Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    15 atores que conquistaram o Oscar injustamente
    Por Lucas Salgado — 5 de fev. de 2016 às 12:45
    facebook Tweet

    E o Oscar foi (mas não devia) para...

    Jason Merritt/Getty Images

    Todo ano durante o Oscar rola aquele clássico bolão com as preferências pessoais sobre os ganhadores, né? Como não dá para todo mundo levar a estatueta para casa, sempre tem aquele injustiçado que merecia mais, principalmente entre os atores e atrizes. Por isso, o AdoroCinema decidiu preparar uma matéria especial com as 15 personalidades que ganharam o Oscar, mas que - na nossa percepção - não mereciam tanto assim. Isso significa que são atores ruins? Não! Apenas, que haviam melhores alternativas nos anos citados. Confira a lista completa! E não deixe de participar através dos comentários!

    Gwyneth Paltrow

    Oscar de Melhor Atriz em 1999, por Shakespeare Apaixonado

    Caso clássico de erro da Academia. Fica parecendo que é brasileiro frustrado com a derrota de Fernanda Montenegro, mas está longe disso. A atuação de Gwyneth Paltrow não é nada memorável. Por sinal, o próprio Shakespeare Apaixonado é lembrado como um filme que não merecia a estatueta.

    Melhores opções: Cate Blanchett (Elizabeth) e Fernanda Montenegro (Central do Brasil).

    Roberto Benigni

    Oscar de Melhor Ator em 1999, por A Vida é Bela

    A Vida é Bela tem seu valor, sem dúvida. E nem estamos falando que o filme merecia perder para Central do Brasil, mas haviam atuações muito mais interessantes que a de Roberto Benigni naquele ano.

    Melhores opções:  Tom Hanks (O Resgate do Soldado Ryan), Ian McKellen (Deuses e Monstros) e Edward Norton (A Outra História Americana).

    George Clooney

    Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 2006, por Syriana - A Indústria do Petróleo

    George Clooney tem uma grande carreira como ator, diretor e produtor. E talvez já merecesse mais estatuetas do Oscar. Mas não por Syriana - A Indústria do Petróleo, não é mesmo? Um papel esquecível, em um filme esquecível.

    Melhores opções: Jake Gyllenhaal (O Segredo de Brokeback Mountain) e William Hurt (Marcas da Violência).

    Marisa Tomei

    Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 1993, por Meu Primo Vinny

    Uma das maiores surpresas da história do Oscar. Poucos apostavam na vitória de Marisa Tomei pelo trabalho em Meu Primo Vinny, filme não lembrado em nenhuma outra categoria naquele Academy Award. Pior que ela tirou a estatueta de três veteranas atrizes em papéis marcantes, sendo duas jamais premiadas pela Academia.

    Melhores opções: Judy Davis (Maridos e Esposas), Vanessa Redgrave (Retorno a Howards End) e Miranda Richardson (Perdas e Danos).

    Octavia Spencer

    Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2012, por Histórias Cruzadas

    Atuação muito, mas muito caricata. A pior do filme Histórias Cruzadas. E acabou sendo a premiada, dessas coisas que a Academia faz. Agora é aguentar "com a vencedora do Oscar Octavia Spencer" em filmes como Percy Jackson e o Mar de Monstros e A Série Divergente: Insurgente.

    Melhores opções: Bérénice Bejo (O Artista), Jessica Chastain (o próprio Histórias Cruzadas), Janet McTeer (Albert Nobbs), e - até mesmo - Melissa McCarthy (Missão Madrinha de Casamento).

    Renée Zellweger

    Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2004, por Cold Mountain

    Indicado por O Diário de Bridget Jones e ChicagoRenée Zellweger acabou conquistando o Oscar por uma de suas piores performances, como a caricata Ruby Thewes em Cold Mountain. Acabou sendo um tipo de troféu-consolação para o filme, que concorria em outras seis categorias e não levou mais nada.

    Melhores opções: Marcia Gay Harden (Sobre Meninos e Lobos), Shohreh Aghdashloo (Casa de Areia e Névoa) e Holly Hunter (Aos Treze).

    Timothy Hutton

    Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 1981, por Gente Como a Gente

    Até hoje é difícil entender como Gente Como a Gente bateu Touro Indomável como Melhor Filme. Mas a Academia realmente se encantou pelo produção, premiando a mesma em quatro categorias: Filme, Ator Coadjuvante, Direção e Roteiro Adaptado.

    Melhor opção: Joe Pesci (Touro Indomável).


    Judi Dench

    Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 1999, por Shakespeare Apaixonado

    Judi Dench merece todos os prêmios do mundo. É surreal que tenha apenas uma estatueta do Oscar. Shakespeare Apaixonado tem 123 minutos de duração. Dench aparece em apenas oito minutos. E ainda foi num ano repleto de boas atuações.

    Melhores opções: Lynn Redgrave (Deuses e Monstros), Brenda Blethyn (Laura: A Voz de Uma Estrela) e Kathy Bates (Segredos do Poder).

    Sandra Bullock 

    Oscar de Melhor Atriz em 2010, por Um Sonho Possível

    Namoradinha da américa, miss simpatia, Sandra Bullock é uma simpatia só e é legal vê-la reconhecida pela indústria. Mas que fosse por um grande trabalho como em Gravidade e não no drama água-com-açúcar de sessão da tarde Um Sonho Possível.

    Melhores opções: Carey Mulligan (Educação), Gabourey Sidibe (Preciosa: Uma História de Esperança), Helen Mirren (A Última Estação) e Meryl Streep (Julie & Julia).

    Cuba Gooding Jr.


    Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 1997, por Jerry Maguire - A Grande Virada

    Cuba Gooding Jr. está ótimo em Jerry Maguire - A Grande Virada e seu discurso é lembrado até hoje, mas se olharmos seus concorrentes, é impossível dizer que sua vitória foi justa.

    Melhores opções: William H. Macy (Fargo) e Edward Norton (As Duas Faces de Um Crime).

    Tommy Lee Jones

    Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 1994, por O Fugitivo

    O Fugitivo é um filme divertido, com seus bons momentos. Mas não é para premiações, não é mesmo? Ainda mais em um ano com grandes e variadas performances. Tommy Lee Jones merecer ter uma estatueta em casa, mas não por este filme.

    Melhores opções: Ralph Fiennes (A Lista de Schindler), Pete Postlethwaite (Em Nome do Pai) e Leonardo DiCaprio (Gilbert Grape - Aprendiz de Sonhador).


    Jennifer Lawrence

    Oscar de Melhor Atriz em 2013, por O Lado Bom da Vida

    Todo mundo adora JLaw. E com a gente não é diferente. Mas não, ela não era a Melhor Atriz em 2013. Nem de perto. Ela acabou ganhando por O Lado Bom da Vida o Oscar que perdeu por Inverno da Alma.

    Melhores opções: Emmanuelle Riva (Amor) e Jessica Chastain (A Hora Mais Escura).

    Reese Whiterspoon 


    Oscar de Melhor Atriz em 2006, por Johnny & June

    Não dá pra falar que Reese Whiterspoon está mal em Johnny & June. Longe disso. Mas num ano com concorrentes tão fortes, ela não merecia levar esta estatueta para casa. Ela está bem melhor em Livre, para dar um exemplo.

    Melhores opções: Felicity Huffman (Transamérica), Judi Dench (Sra. Henderson Apresenta), Charlize Theron (Terra Fria) e - até mesmo - Keira Knightley (Orgulho e Preconceito).


    Richard Dreyfuss

    Oscar de Melhor Ator em 1978, por  A Garota do Adeus

    Dreyfuss é um grande ator e merece ter um Oscar em sua prateleira. Mas por A Garota do Adeus? E num ano repleto de grandes concorrentes! Todos os outros quatro atores pareciam alternativas mais interessantes.

    Melhores opções: Marcello Mastroianni (Um Dia Muito Especial), Woody Allen (Noivo Neurótico, Noiva Nervosa), Richard Burton (Equus) e John Travolta (Os Embalos de Sábado à Noite).


    Judy Holliday

    Oscar de Melhor Atriz em 1951, por Nascida Ontem

    Holliday teve uma carreira curta, vindo a falecer aos 43 anos. Teve sucessos como A Costela de Adão e Demônio de Mulher, mas o Oscar por Nascida Ontem é difícil de entender. Até porque concorria com a dupla de A Malvada e com a estrela de Crepúsculo dos Deuses.

    Melhores opções: Anne BaxterBette Davis (A Malvada) e Gloria Swanson (Crepúsculo dos Deuses).

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Gibran Felipe Cobra Teske
      A Viola Davis ganhou em 2017
    • Gibran Felipe Cobra Teske
      A Octavia Spencer realmente mereceuA cena que a personagem dela se vinga da ex-patroa é muito boa
    • Giba Neto
      Judi Dench???Really???
    • Diná de Macêdo Motta
      Octavia Spencer mereceu, e muito, ter ganho o Oscar sim. Melhor que ela só Viola Davis, amores!
    • João Carlos Tavares
      Acho que o oscar para cuba jr,foi justo sua atuação foi muito boa!
    • Gabriel de Oliveira Emerick
      As vezes fico me perguntando porque tem muito ator bom que o Oscar esnoba:Chris O'DonnellRebecca De MornayDermot MulroneyVal KilmerMeg RyanVincent D'OnofrioRosario DawsonJessica AlbaJessica BielJennifer GarnerJason PatricNastassja KinskiJosh HartnettJames SpaderColin FarrellMatthew Modine
    • Gabriel de Oliveira Emerick
      Como vocês explicam isso:Willem Dafoe já foi indicado três vezes por Melhor Ator Coadjuvante e uma vez por Melhor Ator, não ganhando nenhumaAmy Adams já foi indicada cinco vezes por Melhor Atriz Coadjuvante e uma vez por Melhor Atriz, não ganhando nenhumaMichelle Williams já foi indicada duas vezes por Melhor Atriz Coadjuvante e duas vezes por Melhor Atriz, não ganhando nenhumaEthan Hawke já foi indicado duas vezes por Melhor Ator Coadjuvante, não ganhando nenhumaLaura Linney já foi indicada duas vezes por Melhor Atriz e uma vez por Melhor Atriz Coadjuvante, não ganhando nenhumaNaomi Watts já foi indicada duas vezes por Melhor Atriz, não ganhando nenhumaCatherine Keener já foi indicada duas vezes por Melhor Atriz Coadjuvante, não ganhando nenhumaKeira Knightley já foi indicada uma vez por Melhor Atriz e uma vez por Melhor Atriz Coadjuvante, não ganhando nenhumaWinona Ryder já foi indicada uma vez por Melhor Atriz e uma vez por Melhor Atriz Coadjuvante, não ganhando nenhumaJoan Allen já foi indicada duas vezes por Melhor Atriz Coadjuvante e uma vez por Melhor Atriz, não ganhando nenhumaMichelle Pfeiffer já foi indicada duas vezes por Melhor Atriz e uma vez por Melhor Atriz Coadjuvante, não ganhando nenhuma
    • verdade é verdade
      Que loucura falar que foi injusto o da octavia, o filme é incrivel, assim como a atuação dela, ela fez filmes ruins, sim, ela fez, mas assim como a sra Streep, a octavia foi indicada diversas vezes novamente, além disso ela levou outros premios nessa temporada de premiação, o que prova que nao foi injusto, agora injusto é indicar a Streep na categoria de melhor atriz por florence, quando um filme indicado em várias categorias que é inteiramente carregado pela amy adams ficou de fora, poderia falar outras vezes como este ano mesmo, que o denzel washington ocupou o lugar do tom hanks injustamente
    Mostrar comentários
    Back to Top