Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Pedro Almodóvar comenta futuros projetos e revela que votou em Carol no Oscar
    Por Taiani Mendes — 24 de ago. de 2016 às 18:40
    facebook Tweet

    Em podcast da Empire, espanhol disse ainda que sua versão de O Segredo de Brokeback Mountain teria muito mais sexo.

    Jerod Harris / Getty Images

    Pedro Almodóvar soltou o verbo no podcast da revista Empire. O diretor de Julieta falou sobre os melhores filmes de 2015, como teria sido sua versão de O Segredo de Brokeback Mountain - originalmente seria ele o diretor, não Ang Lee - e o que está preparando para o futuro.

    O espanhol tem dois Oscars (melhor filme estrangeiro para Tudo Sobre Minha Mãe e melhor roteiro original por Fale com Ela), mas desde 2002 não é lembrado pela Academia, da qual é membro. Falando nisso, como ele votou no Oscar 2016?

    "Votei em um que não foi finalista, Carol, de Todd Haynes. Amei o filme e achei que o resultado [da premiação] foi bastante injusto... Para mim é um dos melhores filmes do ano passado."

    "Um dos", pois o melhor foi outro, menos badalado:

    'O melhor filme do ano passado não ficou entre os oito melhores [de acordo com o Oscar]. Era O Clube. Foi o meu favorito, mas não pude votar nele. Trata de um assunto que me toca profundamente [padres abusadores], até fiz um longa sobre isso, Má Educação."

    Questionado sobre como teria ficado O Segredo de Brokeback Mountain sob o seu comando, ele disse:

    "Teria muito mais sexo. E não seria gratuito. A história de Annie Proulx [autora da obra original] é sobre um relacionamento físico, animalesco. O sexo é fundamental na trama. Sempre imaginei os dois homens começando a transar como animais, os animais que cuidavam. No frio, na montanha, quase como uma questão de sobrevivência. No fim eles descobririam a profundidade e ficariam surpresos. Seria quase um acidente. Amo o filme e os atores, acho tudo incrível, mas pensava principalmente na autora, não em Hollywood, e acredito que meu ponto de vista não era de execução simples. Claro que prometem total liberdade artística e tal, mas me parece que na Europa eu conseguiria ter feito o filme, não nos Estados Unidos."

    E o que ele anda preparando?

    "Estou escrevendo duas histórias, de uma delas sairá o próximo filme. Uma é comédia, uma comédia bem sombria, e a outra é um drama ao estilo Julieta. Não sei qual [roteiro] vou terminar antes, mas sei que disso sairá o longa. Estou com essas duas, mas tenho muito mais. Anoto coisas todos os dias."

    Você prefere que o diretor volte com uma comédia ou mais pro drama?

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top