Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Os Goonies 2: Corey Feldman joga balde de água fria em quem espera a sequência do clássico cult
    Por João Vitor Figueira — 5 de jul. de 2016 às 12:44
    facebook Tweet

    "Richard Donner já tem 87 anos e ninguém quer fazer esse filme sem ele", contou o ator, que não acredita que o projeto sairá do papel.

    Lançado em 1985, a aventura infanto-juvenil de Os Goonies conquistou um publico fiel ao longo dos anos e ganhou status de produção cult dos anos 80. No Brasil, as sucessivas transmissões na Sessão da Tarde ajudaram a consolidar esse legado de nostalgia nos fãs.

    Há décadas se discute a possibilidade do clássico filme ganhar uma sequência e aqueles que esperam que isso se concretize ficaram animados em 2014, quando Richard Donner, diretor do filme original, produzido por Steven Spielberg, anunciou uma continuação. Porém, até agora nenhum passo objetivo foi dado para tirar essa ideia do papel.

    De acordo com o ator Corey Feldman, que interpretou o Bocão no filme de 1985, é pouco provável que Os Goonies 2 seja produzido por causa da idade avançada do diretor.

    "Richard Donner já tem 87 anos e ninguém quer fazer esse filme sem ele. Ele é a força motriz por trás disso. Ele diz que ainda está na ativa, mas como nós sabemos, quando você chega nessa idade as coisas vão mais devagar", contou Feldman em entrevista ao site MovieWeb. "Há uma grande possibilidade dele não querer mais guiar isso. Então eu acho que sem ele, isso [Os Goonies 2] não acontece. A cada dia que passa e ele não faz nada há menos e menos chances de que essa sequência aconteça", completou o ator, que divulgava o filme Angelic 2 the Core.

    Feldman já declarou que voltaria para a sequência. Além disso, os dois atores mais famosos do elenco original Sean Astin e Josh Brolin também se mostraram interessados em retornar. Em 2015, o produtor Frank Marshall afirmou que o roteiro do filme ainda não estava pronto ("Você não quer desapontar os fãs fazendo uma sequência tosca. Você quer fazer um filme verdadeiro", disse).

    "Eu tenho certeza que você leu que eu e Sean [Astin] escrevemos um tratamento [um rascunho do roteiro] e enviamos para Richard Donner, tratamento este que ele gostou bastante", disse Feldman. "Infelizmente ele achou que [a ideia que Feldman e Astin tiveram para o filme] seria muito cara para o que ele estava planejando."

     

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top