Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Roteiro de Donnie Darko é lançado em livro no Brasil, com prefácio de Jake Gyllenhaal e entrevista com diretor
    Por Renato Hermsdorff — 26 de mar. de 2016 às 07:52
    facebook Tweet

    Confira, com exclusividade, as três primeiras páginas.

    @DarkSide Books
    Quando estávamos trabalhando [em Donnie Darko], eu implorava e apelava para que [o diretor] Richard [Kelly] encontrasse uma conclusão linear e compreensível”, assume Jake Gyllenhaal, para concluir: “Ele jamais faria isso”. A confissão está no prefácio de “DONNIE DARKO”, o livro, que traz o roteiro do filme na íntegra, e a editora DarkSide Books lança, pela primeira vez no Brasil, em 28 de abril. O ator protagonista do clássico cult do início dos anos 2000 assina o texto que abre a obra.

    @DarkSide Books
    A capa do livro.
    Mas não julguemos um livro pela capa. Em outro trecho, por exemplo, o galã tasca: “A molecada sabe quando é o aniversário da Britney Spears, mas provavelmente não saberiam dizer quem é o vice-presidente dos Estados Unidos. Sem menosprezar Britney Spears: acho ela gostosa. Comprei seu último disco. E também sem menosprezar Dick Cheney [vice-presidente durante os dois mandatos de George W. Bush]: ele nos proporcionou mais dramas do que alguns de nossos principais roteiristas. Mas de quem é a culpa? Nada disso é culpa nossa. Somos produtos de nossa cultura. Mas não podemos ter medo de falar o que pensamos”. Agora ele te convenceu?

    Ópera Pop. É interessante notar que boa parte da trilha sonora, de Tears For Fears a Echo and the Bunnymen, já estava rubricada no próprio texto do roteiro, para ser ter uma ideia do quanto a música é importante como instrumento narrativo do filme”, destaca o diretor da editora, Christiano Menezes, “como uma ópera pop”.

    Além de trazer imagens e ilustrações do longa-metragem, a obra conta, ainda, com a transcrição de uma extensa entrevista (extensa mesmo, são quase 60 páginas só de papo “cósmico”) que o diretor concedeu ao roteirista, agente literário e jornalista quando sobra um tempo, Kevin Conroy Scott and contém trechos de “A Filosofia da Viagem no Tempo”, uma reprodução das anotações de Roberta Sparrow, a vovó Morte.

    Do que se trata o filme Donnie Darko?Não faço ideia, pelo menos não conscientemente. Mas, de alguma forma, eu sempre o entendi. Para mim, a coisa mais incrível ao fazer esse filme foi o fato de que ninguém, incluindo o homem que viu a história emergir de sua mente, tinha uma resposta simples para essa pergunta. E, por ironia, esse é exatamente o sentido do filme”, resume, para alívio geral, Gyllenhaal.

    Sem mais delongas, vamos às três primeiras páginas do roteiro, que o AdoroCinema traz com exclusividade. (Ah, e se o coelhinho macabro da Páscoa – olá, Frank! – não aguentar esperar até o fim de abril, o livro já está disponível em esquema de pré-venda na amazon.com.br, por R$ 49,90).



    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top