Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Brad Pitt pode estrelar ficção científica de James Gray
    Por Renato Furtado — 9 de fev. de 2017 às 13:29
    facebook Tweet

    Ad Astra.

    Tim P. Whitby

    Com a queda de Guerra Mundial Z 2 do calendário de lançamentos da Paramount, Brad Pitt está com a agenda vaga. Depois de protagonizar Aliados (que estreia na semana que vem, dia 16) ao lado de Marion Cotillard, Pitt tem apenas compromissos como produtor - sua empresa, Plan B, está envolvida na produção de inúmeras séries e filmes, como Feud, de Ryan Murphy, e Okja, filme da Netflix dirigido por Joon-ho Bong. Mas esta situação pode estar prestes a mudar.

    A nova possibilidade para o ator é a ficção científica Ad Astra (do latim, "para as estrelas"), próximo projeto de James Gray, que tem a brasileira RT Features entre os produtores. Especula-se que Pitt protagonizará o filme, assumindo o papel de Roy McBride, um engenheiro espacial. Portador de leve grau de autismo, ele decide viajar pelo espaço até Netuno para buscar vestígios de seu pai, um astronauta que sumiu cruzando a galáxia à procura de vida extraterrestre vinte anos antes.

    A boa relação de trabalho entre Pitt e Gray (o ator produziu e protagonizaria The Lost City of Z até ser substituído por Charlie Hunnam) pode ser um fator importante para a concretização tanto do projeto quanto da escalação de Pitt. Além disso, os recentes sucessos de crítica e público de filmes como Gravidade e A Chegada também podem contribuir para a aceleração do desenvolvimento de Ad Astra, que ainda não tem previsão de estreia.

    Guerra Mundial Z 2, apesar dos adiamentos, ainda deve acontecer. A Paramount e Pitt continuam tentando convencer David Fincher a comandar o longa-metragem, enquanto o roteiro deve passar por novos tratamentos. Brad Pitt também estará em War Machine (dirigido por David Michôd), que a Netflix lançará neste ano.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top