Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A história do Studio Ghibli, de O Castelo no Céu a As Memórias de Marnie
    Por Francisco Russo — 17 de nov. de 2015 às 08:53
    facebook Tweet

    Conheça o histórico estúdio japonês de animação criado por Hayao Miyazaki.

    História - 3ª Parte:

    Foi em 1997 que Hayao Miyazaki lançou o filme que enfim lhe trouxe projeção internacional: Princesa Mononoke. Exausto graças ao trabalho na conclusão do longa-metragem, ele anunciou que se aposentaria da direção e trabalharia apenas como roteirista e prestando assistência. Devido a desentendimentos internos, chegou a sair do Ghibli e fundar outra empresa, Butaya. Mas no ano seguinte à iniciativa já estava de volta.

    "A Viagem de Chihiro"
    Em 1999, o Ghibli lançou sua primeira animação completamente computadorizada: Meus Vizinhos os Yamadas. Dois anos depois, Miyazaki lançou aquele que, para muitos, é sua obra maior: A Viagem de Chihiro (2001). Com ele venceu o Festival de Berlim e o Oscar de melhor animação, e anunciou novamente sua aposentadoria.

    O Reino dos Gatos, lançado em 2002, retomava personagens de Sussurros do Coração em uma história completamente independente, o que gerou algumas críticas de fãs. Miyazaki, na época, garantiu que nenhum de seus filmes jamais ganharia uma continuação.

    O diretor símbolo do Studio Ghibli mais uma vez descumpriu a promessa de aposentadoria e lançou em 2004 O Castelo Animado, que lhe rendeu uma nova indicação ao Oscar - sem estatueta dourada desta vez. Dois anos depois, foi a vez do filho de Hayao, Goro MIyazaki, se aventurar na direção com o polêmico Contos de Terramar (2006).

    (continua)

     

     

     

     




    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Hayao Miyazaki, criador do Estúdio Ghibli, vai construir parque natural para crianças
    • Hayao Miyazaki confirma aposentadoria e que o Estúdio Ghibli não fará mais filmes
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top