Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Cine PE 2017: O Jardim das Aflições vence a 21ª edição do festival audiovisual de Pernambucano
    Por Rodrigo Torres — 3 de jul. de 2017 às 23:23
    facebook Tweet

    Diamante, o Bailarina e Los Tomates de Carmelo são os principais vencedores nas competitivas de curtas-metragens.

    O Jardim das Aflições, documentário dirigido pelo realizador pernambucano Josias Teófilo, foi consagrado como o melhor longa-metragem do Cine PE 2017 segundo o júri oficial e o voto popular, realizado pela internet. O filme paulista Diamante, o Bailarina, de Pedro Jorde, e Los Tomates de Carmelo, de Danilo Baracho, venceram nas mostras competitivas de curtas nacionais e pernambucanos, respectivamente.

    Confira a lista completa de premiados:

    MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS:

    Melhor Filme: O Jardim das Aflições (PE), de Josias Teófilo
    Melhor Direção: Edu Felistoque, por Toro (SP)
    Melhor Roteiro: Edu Felistoque, Julio Meloni, por Toro (SP)
    Melhor Fotografia - Alex Lopes, João Atala, Raul Salas, Natalia Sahlit e Inti Briones, por O Crime da Gávea (RJ)
    Melhor Montagem: Matheus Bazzo e Daniel Aragão, por O Jardim das Aflições (PE)
    Melhor edição de som: Guilherme Picolo e Lucas Costabile, por Toro (SP)
    Melhor Trilha Sonora: Los Leones (MG)
    Melhor Direção de Arte: Lúcia Quental, por O Crime da Gávea (RJ)
    Melhor Ator Coadjuvante: Rodrigo Lampi, por Toro (SP)
    Melhor Atriz Coadjuvante : Aline Fanju, por O Crime da Gávea (RJ)
    Melhor Ator: Mário Bortolotto, por Borrasca (SP)
    Melhor Atriz: Simone Spoladore, por O Crime da Gávea (RJ)
    Júri popular: O Jardim das Aflições (PE), Josias Teófilo
    Prêmio da crítica: Los Leones (MG), André Lage

    MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS

    Melhor Filme: Diamante, o Bailarina (SP), de Pedro Jorge
    Melhor Direção: Day Rodrigues e Lucas Ogasawara, por Mulheres Negras: projetos de mundo (SP)
    Melhor Roteiro: Olimpio Costa e Mauricio Nunes, por O Ex-Mágico (PE)
    Melhor Fotografia: Pedro Maffei, por Retratos da Alma (DF)
    Melhor Montagem: Márcio Miranda Perez, por Quando os dias eram eternos (SP)
    Melhor Edição de Som: Jefferson Mandú, por O Ex-Mágico (PE)
    Melhor Trilha Sonora: Claudio Nascimento, por O Ex-Mágico (PE)
    Melhor Direção de Arte: Daniela Aldrovandi, por Diamante, o Bailarina (SP)
    Melhor Ator: Eucir de Souza, por Sal (SP)
    Melhor Atriz: Helena Albergaria, por O Tronco (SP)
    Menção honrosa do júri: Luiza (PR), de Caio Baú
    Júri popular: Mulheres Negras: projetos de mundo (SP), de Day Rodrigues e Lucas Ogasawara
    Prêmio da crítica: O Ex-Mágico (PE), de Olimpio Costa e Mauricio Nunes

    MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS PERNAMBUCANOS

    Melhor Filme: Los Tomates de Carmelo (PE), de Danilo Baracho
    Melhor Direção: Danilo Baracho, por Los Tomates de Carmelo (PE)
    Melhor Roteiro: Marcelo Cavalcante, por Marina e o pássaro perdido (PE)
    Melhor Fotografia: Danilo Baracho, por Los Tomates de Carmelo (PE)
    Melhor Montagem: Marcus Paiva, por Soberanos da Resistência (PE)
    Melhor Edição de Som: Sérgio Kyrilos, por Marina e o pássaro perdido (PE)
    Melhor Trilha Sonora: Carlos Ferrera, por Soberanos da Resistência (PE)
    Melhor Direção de Arte: Felipe Soares, por Autofagia (PE)
    Melhor Ator: Emanuel David D'Lúcard, por Autofagia (PE)
    Melhor Atriz: Brenda Lígia, por Aqui Jaz (PE)
    Júri popular: Autofagia (PE), de Felipe Soares
    Prêmio da crítica: Entre Andares (PE), de Aline van der Linden e Marina Moura Maciel

    PRÊMIO CANAL BRASIL

    Diamante, o Bailarina (SP), de Pedro Jorge

    O AdoroCinema viajou a convite da organização do evento.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Rodrigo Torres
      Idiota.
    Mostrar comentários
    Back to Top