Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Oscar 2017: Relembre nossas entrevistas com os indicados nas categorias de melhor ator e atriz
    Por Renato Hermsdorff — 25 de fev. de 2017 às 08:21
    facebook Tweet

    Seis das 20 melhores performances do ano.

    Getty images
    A partir deste domingo, quatro atores/ atrizes ganharão (pela primeira vez ou não) o selo de “Academy award winner” sempre que vocês virem o trailer de uma nova produção estrelada por eles(as). Sim, você já está careca (dourado?) de saber que 26 de fevereiro é dia de Oscar.

    Dos 20 indicados nas categorias de atuação em 2017, sete são novatos na cerimônia: a experiente francesa Isabelle Huppert, Andrew Garfield, Dev Patel, Ruth Negga, Lucas Hedges, e a dupla de Monlight Mahershala AliNaomi Harris foram lembrados pela primeira vez; e seis já foram premiados (mais de uma vez, em alguns casos) em anos anteriores: Meryl Streep (claro, com três estatuetas), Denzel Washington (duas), Nicole Kidman, Jeff BridgesNatalie Portman e Octavia Spencer.

    Desse seleto grupo, o AdoroCinema teve a chance de conversar com seis deles, em entrevistas que foram publicadas ao longo do ano – e, portanto, antes de eles saberem que seriam indicados. Relembre:

    Emma Stone
    2 Indicações: Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) (2014); La La Land – Cantando Estações (2016)

    Conversamos com a favorita a levar o Oscar de melhor atriz esse ano em setembro, no Festival de Toronto. Na ocasião, ela chegou a ser perguntada sobre uma possível indicação. Mas desconversou: Uma das razões pelas quais sempre quis ser atriz é que sou muito ansiosa, gosto de ter controle sobre as coisas e atuar pede que você não faça isso, pede que você seja vulnerável. Como atriz, sei que fiz um bom trabalho quando percebo que não há nada mais que eu poderia ter feito e, como pessoa, quando me sinto em paz com as coisas que faço”. Entrevista completa aqui.

    Casey Affleck e Michelle Williams
    Casey Affleck – 2 Indicações: O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford (2007); Manchester à Beira-Mar (2016)
    Michelle Williams – 4 indicações: O Segredo de Brokeback Mountain (2005); Namorados Para Sempre (2010); Sete Dias com Marilyn (2011); Manchester à Beira-Mar (2016)

    Manchester à Beira-Mar parte de uma ou duas tragédias. E, mesmo assim, os diálogos do filme conferem uma certa sutileza à trama, por conta da inserção do humor. As pessoas riem em todos os tipos de situações e Kenny [Lonergan, o diretor] não consegue não encontrar esse humor. Seria muito pouco realista se essa situação não tivesse humor, disse Casey Affleck, posteriormente indicado ao Oscar de melhor ator. Duas horas com pessoas chorando não é um filme triste, é uma experiência insuportável, completou Michelle Williams, que pegou uma vaga como coadjuvante. Entrevista completa no vídeo abaixo.

     


    Ryan Gosling
    2 Indicações: Half Nelson: Encurralados (2006); La La Land – Cantando Estações (2016)

    Música, nostalgia, terno marrom e, claro, a preparação para viver o personagem que futuramente lhe garantiria sua segunda indicação a um Oscar de melhor ator foram alguns temas da conversa com Ryan Gosling. Tivemos três meses para nos preparamos, o que é muito mais tempo do que o normal. Até onde eu sei, nós trabalhamos como as coisas eram feitas antigamente na época dos estúdios. O dia foi dividido entre tocar piano, dançar, trabalhar nas músicas e ensaiar o roteiro [durante quatro horas por dia]. Foi uma experiência muito imersiva e muito divertida. Entrevista completa aqui.

    Octavia Spencer
    1 indicação: Estrelas Além do Tempo (2016); 1 Oscar: Histórias Cruzadas (2011)

    A mesma sorte não teve Octavia Spencer, indicada como melhor atriz coadjuvante. Nós só tivemos três semanas entre o momento em que assinamos para fazer o filme e o momento em que começamos a gravar. Então, nós fizemos nossa própria pesquisa e percebemos que era muito pouco, que precisávamos saber mais. Por sorte, [a autora] Margot Lee Shetterly fez uma pesquisa muito extensa e compilou tudo no livro. Nós só falamos com as famílias mais à frente, contou, ao lado das colegas de elenco. É bem verdade que, como protagonista de Estrelas Além do TempoTaraji P. Henson foi quem mais puxou as respostas para si. Mas o clima de cumplicidade entre as amigas fica bem claro quando ela brinca com Octavia, a chamando de “diva”. Entrevista completa no vídeo abaixo.

     


    Lucas Hedges
    1ª indicação: Manchester à Beira-Mar

    O mais jovem entre os 20 indicados ao Oscar de atuação esse ano (na categoria de coadjuvante), Lucas Hedges, de 21 anos, conversou com o AdoroCinema exatamente sobre a maturidade de seu personagem em Manchester à Beira-Mar: É como se sua força se equilibrasse com a sua falta de habilidade para admitir as coisas que sente. Então, são as ações de Patrick que revelam sua personalidade e ele faz de tudo para encobrir o que está sentind”, disse o fã de Harry Potter. Entrevista completa no vídeo abaixo:

     


    E você, já sabe tudo sobre o Oscar 2017? Vote nos seus favoritos e acompanhe a maior premiação do cinema mundial através do canal especial sobre o Oscar no AdoroCinema!
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top