Meu AdoroCinema
Opinião: Animais Fantásticos e o caso de Johnny Depp
Por Vitória Pratini — 03/11/2016 às 20:30
facebook Tweet G+Google

Internet repercute confirmação do ator no novo filme do universo Harry Potter.

Zak Hussein/Getty Images; Warner/Divulgação
Johnny Depp vai integrar a franquia Animais Fantásticos e Onde Habitam.

"Yay, Jack Sparrow vai se juntar ao universo Harry Potter!", você pode estar pensando. Mas, acredite, a internet não está tão feliz com a escolha.

Desde o anúncio feito pela Warner, via THR, EW e Variety, na noite da última terça-feira, os fãs da saga criada por J.K. Rowling apresentaram os mais diversos argumentos para a participação ou não de Johnny Depp nos novos filmes.

Os primeiros comentários reprovavam a escolha da Warner afirmando que o ator é "uma cara muito conhecida para a franquia". Porém, se pararmos para pensar, quando Harry Potter e a Pedra Filosofal chegou aos cinemas em 2001, Richard Harris, Maggie Smith e Alan Rickman — intérpretes de Dumbledore, McGonagall e Snape, respectivamente — já tinham anos de premiadas carreiras e caras bastante conhecidas. A única diferença é que os protagonistas mirins eram novatos nas telonas.

E será que alguém parou para pensar que o próprio Animais Fantásticos tem Eddie Redmayne, o ganhador do Oscar por A Teoria de Tudo, no papel principal? É óbvio que ele não tem o mesmo prestígio que Depp, nem tampouco uma filmografia tão extensa, mas fama é fama, né?

Ainda assim, algumas pessoas estão com um pé atrás com o ator, pois consideram que o talento que Depp depositou em seu protagonista mais icônico — Jack Sparrow — saiu pela culatra. Assim, Willy Wonka, Chapeleiro Maluco, Frank de O Turista, Tonto de O Cavaleiro Solitário e até Kemp de Diário de um Jornalista Bêbado possuem a marca registrada do ator: basicamente os mesmos traços de personalidade e trejeitos que Sparrow.

Os demais argumentos dos fãs rodam em torno de uma questão maior, que está incomodando muita gente. Vamos voltar alguns meses, quando Alice Através do Espelho estava prestes a estrear, trazendo Depp no papel do Chapeleiro Maluco. O filme foi mal nas bilheterias, e talvez este seja o motivo:

Jason Merritt / Getty Images
Em maio deste ano, Amber Heard, a então esposa do protagonista de Piratas do Caribe, pediu o divórcio, acusando Depp de tê-la agredido, chegando no tribunal com um olho roxo e um vídeo comprovando a agressão. Meses depois de pedir uma ordem de restrição contra o ex-marido, a atriz retirou a acusação, recebendo cerca de 8 milhões de dólares de Depp — dinheiro este que foi doado para a caridade por ela.

Muitos espectadores criaram uma rejeição a qualquer projeto do ator e, por esse motivo, alguns fãs da saga Harry Potter inclusive não querem associar a imagem Depp à franquia. Afinal, serão cinco filmes de Animais Fantásticos e Onde Habitam e é bem possível que ele marque presença em mais de um longa.

Jon Furniss / Getty Images
Outros fãs lembram que o universo criado por J.K. Rowling é pautado em torno de respeito, fraternidade e apoio às minorias, fracas e oprimidas. Sem contar que a própria autora foi vítima de agressão do ex-marido, bem antes de escrever Harry Potter, tendo que sair de casa com a filha pequena, dependendo do auxílio do governo inglês para pessoas carentes por cerca de dois anos. Em seu perfil no Twitter, Rowling constantemente responde aos fãs, demonstrando o seu apoio a quem precisa e enviando mensagens motivadoras para aqueles com dificuldades de seguir em frente.

Por isso, algumas pessoas acham que Depp participar dos filmes, especialmente nesse momento tão delicado e polêmico de sua vida, iria contra os princípios do universo mágico de Harry Potter. Até porque já ficou claro anteriormente que a Warner não apoia qualquer crime ou apologia a crimes. Jamie Waylett, intérprete de Vincent Crabbe, por exemplo, foi afastado da franquia Harry Potter, não participando de As Relíquias da Morte, após ter sido sentenciado a serviço comunitário por posse de maconha.

Cena de Aliança do Crime.
É inegável Johnny Depp seja um ator bastante querido pela mídia e pelos fãs, e que seus filmes, em geral, sejam sucesso de público (sim, estamos considerando a franquia Piratas do Caribe e Aliança do Crime). Mas isso não quer dizer que ele deva sair impune de qualquer crime. Ou tampouco quer dizer que as pessoas vão deixar de ir aos cinemas por conta do que ele fez ou deixou de fazer. Você acha que deveriam?

Enquanto existem aqueles que condenam os atos de Johnny Depp ou qualquer outro famoso acusado de agressão, outros defendem que não se deve misturar o pessoal com profissional. Pense bem: se alguém do seu trabalho é acusado de bater na esposa, e o fato se torna público, você conseguiria conviver com ele todos os dias sem se sentir desconfortável? É muito fácil separar o pessoal do profissional quando não é alguém do seu círculo social, quando é algum famoso, e pior, um ídolo cujas ações muitas vezes servem de exemplo para muitos.

Stephane Cardinale - Corbis / Getty Images
Infelizmente, Hollywood tem memória curta. Veja Woody Allen, por exemplo. No início da década de 1990, a filha adotiva do cineasta com Mia Farrow, Dylan, o acusou de abuso sexual durante o controverso divórcio de Woody e Mia. Allen sempre negou as acusações. Este é considerado um dos maiores escândalos da história de Hollywood, mas alguém se lembrou disso quando foi ao cinema assistir a Vicky Cristina Barcelona, Meia Noite em Paris ou Café Society? Acho que não.

Nate Parker em O Nascimento de uma Nação.
Ao mesmo tempo em que Hollywood esquece os fatos muito rápido, também é bastante controverso. Lembra que, no início deste ano, O Nascimento de uma Nação era um dos filmes mais aguardados e já considerado um dos favoritos para o Oscar 2017? Pois é, em agosto deste ano, veio à tona uma acusação de estupro de 1999 contra Nate Parker, diretor, roteirista e ator principal da produção. Resultado? O filme, que chegará aos cinemas brasileiros no próximo dia 10 de novembro, praticamente caiu no esquecimento para crítica e público.

Será que o mesmo aconteceria com um filme de Johnny Depp? Não estamos isentando nenhum deles de suas acusações, mas parece que Hollywood coloca dois pesos e duas medidas. Enquanto Depp é branco, rico, famoso e veterano na indústria cinematográfica; Nate Parker é negro, novato e praticamente recém-chegado em Hollywood. Enxergam a diferença?

Independente do que os fãs acham ou deixam de achar, Johnny Depp foi escalado para Animais Fantásticos e Onde Habitam 2 — com uma possível ponta no primeiro longa da nova saga.

Colin Farrell é outra cara conhecida em Animais Fantásticos e Onde Habitam.
Dependendo do papel dele, talvez o ator não roube a cena e sua participação não seja prejudicial para a imagem do universo Harry Potter. As maiores especulações são que ele viva o infame bruxo das trevas Gerardo Grindelwald — que tem cerca de 40 anos em 1926, data em que se passa a história de Animais Fantásticos — e futuramente deve contracenar com um jovem Alvo Dumbledore.

Animais Fantásticos e Onde Habitam chegará aos cinemas no dia 17 de novembro. Já Depp retorna aos cinemas em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, com estreia marcada para o dia 25 de maio de 2017, e em Assassinato no Expresso do Oriente, previsto para novembro de 2017.

E você, o que acha de tudo isso? Concorda com a escolha de Depp para a franquia? Acha que sua presença vai prejudicar a imagem da saga? Conte para a gente nos comentários.
facebook Tweet G+Google
Links relacionados
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Trailers
Sobrenatural: A Última Chave (2) Trailer Original
Sobrenatural: A Última Chave (2) Trailer Original
13 196 visualizações
Me Chame Pelo Seu Nome Trailer Legendado
Me Chame Pelo Seu Nome Trailer Legendado
17 505 visualizações
Gaby Estrella Trailer
Gaby Estrella Trailer
1 209 visualizações
Correndo Atrás de um Pai Trailer (2) Legendado
Correndo Atrás de um Pai Trailer (2) Legendado
936 visualizações
Os Iniciados Trailer Legendado
Os Iniciados Trailer Legendado
1 111 visualizações
Cinquenta Tons de Liberdade Trailer Legendado
Cinquenta Tons de Liberdade Trailer Legendado
101 564 visualizações
Todos os últimos trailers
Últimas notícias de cinema
Novo filme de Gus Van Sant selecionado em Berlim ganha teaser e cartaz
NOTÍCIAS - Lançamentos
terça-feira, 16 de janeiro de 2018
Thor e Loki teriam visuais bem diferentes em Ragnarok
NOTÍCIAS - Visto na Web
terça-feira, 16 de janeiro de 2018
Últimas notícias de cinema
Melhores filmes em cartaz
Extraordinário
4,6
Diretor: Stephen Chbosky
Elenco: Julia Roberts, Jacob Tremblay, Owen Wilson
Trailer
O Rei do Show
4,6
Diretor: Michael Gracey
Elenco: Hugh Jackman, Zac Efron, Michelle Williams
Trailer
Viva - A Vida é uma Festa
4,5
Diretor: Lee Unkrich, Adrian Molina
Trailer
Star Wars - Os Últimos Jedi
Star Wars - Os Últimos Jedi
4,4
Diretor: Rian Johnson
Elenco: Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac
Trailer
Liga da Justiça
Liga da Justiça
4,4
Diretor: Zack Snyder
Elenco: Ben Affleck, Henry Cavill, Gal Gadot
Trailer
Jumanji: Bem-Vindo à Selva
Jumanji: Bem-Vindo à Selva
4,3
Diretor: Jake Kasdan
Elenco: Dwayne Johnson, Jack Black, Kevin Hart
Trailer
Todos os melhores filmes em cartaz
Back to Top