Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Descubra como fazer seu fan film de Star Trek sem ser processado pelos estúdios
    Por Bruno Carmelo — 25 de jun. de 2016 às 08:45
    facebook Tweet

    A CBS e a Paramount têm uma cartilha muito específica para você.

    O 50º aniversário da franquia Star Trek está chegando, e muitas pessoas começaram a preparar os seus fan films para celebrar a data. Mas a tarefa não é tão simples assim: os criadores de Axanar, uma produção dedicada a Star Trek que arrecadou US$1 milhão em financiamento coletivo, estão sendo processados pela CBS e Paramount.

    A intenção dos produtores é clara: impedir que outras pessoas lucrem com uma marca que pertence aos estúdios, e limitar a possibilidade de fãs fazerem algo que possa manchar a reputação da série. Apesar dos protestos de fãs no mundo inteiro, incluindo do diretor Justin Lin, do novo Star Trek: Sem Fronteiras, os executivos ainda não abandonaram o processo.

    Pelo menos, a CBS e a Paramount criaram uma longa cartilha explicando aos fãs como fazer um fan film sem encontrar problemas com a justiça. As regras, longas e detalhadas, estão presentes no site oficial de Star Trek, mas resumimos os pontos principais:

    Produção de fãs sobre a saga Star Trek

    1. Não é oficial, mas tem que ser original. É proibido reproduzir, copiar ou fazer menção a cenas e trechos já usados em filmes da franquia Star Trek, ou episódios da série. A história precisa ser totalmente nova. O título não pode conter as palavras "Star Trek", mas o subtítulo precisa conter "A Star Trek Fan Production". Qualquer menção à palavra "oficial" é proibida, mas todos os objetos usados referentes à marca (roupas, bonecos, símbolos) precisam ser oficiais.

    2. Nada de arrecadar muito dinheiro, nem ganhar dinheiro com o fan film. O máximo que o fã pode arrecadar para o filme é US$50 mil. Os atores e técnicos têm que ser amadores não salariados. Não pode haver DVD, Blu Ray ou qualquer outro tipo de distribuição do filme. Nada de patrocinadores ou investidores. Todas as sessões ao público precisam ser gratuitas. 

    3. Tem que ser pequeno. O filme precisa ter menos de 15 minutos, ou dois episódios de 15 minutos cada um, no máximo. Sequências, prequels ou qualquer tipo de história derivada do fan film são proibidos.

    4. Esqueça sexo ou sangue. A história precisa ser acessível a todas idades, e não pode incluir erotismo, violência, cigarro, atividades ilegais, vocabulário ofensivo etc. Ou seja, precisa ser um filme que as crianças pequenas possam ver.

    O que acha? Pronto a se aventurar numa produção caseira de Star Trek? Enquanto os fãs se viram para cumprir as exigências do filme amador, Star Trek: Sem Fronteiras chega aos cinemas em 1 de setembro.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top