Oscar 2013 no AdoroCinema - Steven Spielberg já ganhou a estatueta de Melhor Diretor
sábado, 23 de fevereiro de 2013 - 09h51

Fruto da popularidade no Brasil ou não, o diretor de Lincoln não dá muitas chances para Ang Lee, David O. Russell, Michael Haneke e Benh Zeitlin. Mas quem sabe o pessoal que adorou As Aventuras de Pi e O Lado Bom da Vida resolve dar uma virada neste placar?

por Roberto Cunha

Não é de hoje que o diretor de sucessos incontestáveis, como A Lista de Schindler (1993) e E.T. (1982), é admirado pelo brasileiros e pela turma que acompanha o AdoroCinema. Mas não deixa de ser uma surpresa ver que Steven Spielberg (Lincoln) supera com ampla margem o segundo colocado, Ang Lee, na categoria Melhor Diretor. Ainda mais porque seu filme Lincoln estreou depois e fez bem menos público (632 mil) do que As Aventuras de Pi, que superou os dois milhões de espectadores. Será que os leitores e a Academia pensam igual?


Mas esse é o resultado parcial da votação (você ainda pode votar!) e o pessoal que curtiu bastante O Lado Bom da Vida, por exemplo, pode votar em David O. Russell. Afinal, o filme já caminha para 700 mil ingressos vendidos. Nada mal. As chances parecem ser menores para Michael Haneke, que arrebatou corações com seu Amor e, infelizmente, ainda mais diminutas para o estreante Benh Zeitlin, que teve seu ousado e diferente Indomável Sonhadora chegando somente nesta sexta-feira, 22, nos cinemas brasileiros. Participe! Já são mais de 2.000 votos. Teste o seu olhar de jurado!


Para ver as matérias especiais e notícias sobre o Oscar 2013, visite os links abaixo:
Oscar 2013: Quem você acha que vai levar?
Atores e filmes esnobados pelo Oscar 2013 ganham vídeo homenagem
Oscar 2013: Vídeo revela os 84 vencedores de melhor filme
30 momentos inesquecíveis da história do Oscar
Oscar 2013: Certezas, apostas e torcidas para a premiação!

Ver comentários

Comentários

  • J?lio C.

    Eu torço para Spielberg, pois seu trabalho em Lincoln é muito forte e sensível. Mas, Ang Lee é igualmente sublime. Ele transformou uma história que não tinha nada para dar certo, em um trabalho de grande sucesso. David O. Russell tem poucas chances, mas tem um desempenho muito acima da média para uma comédia romântica. Michael Haneke devia ter sido reconhecido há mais tempo, mas Amor é um de seus melhores filmes. O estreante Benh Zeitlin fez um belo e louvável filme e merece a indicação.