Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Filme espanhol fatura o Cine Ceará 2013
    Por AdoroCinema - Assessoria — 16 de set. de 2013 às 07:30
    facebook Tweet

    A organização do Festival Ibero-americano de Cinema também aproveitou a premiação para homenagear o ator Marcos Palmeira.

    por Lua Amora


    O documentário espanhol Emak Bakia, dirigido por Oskar Alegria, é o grande vencedor da 23ª edição do Cine Ceará - Festival Ibero-americano de Cinema. O longa-metragem, que revela a busca pelo local onde o artista norte-americano Man Ray realizou o seu primeiro título de vanguarda, foi premiado com o troféu Mucuripe de melhor filme neste sábado (14), no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza.

    Entre os premiados pelo júri, destacam-se o longa brasileiro Se Deus Vier que Venha Armado, que marca a estreia do diretor Luis Dantas, e o curta-metragem Jessy, de Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge. A organização do festival também aproveitou a premiação para homenager o ator Marcos Palmeira (Vendo ou Alugo), que levou para casa o troféu Eusélio Oliveira, por sua contribuição ao cinema nacional.

    Veja abaixo a lista completa dos vencedores:

    Mostra Competitiva Ibero-Americana e Longa-Metragem
    Melhor Longa - Emak Bakia, de Oskar Alegria
    Melhor Direção - Luis Dantas por Se Deus Vier que Venha Armado
    Melhor Fotografia - Hélcio Alemão Negamine por Se Deus Vier que Venha Armado
    Melhor Edição - Luciano Origlio por Mercedes Sosa
    Melhor Roteiro - Diego Fernández Pujol por Rincón de Darwin
    Melhor Som - Abel Hernández por Emak Bakia
    Melhor Trilha Sonora Original - Ney MatoGrosso por Olho Nu
    Melhor Direção De Arte - Gonzalo Delgado por Rincon de DArwin
    Melhor Ator - Ariclenes Barroso por Se Deus Vier que Venha Armado
    Melhor Atriz - Laura de La Uz por O Filme de Ana
    Prêmio Especial do Júri - O Paciente Interno


    Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem
    Melhor Curta - Jessy, de Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge
    Melhor Direção - Sanã, de Marcos Pimentel
    Melhor Roteiro - O que Lembro, Tenho, de Raphael Barbosa
    Melhor Produção Cearense - O Melhor Amigo, de Allan Deberton

    Prêmio da crítica (Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema)
    Longa-metragem - Emak Bakia, de Oskar Alegria
    Curta-metragem - Sanã, de Marcos Pimentel

    Melhor Filme da Mostra Olhar do Ceará
    1º prêmio - Meu Amigo Mineiro, de Victor Furtado e Gabriel Martins
    2º prêmio - A Rabeca, de Irene Bandeira

    Prêmio Olhar Universitário
    Melhor Longa - Emak Bakia, de Oskar Alegria
    Melhor Curta - Mauro em Caiena, de Leonardo Mouramateus

    Prêmio Aquisição Canal Brasil
    Melhor Curta-metragem da Mostra Competitiva - Sanã, de Marcos Pimentel

    Prêmio Banco do Nordeste
    Melhor Produção com Temática Nordestina - Mauro em Caiena, de Leonardo Mouramateus

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top