Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Festival do Rio 2016: Denise Fraga, Karine Telles e o "filme de guerrilha" Fala Comigo
    Por Francisco Russo, com a colaboração de Wallace Nascimento — 14/10/2016 às 15:27
    facebook Tweet

    Dirigido por Felipe Sholl e protagonizado por Tom Karabachian, o longa foi exibido na Première Brasil.

    O que você faria se o seu filho, aos 17 anos, iniciasse o primeiro relacionamento amoroso com uma mulher em torno dos 40 anos?

    A resposta a esta pergunta pode ser conferida em Fala Comigo, drama que marca a estreia na direção do também roteirista Felipe Sholl. Exibido em primeira mão na Première Brasil, e elogiado pelo AdoroCinema, o longa traz Karine Telles (Que Horas Ela Volta?) e o novato Tom Karabachian na pele do tal casal apaixonado. Denise FragaEmílio de Melo interpretam os pais do jovem, contrários ao relacionamento.

    Conversamos com Felipe Sholl e o trio Karine Telles, Denise Fraga e Tom Karabachian logo após o debate sobre o longa-metragem, realizado no tradicional cinema Odeon. Confira o resultado do bate-papo!


    DIÁLOGO COM O PÚBLICO

    Graças ao personagem de Tom Karabachian, que mescla a excitação do primeiro relacionamento às experimentações típicas da adolescência, Fala Comigo é um filme que também dialoga com o público mais jovem. "Quando escrevi o roteiro, pensei em um filme mais cerebral, em uma coisa mais para o circuito de arte", admitiu o diretor Felipe Sholl. "Mas acabou acontecendo que, com todo esse elenco, né? A gente fica muito ligado no Diogo, e enquanto ele está descobrindo essas coisas novas, correndo riscos, em geral as pessoas se dividem. Várias pessoas pensam: meu Deus, ele está se envolvendo com uma maluca, e metade torce para eles darem certo. Mas os dois estão lá dentro e muito se envolvendo nessa história."

    "Você fica muito, assim, grudada no ponto de vista do personagem", complementou Denise Fraga. "Achei tão bonito esse estado em que você fica torcendo por essa juventude, muito lindo."


    POLÊMICA À VISTA?

    Devido à diferença de idade entre Diogo e Ângela, Fala Comigo tem despertado impressões distintas junto ao público. Há quem torça para o final feliz do casal, quem considere o relacionamento ofensivo e ainda dê razão à posição da mãe, totalmente contrária. "Pela forma que a questão é tratada, eu não sei se vai ser tão polêmico", afirma Karine Telles. "Porque está tudo retratado com tanta delicadeza, e a gente fica tão perto dos personagens, que acho que a questão está clara, entende? [..] O importante é que a gente realmente está falando de amor num lugar para além dos preconceitos e das barreiras, e isso eu acho que é uma conexão direta com a juventude. Eu tenho visto, com as gerações mais jovens, que realmente as barreiras estão diminuindo. As coisas já não têm mais tanto nome, as definições não são mais tão ‘preto no branco’, as coisas estão começando a se misturar. E nesse lugar o filme tem uma conexão direta com a juventude de agora."

    "Essa história é contada de uma maneira tão bonita, que acho que é muito o que a Karine falou", concorda Tom, o outro lado do casal. "A gente está vivendo um momento político bastante conturbado, só que têm muitas pessoas que acreditam no amor, e no amor em todas as formas. E o filme mostra isso."

    Já o diretor Felipe Sholl acredita que o filme dividirá opiniões. "Conversei com algumas pessoas que disseram que jamais passou pela cabeça delas torcer pelo casal e pessoas próximas que acham que é um namoro errado, que vai dar errado. Acho interessante isso." Karine Telles complementou, contando uma situação ocorrida na pré-estreia de gala no Festival do Rio. "Ontem alguns amigos falaram que, na hora que a gente está discutindo e você [Denise Fraga] fala 'Ele é o que pra você? Seu namorado ou o filho que você não teve?', teve uma mulher que gritou 'boa!', tipo concordando com você, sabe? E é engraçado que a gente está dentro e não saca que as pessoas enxergam as coisas por um outro ângulo, também."

    "Acho que o filme exibe uma contradição que está dentro de todos nós", afirmou Denise. "Se fosse seu filho, como você reagiria? Ou se você se apaixonasse por um menino, como reagiria? Ou se você se apaixonasse por seu colega de classe? Tudo isso o filme vai abrindo e a polêmica vai ficar aqui. Isso é muito bom, muito rico."


    QUÍMICA DO ELENCO

    Um dos grandes destaques de Fala Comigo é o elenco coeso, com brilho especial a Karine Telles, Tom Karabachian e Denise Fraga. Perguntamos ao trio como foi encontrar a química entre eles para os personagens.

    "Acho que o Felipe [Sholl] foi muito inteligente na condução dos ensaios", disse Karine Telles. "Por exemplo, eu e a Denise [Fraga] ensaiamos pouquíssimo, porque no filme a gente tem uma relação meio distante, protocolar mesmo. Então a gente ensaiou ali na medida de se conhecer, de se entender como atriz. E a Denise é muito fácil de trabalhar, então rolou. Com o Tom já foi diferente, a gente teve muito mais ensaios, foi o tempo para adquirir uma intimidade, de conhecer um ao outro para que, na hora em que a gente estivesse num momento de intimidade do casal, aquilo tivesse, de fato, substância. Então eu acho que é muito da direção do Felipe, da inteligência dele ao dirigir o filme, de conduzir a gente no processo de ensaio e de preparação."

    "O que fiz melhor foi escolher o elenco", afirmou o diretor. "Escolhi atores geniais, mas também que teriam química entre si, tanto que a Karine estava em todos os testes para o Diogo, para já ver com quem teria química. Em primeiro lugar passou por isso, por um processo de escolha de quem os atores teriam química um com o outro. Química de mãe e filho, de pai e filho. Mas depois nos ensaios foi um pensamento sempre assim: qual é a relação desses personagens? E qual tipo de dinâmica eu posso desenvolver aqui no ensaio? Com o pai, o Diogo tem uma relação de um entendimento muito silencioso, então fiz algumas cenas muito silenciosas com o Emílio [de Mello]. E a relação dele com a mãe é super difícil, então fiz as cenas do filme, mesmo. E a gente ensaiou pouco até, também, já que é uma relação de desentendimento, então eu não precisava que eles se entendessem."


    EXTREMOS

    Em Fala Comigo, Karine Telles passou por dois extremos, de uma personagem depressiva à completamente apaixonada. Perguntamos à atriz como foi compôr estas nuances da personagem. "A gente teve calma e cuidado em todas as situações. Além de ensaio, a gente conversou muito sobre cada situação. Foi engraçado porque o pior momento da personagem, a época em que ela tava mais ferrada, foi quando estava mais sozinha no set. Tinham diárias inteiras que eu era a única atriz no set, e não tinha mais ninguém. Então tinha essa solidão, de fato, estava ali sozinha e não tinha ninguém nem para conversar comigo. Então já tinha ali uma coisa muito delicada e muito sutil na forma que o Felipe conduziu a equipe nesses momentos mais difíceis, todo mundo respeitando e dando tempo para mim. Isso é raríssimo, um diretor que dá esse tempo para o ator e fala: 'quando você estiver pronta a gente roda'."


    FILME DE GUERRILHA

    Antes da sessão, Denise Fraga comentou que Fala Comigo foi realizado como um "filme de guerrilha" e o diretor Felipe Sholl complementou dizendo que precisou readequar o filme a um orçamento menor. "Foi meu primeiro longa e o primeiro longa de ficção da nossa produtora, primeiro longa de ficção do Daniel, o produtor. Então ao mesmo tempo é um desafio, é um perrengue, mas é muito emocionante. A locação tem todas essas maravilhas e essas dificuldades. A falta de dinheiro acaba criando limitações que forçam a gente a ser criativo, o que é interessante."

    "São coisas que você acaba se contagiando", disse Denise Fraga. "Problemas quando você filma em locação sempre se tem e acho que a locação sempre é a preferência de todos, dos atores, dos diretores, porque realmente em cinema a locação dá um frescor. Mas o que é determinante no filme de guerrilha é que você não pode perder a diária de jeito nenhum, o dinheiro está contadíssimo. Então tem uma coisa que você se contagia com esse clima de que tem que dar certo de qualquer maneira, e isso é uma adrenalina realmente muito boa do set. A gente não precisa dela, mas isso dá uma unida na equipe, quando todo mundo está disposto a isso é realmente muito bonito de ver."

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Um Crime para Dois Trailer Legendado
    Má Educação Trailer Original
    Emma Trailer Legendado
    The Vast of Night Trailer Original
    Dolittle Trailer Dublado
    Velozes & Furiosos 9 Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Notícias de cinema Festivais e premiações
    Festival de Veneza 2020 segue confirmado para setembro
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    segunda-feira, 25 de maio de 2020
    Cerimônia do Oscar 2021 pode ser adiada
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    terça-feira, 19 de maio de 2020
    San Diego Comic-Con é cancelada por causa do Coronavírus
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sexta-feira, 17 de abril de 2020
    San Diego Comic-Con é cancelada por causa do Coronavírus
    Festival de Cannes 2020 é adiado novamente, agora sem previsão de acontecer
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    terça-feira, 14 de abril de 2020
    Festival de Cannes 2020 é adiado novamente, agora sem previsão de acontecer
    Últimas notícias de cinema Festivais e premiações
    Melhores filmes em cartaz
    O Destino Bate à sua Porta
    O Destino Bate à sua Porta
    3,5
    Diretor: Bob Rafelson
    Elenco: Jack Nicholson, Jessica Lange, John Colicos
    São Paulo Em Hi-Fi
    São Paulo Em Hi-Fi
    3,4
    Diretor: Lufe Steffen
    Elenco: João Silvério Trevisan, Kaká di Polly, Leão Lobo
    Trailer
    Perigosa Atração
    Perigosa Atração
    2,9
    Diretor: Larry Brand
    Elenco: Henry Ian Cusick, Nicki Aycox, Stephen Lang
    Trailer
    Broken Vows
    2,8
    Diretor: Bram Coppens
    Elenco: Wes Bentley, Jaimie Alexander, Cam Gigandet
    Trailer
    Diamant noir
    Diretor: Arthur Harari
    Elenco: Niels Schneider, August Diehl, Hans Peter Cloos
    Ogros
    3,0
    Diretor: Léa Fehner
    Elenco: Adèle Haenel, Marc Barbé, Lola Dueñas
    Trailer
    Todos os melhores filmes em cartaz
    Back to Top