Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Cannes 2014: Seis filmes são adicionados na seleção oficial, incluindo longa com Alice Braga
    Por João Vitor Figueira — 30 de abr. de 2014 às 15:52
    facebook Tweet

    Brasileira contracena com Gael García Bernal no filme argentino El Ardor, que terá uma exibição especial, fora de competição, no festival. Direção também divulgou filmes escolhidos para a mostra Cannes Classics, que terá a presença de Sophia Loren.

    A edição de 2014 do tradicional Festival de Cannes acaba de incluir mais seis filmes em sua seleção oficial. Um dos destaques das novas adições é El Ardor, filme argentino dirigido por Pablo Fendrik, com co-produção brasileira, francesa e estadunidense. O longa traz a brasileira Alice Braga no elenco, onde contracena com o ator mexicano Gael García Bernal, que neste ano faz parte do júri que vai ajudar a escolher o grande vencedor da Palma de Ouro.

    Em El Ardor, Bernal interpreta um líder espiritual que vive nas florestas da argentina que vai usar todas as suas forças para resgatar a filha (Braga) de um pobre fazendeiro assassinado pelos mesmos mercenários que raptaram a moça.

    Os outros filmes inclusos foram L’Homme qu’on aimait trop, de André Téchiné, com Catherine Deneuve e Adèle Haenel no elenco, fora de competição; Fehér Isten, de Kornél Mundruczó, na mostra competitiva Un Certain Regard; o documentário Des Hommes et de la guerre, de Laurent Bécue-Renard, o drama The Owners, de Adilkhan Yerzhanov, e Géronimo, do francês Tony Gatlif.

    Cannes Classics

    Eterna musa do cinema italiano, Sophia Loren, atualmente com 79 anos, será convidada de honra da mostra Cannes Classics, onde realizará uma masterclass.

    O festival também anunciou a lista completa da mostra Cannes Classics, que traz versões restauradas de filmes antológicos. A edição de 2014 terá Sophia Loren como convidada de honra da mostra. A atriz venceu o prêmio de melhor atriz no festival em 1961 por seu trabalho no drama de guerra Duas Mulheres. Em 1966 foi a presidente do júri. Veja a lista dos clássicos selecionados abaixo:

    Por Um Punhado de Dólares (1964), de Sergio Leone
    Paris, Texas (1984), de Wim Wenders 
    Regards Sur Une Revolution: Comment Yukong Deplaça Les Montagnes (1976), de Marceline Loridan e Joris Ivens
    Seishun zankoku monogatari (1960), de Nagisa Oshima 
    Cruzes de Madeira (1932), de Raymond Bernard
    Overlord (1975), de Stuart Cooper
    O Medo (1954), de Roberto Rossellini 
    Sorte Cega (1987), de Krzysztof Kieslowski 
    O Último Metrô (1980), de François Truffaut 
    Long men kezhan (1967), de King Hu 
    Trágico Amanhecer (1939), de Marcel Carné 
    A Cor da Romã (1968), de Sergei Parajanov 
    Leolo (1992), de Jean-Claude Lauzon
    A Farsa do Amor e da Guerra (1966), de Jean-Paul Rappeneau 
    A Estalagem Maldita (1939), de Alfred Hitchcock 
    Les violons du bal (1974), de Michel Drach
    Blue Mountains (1983), de Eldar Shengelaya
    Lost Horizon (1937), de Frank Capra 
    A Cadela (1931), de Jean Renoir 
    Tokyo Olympiades (1965), de Kon Ichikawa

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top