Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Hugh Jackman fala sobre as cicatrizes que ganhou interpretando o Wolverine
    Por Renato Furtado — 7 de mar. de 2017 às 17:23
    facebook Tweet

    Parece que o personagem também é um perigo fora das telonas.

    Dono de um carisma invejável, Hugh Jackman tornou-se um dos atores mais queridos dos últimos anos. Seja interpretando Jean Valjean (papel que lhe rendeu sua indicação ao Oscar de Melhor Ator) em Os Miseráveis ou protagonizando filmes como Os Suspeitos e O Grande Truque, o australiano conquistou os cinéfilos do mundo com suas fortes interpretações em diversos filmes de sucesso, tanto de público quanto de crítica. Mas foi com Wolverine que Jackman encontrou o personagem que viria a definir a sua carreira. Bem-humorado como sempre, o ator contou, em entrevista à Entertainment Weekly, um pouco mais sobre os danos que causou e sofreu para interpretar o personagem.

    Ao ser questionado especificamente sobre as icônicas garras de um dos personagens mais famosos da histórias em quadrinhos, Jackman não hesitou: "Perdi a conta de quantas pessoas eu feri com elas e de quantas vezes me feri. Essas garras são assassinas". Em um dos primeiros dias de filmagem de X-Men: O Filme - longa que apresentou Jackman e a sua versão do personagem para o mundo -, o ator acabou ferindo a dublê de Mística (personagem de Rebecca Romijn) no braço: "É claro que eu fiquei um pouco nervoso, não é todo dia que você esfaqueia alguém. Tirei as garras do braço dela, o sangue começou a sair e nunca vou me esquecer do que ela disse: 'Eu fui atacada pelo Wolverine!'". Segundo Jackman, este foi o primeiro momento em que ele percebeu que não estava interpretando um personagem qualquer.

    "Pratiquei muitas vezes com as garras para não acertar as pessoas. O que eu não fiz foi me preocupar com o término do movimento... Tenho algumas cicatrizes nas coxas, e isso realmente não é legal. Cheguei muito perto de acertar algumas áreas bem sensíveis, mas está tudo bem", declarou Jackman sobre a preparação para viver as cenas de combate de seu personagem.

    Nove filmes e 17 anos depois, Jackman finalmente "pendura as garras" em Logan, filme que é a despedida que Jackman merecia - como define a crítica cinco estrelas do AdoroCinema. Dirigido por James Mangold e coestrelado por Patrick Stewart, Dafne Keen e Boyd Holbrook, o longa - lançamento mais rentável do ano no Brasil e no mundo - está em cartaz nos cinemas brasileiros.

     

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top