Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Tal Mãe, Tal Filha: Diretora reclama da falta de bons papéis femininos no cinema francês (Entrevista exclusiva)
    Por Francisco Russo — 19 de jul. de 2017 às 08:25
    facebook Tweet

    A comédia chega aos cinemas brasileiros nesta quinta, 20 de julho.

    Quem vê as badaladas Juliette Binoche, Isabelle HuppertMarion CotillardLéa Seydoux logo imagina que o cinema francês está repleto de bons personagens femininos, certo? Nem sempre. Foi justamente esta carência uma das motivações principais da diretora Noémie Saglio ao rodar a comédia Tal Mãe, Tal Filha.

    Em entrevista exclusiva ao AdoroCinema durante o Festival Varilux de Cinema Francês, Noémie falou um pouco sobre a criação deste filme "dedicado a todas às mães": "Eu sou mãe e amo minha mãe, então pensei em abordar esta estranha relação estabelecida entre as mulheres e suas mães."

    Uma das protagonistas do filme, Camille Cottin comentou sobre o lado neurótico existente em sua personagem no relacionamento com a mãe meio desmiolada, interpretada por Juliette Binoche, que engravida ao mesmo tempo que ela: "Existem infinitas fontes de inspiração para a psicanálise neste tipo de relação [..] Você sempre pode encontrar em sua sensibilidade, em sua vida ou no passado, coisas que pode alterar para se aproximar da trama."

    Também estrelado por Lambert Wilson, Tal Mãe, Tal Filha tem lançamento nos cinemas brasileiros agendado para 20 de julho. Confira nossa crítica!

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top