Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Deus me livre! O pior do cinema religioso
    Por Lucas Salgado — 29 de mar. de 2016 às 11:01
    facebook Tweet

    Depois do melhor... O pior!

    Na semana passada, em plena Sexta-Feira da Paixão, o AdoroCinema divulgou a matéria Deus lhe pague! O melhor do cinema religioso, com 10 filmes religiosos que se destacaram nas telonas. Agora, passado o clima da Páscoa, é hora de relembrar as piores produções do gênero.

    Não deixem de participar através dos comentários. E é importante sempre lembrar: estamos criticando os filmes e não as religiões abordadas nas telas. Confira!

    Inocência dos Muçulmanos


    Um dos filmes mais polêmicos da história. Uma paródia anti-islâmica sobre a vida do profeta Maomé, com insinuações de pedofilia, homossexualidade e abuso de mulheres. Quando divulgado na internet, causou revoltas em diversos países e gerou inclusive ataques terroristas, como em Benghazi, que vitimou um embaixador dos Estados Unidos. 

    A Reconquista


    Pode parecer estranho enquadrar a ficção espacial estrelada por John Travolta como filme religioso, mas é mais ou menos isso mesmo. O longa é baseado em obra de L. Ron Hubbard, polêmico fundador da Cientologia. Travolta é um dos mais famosos seguidores dos ensinamentos de Hubbard e tentou por anos adaptar o livro. O filme foi um grande fracasso de bilheteria.

    Os Dez Mandamentos - O Filme


    Filme brasileiro com o maior número de sessões vazias lotadas da história, Os Dez Mandamentos não é cinema. Nasceu como novela e deveria ser só isso. 176 capítulos comprimidos em duas horas? Não tinha como dar certo. E não deu!
    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top