Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Festival CineMúsica 2015: Furacão Carlos Imperial agita Conservatória
    Por Lucas Salgado — 5 de set. de 2015 às 11:33
    facebook Tweet

    Curta sobre o movimento do manguebeat também foi exibido na abertura.

    Figura importante e controversa da cultura brasileira, Carlos Imperial foi o personagem da primeira noite do Festival CineMúsica de Conservatória. A sessão de abertura do evento contou com a exibição de Eu Sou Carlos Imperial, mais novo documentário da dupla Renato Terra e Ricardo Calil (Uma Noite em 67). Trata-se de uma obra ampla e de grande importância jornalística, por reapresentar um personagem um pouco esquecido nos dias de hoje, até porque seria inaceitável nos dias de hoje uma figura como Imperial, politicamente incorreta, repleto de problemas éticos e morais. Genial. Insano. Machista. O filme aborda várias faces do personagem e ainda conta com depoimentos de nomes importantes como Roberto Carlos e Erasmo Carlos.

    Antes da sessão do longa, foi exibido o curta de documentário Mangue, de Lucas Carvalho. O filme trata do movimento do manguebeat, que teve como figura central Chico Science.
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top