Eu tinha o Seu Jorge. Eu escrevi pensando no Seu Jorge. Mas aí tive um problema com ele em relação a compromisso. Na estrutura de produção que eu ia ter, dois meses dentro do Nordeste, numa cidade pequenininha, tomando banho de água gelada… eu tinha que ter pessoas muito apaixonadas pelo projeto. Pessoas que pagariam para estar ali. E aí eu acabei me desligando dele e fiquei aberto.

E como você chegou no Diogo Morgado, ator portugûes?

Ele que chegou em mim. Sabia que eu estava fazendo O Matador, me mandou um vídeo com ele fazendo um teste, que foi maravilhoso. Aí eu falei: “quero fazer o filme com esse cara”.

O Matador tem previsão de estreia na Netflix ainda em 2017.

O Matador Teaser Original

 

facebook Tweet
Links relacionados
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Trailers
Assista ao trailer de Cemitério Maldito
Patrocinado
Vingadores: Ultimato Trailer Legendado
O Último Lance Trailer Legendado
O Ano de 1985 Trailer Legendado
La Cama Trailer Legendado
Sobibor Trailer Legendado
Todos os últimos trailers
Notícias de cinema Festivais e premiações
Cemitério Maldito: A história baseada em livro de Stephen King que vai te aterrorizar nos cinemas
NOTÍCIAS - Lançamentos
terça-feira, 16 de abril de 2019
Patrocinado
Festival de Cannes 2019: Os principais filmes que ficaram fora da competição
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quinta-feira, 18 de abril de 2019
Festival de Cannes 2019: Com Bacurau e A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, Brasil está representado nas principais mostras
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quinta-feira, 18 de abril de 2019
Festival de Cannes 2019: Com Bacurau e A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, Brasil está representado nas principais mostras
Festival de Cannes 2019: Kleber Mendonça Filho, Almodóvar, Malick e Dardenne em competição, veja a lista completa
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quinta-feira, 18 de abril de 2019
Festival de Cannes 2019: Kleber Mendonça Filho, Almodóvar, Malick e Dardenne em competição, veja a lista completa
Últimas notícias de cinema Festivais e premiações
Melhores filmes em cartaz
Superação - O Milagre da Fé
Superação - O Milagre da Fé
4,3
Diretor: Roxann Dawson
Elenco: Chrissy Metz, Mike Colter, Topher Grace
Trailer
Shazam!
Shazam!
4,2
Diretor: David F. Sandberg
Elenco: Zachary Levi, Asher Angel, Mark Strong
Trailer
A Cinco Passos de Você
A Cinco Passos de Você
4,2
Diretor: Justin Baldoni
Elenco: Haley Lu Richardson, Cole Sprouse, Moises Arias
Trailer
Capitã Marvel
4,1
Diretor: Anna Boden, Ryan Fleck
Elenco: Brie Larson, Samuel L. Jackson, Jude Law
Trailer
Dumbo
4,1
Diretor: Tim Burton
Elenco: Colin Farrell, Danny DeVito, Michael Keaton
Trailer
After
4,0
Diretor: Jenny Gage
Elenco: Josephine Langford, Hero Fiennes-Tiffin, Samuel Larsen
Trailer
Todos os melhores filmes em cartaz
Back to Top