Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Personagens gays e lésbicas no cinema: Teste avalia grandes lançamentos de 2012
    Por AdoroCinema - Slash Film — 28 de ago. de 2013 às 12:20
    facebook Tweet

    O "Vito Russo Test" avaliou 101 filmes, encontrando apenas seis grandes produções com personagens gays e lésbicas relevantes.

    por Bruno Carmelo

    Este ano, a associação GLAAD (Gay & Lesbian Alliance Against Defamation, ou "Aliança gay e lésbica contra a difamação, em tradução literal) iniciou uma análise sobre a quantidade de personagens gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros no cinema. O relatório decidiu avaliar os grandes lançamentos, julgando três aspectos nos filmes:

    1) O filme deve conter pelo menos um personagem claramente identificado como gay, lésbica, bissexual ou transgênero
    2) O personagem não pode ser definido predominantemente ou apenas por sua identidade sexual ou orientação de gênero (ou seja, a sexualidade não pode ser o único traço da sua personalidade)
    3) O personagem LGBT deve fazer parte da trama de tal modo que a sua ausência faria falta a história

    Seis grandes estúdios foram analisados, e 101 filmes foram testados. Após uma longa análise, disponível integralmente no site do GLAAD, apenas quatorze filmes apresentaram personagens LGBT. Destes quatorze filmes, somente seis deles passaram no "Vito Russo Test" (em homenagem ao autor de The Celluloid Closed). Eles são: 007 - Operação Skyfall (Sony), A Viagem e Rock of Ages - O Filme (Warner), A Escolha Perfeita e Cinco Anos de Noivado (Universal) e Pequeno Problema, Mega Confusão (Paramount). No Brasil, estes dois últimos filmes foram lançados diretamente em DVD. Já a lista de filmes reprovados inclui American Pie - O Reencontro e Katy Perry: Part of Me.

    Esses resultados chamam a atenção por vários aspectos: primeiro, não houve nenhum personagem trangênero nestes grandes lançamentos em todo o ano de 2012. Segundo, a maioria dos filmes foram comédias, gênero que nem sempre retrata muito bem os personagens LGBT. Também vale lembrar que nenhum filme voltado para a família teve um único personagem gay ou lésbica - já que as animações como ParaNorman, com um personagem gay, foram produzidas por estúdios menores.

    O que você acha desse relatório?

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top