Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
Ghost in the Shell pode dar prejuízo de US$ 60 milhões para estúdio e controvérsia na escalação de Scarlett Johansson é um dos motivos
Por João Vitor Figueira — 06/04/2017 às 22:00
facebook Tweet

O embranquecimento da personagem The Major pode sair caro para a Paramount Pictures.

A Vigilante do Amanhã: Ghost In The Shell tem a estrela de uma das maiores franquias de Hollywood como protagonista, é baseado numa cultuada obra que inspirou filmes bem sucedidos como Matrix e traz uma protagonista mulher num momento em que a pauta da representatividade feminina tem sido cada vez mais importante. O que poderia dar errado? Muita coisa, a começar pelo casting.

A Paramount Pictures assumiu que a escalação de Scarlett Johansson no filme que adapta o anime O Fantasma do Futuro (1995) pode ter prejudicado o desempenho comercial do filme, de acordo com informações do site Deadline. Esse reconhecimento pode significar que outros grandes estúdios de Hollywood vão pensar duas vezes antes de escalar atores brancos para papéis de personagens que, originalmente, não são caucasianos, controvérsia que acompanhou A Vigilante do Amanhã desde que a atriz de Lucy e Os Vingadores foi contratada para o projeto.

Inicialmente, a Paramount acreditava que o novo Ghost In The Shell, versão hollywoodiana da animação japonesa dirigida por Mamoru Oshii (e, por sua vez, baseada nos mangás de Masamune Shirow) poderia dar início a uma nova franquia de sucesso, mas o fiasco do filme nas bilheteria certamente sepulta tais ambições.

De acordo com o Deadline, o estúdio deve arcar com um prejuízo de aproximadamente US$ 60 milhões por conta do projeto. O filme custou R$ 110 milhões para ser produzido. Some a esse montante os valores gastos com marketing e o orçamento total de Ghost in The Shell chega a US$ 250 milhões. As projeções mais otimistas feitas por analistas internos da Paramount apontam que o longa deve arrecar cerca de US$ 200 milhões nas bilheterias mundiais, deixando as contas do projeto no vermelho. A matéria do Deadline diz ainda que fontes ligadas ao estúdio afirmam ainda que o orçamento da produção, sem contar com gastos com publicidade, chegou a um valor ainda mais exorbitante, na casa dos US$ 180 milhões, o que diante das atuais projeções significa um prejuízo ainda maior para a companhia.

Ainda segundo o Deadline, a Paramount acredita que a controvérsia envolvendo o chamado "embranquecimento" da personagem Major no remake live-action de Ghost in the Shell prejudicou a avaliação do filme entre a imprensa especializada, o que se refletiu nas bilheterias do longa.

"Você tem um filme que é muito importante para os fãs uma vez que é baseado em um anime japonês. Então você está sempre tentando encontrar a medida exata entre honrar o material de origem e fazer um filme para uma audiência de massa. Isso é um desafio, mas é evidente que os comentários não ajudaram", comentou Kyle Davies, chefe de distribuição da Paramount em entrevista ao site ComicBook.

A controvérsia do embranquecimento teria sido evitada se o estúdio tivesse contratado uma atriz oriental menos conhecida para o papel principal e investido em nomes famosos para o elenco de apoio. O Deadline elenca alguns filmes com atores multi-culturais e não tão conhecidos que se saíram bem nas bilheterias recentemente: Velozes & Furiosos 7, Star Wars - O Despertar da Força e Rogue One - Uma História Star Wars. Entretanto, vale lembrar que esses filmes representam franquias mais fortes e mais conhecidas que os atores em si, o que não foi o caso em A Vigilante do Amanhã: Ghost In The Shell.

Outros executivos revelaram ao Deadline que o estúdio não deveria ter investido tanto dinheiro num projeto tão arriscado. "Essa quantidade de dinheiro você gasta em uma sequência, não em uma obra obscura que apenas alguns fãs conhecem", disse uma fonte que não foi identificada. Descrito como "guru do marketing" da Paramount, outra fonte argumentou que o estúdio não soube promover o filme e a campanha de marketing não teve o mesmo apelo de Lucy, outro filme de ação estrelado por ScarJo.

A matéria ainda avalia que o fato da Major ser uma ciborgue dificultou a transmissão de emoção da personagem através dos trailers e que parte do público não chegou nem a reconhecer Johansson com o cabelo escuro.

A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell Trailer Legendado

 

facebook Tweet
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Trailers
Assista ao trailer legendado
Patrocinado
Toy Story 4 Trailer Dublado
Casal Improvável Trailer Legendado
Graças a Deus Trailer Legendado
Deslembro Teaser Legendado
Espírito Jovem Trailer Legendado
Todos os últimos trailers
Notícias de cinema Pré-Produção
Manual de viagens do Homem-Aranha: 4 dicas para ter uma viagem de super-herói
NOTÍCIAS - Visto na Web
terça-feira, 11 de junho de 2019
Patrocinado
G.I. Joe: Novo filme da franquia tem estreia adiada
NOTÍCIAS - Pré-Produção
segunda-feira, 10 de junho de 2019
Velozes & Furiosos 9: John Cena é confirmado no elenco do filme
NOTÍCIAS - Pré-Produção
sexta-feira, 7 de junho de 2019
Adão Negro: Diretor de Águas Rasas vai comandar o filme estrelado por Dwayne Johnson
NOTÍCIAS - Pré-Produção
sexta-feira, 7 de junho de 2019
Uncharted: Adaptação do game com Tom Holland ganha data de estreia
NOTÍCIAS - Pré-Produção
sexta-feira, 7 de junho de 2019
Uncharted: Adaptação do game com Tom Holland ganha data de estreia
Peter Dinklage fará parceria com Rosamund Pike em seu primeiro projeto após Game of Thrones
NOTÍCIAS - Pré-Produção
sexta-feira, 7 de junho de 2019
Peter Dinklage fará parceria com Rosamund Pike em seu primeiro projeto após Game of Thrones
Últimas notícias de cinema Pré-Produção
Filmes mais esperados
Filmes mais esperados
Back to Top