Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    20 brasileiros em Hollywood: os filmes e séries que vêm por aí
    Por Bruno Carmelo — 21 de fev. de 2016 às 01:00
    facebook Tweet

    Afonso Poyart acaba de dirigir Anthony Hopkins em Presságios de um Crime. Rodrigo Santoro e Alice Braga têm novos projetos. Quem mais está trabalhando no cinema americano?

    8. José Padilha (+Wagner Moura)

    O diretor de Tropa de Elite teve uma experiência meio amarga em Hollywood, quando foi contratado para a refilmagem de Robocop. O resultado foi uma bilheteria modesta para o altíssimo orçamento, resultando em várias críticas do cineasta quanto à falta de liberdade criativa nos estúdios. Depois, Padilha atenuou os comentários negativos e disse continuar aberto a novos projetos americanos. Enquanto não fecha contrato com outros filmes, comanda a série Narcos que, apesar da presença de Padilha e de Wagner Moura no papel principal, é uma produção 100% americana.


    9. Morena Baccarin

    Pouco conhecida no Brasil, a atriz carioca tem uma carreira sólida em Hollywood desde 2002, quando atuou na série Firefly. Desde então, investiu principalmente nas séries de televisão (Heartland, V: Visitantes, Homeland, O Mentalista, Flash, Gotham), e brilhou em Deadpool, como a namorada em perigo do Mercenário Tagarela. Ela também tinha mostrado seu talento na ótima comédia A Espiã que Sabia de Menos, e vai continuar apostando nas tramas de super-herói com o papel principal da animação ainda inédita Gamemaster.


    10. Camilla Belle

    O caso de Camilla Belle é excepcional. Filha de mãe brasileira, ela nasceu em Los Angeles e possui a nacionalidade dos dois países. Por isso mesmo, sempre trabalhou nos Estados Unidos, com raríssimas participações no nosso cinema (À Deriva, especialmente). Seus papéis mais famosos foram em O Mundo Perdido: Jurassic Park e Quando um Estranho Chama. Os próximos projetos incluem papéis principais nos romances Bangkok Love Story e Sundown.


    Mario Miranda Filho/Agência Foto/Divulgação

    11. Rodrigo Teixeira

    Essa lista traz uma porção de atores e diretores brasileiros nos Estados Unidos, mas Rodrigo Teixeira é um caso excepcional que se destacou como produtor. Depois do sucesso com grandes filmes nacionais (O Cheiro do Ralo, O Abismo Prateado, Heleno), ele passou a produzir projetos premiados lá fora, como Frances Ha, O Amor é Estranho e mesmo o polêmico Love, na França. Seus novos projetos incluem o filme de terror A Bruxa e os dramas Little Men e Indignation.


    12. Carlos Saldanha

    A carreira de Saldanha sempre foi associada às animações, desde que codirigiu o primeiro A Era do Gelo (2002) com Chris Wedge. Depois, dirigiu A Era do Gelo 2 e A Era do Gelo 3, antes de começar um projeto pessoal com a franquia Rio. O cineasta surpreendeu ao dirigir um filme em live-action (com atores diante das câmeras) dentro do projeto coletivo Rio, Eu Te Amo, mas continua trabalhando com o cinema animado: em 2017, ele traz aos cinemas Ferdinand, história de um touro pacífico que é acidentalmente escolhido para as touradas em Madrid.


    13. Rebecca da Costa

    A atriz começou a trabalhar nos Estados Unidos recentemente: seus primeiros filmes datam de 2010. Por enquanto, a trajetória em Hollywood ainda não deslanchou: ela aparece principalmente em produções B de pouco destaque, como a ficção científica Mine Games, a trama de ação L.A. I Hate You e o filme de terror Sete Almas. Seu maior papel veio em 2014, quando dividiu a cena com Robert De Niro e John Cusack em Profissão de Risco, que infelizmente também não teve uma boa resposta nem do público, nem dos críticos. 


    14. Lula Carvalho

    Filho de um dos maiores diretores de fotografia do país, Walter Carvalho, Lula seguiu o caminho do pai e já tem uma carreira respeitadíssima no Brasil, cuidando da fotografia de Tropa de Elite, A Festa da Menina Morta, À Beira do Caminho e O Lobo Atrás da Porta. Recentemente, passou à experiência americana ao lado de José Padilha em Robocop, e foi contratado para o ainda inédito As Tartarugas Ninja: Fora das Sombras, que estreia nos cinemas no mês de junho.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top