Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Estúdio MGM quer nova versão do clássico Ben-Hur
    Por AdoroCinema - Deadline — 15 de jan. de 2013 às 15:37
    facebook Tweet

    Filme lançado em 1959 é o maior vencedor do Oscar, ao lado de Titanic e O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, com 11 estatuetas conquistadas.

    por João Vitor Figueira

    A onda de refilmagens atingiu Hollywood em cheio e parece que um grande clássico do cinema está prestes a ganhar um remake. Segundo o site Deadline, o estúdio MGM está planejando lançar uma nova versão de Ben-Hur, épico de ação e aventura, lançado em 1959 que entrou para história da sétima arte e venceu 11 prêmios no Oscar. O adaptação pretende ser ainda mais fiel aos eventos do romance "Ben-Hur: Uma história dos tempos de Cristo", de Lew Wallace, publicado em 1880.

    A versão de 1959 aborda, principalmente, a vida adulta dos personagens principais. A trama se passa na Jerusalém do século I e conta a história de Judah Ben-Hur, um influente comerciante judeu que é traído por Messala, um antigo amigo que lidera uma legião romana. Ben-Hur vira escravo e passa por todo tipo de sofrimento até conseguir recompor suas forças e lutar por vingança e honra.

    Disposta a apresentar uma nova abordagem da história, a MGM irá trabalhar à partir de um roteiro escrito por Keith Clarke, que explora mais os eventos dos anos que antecedem a rixa entre Ben-Hur e Messala.

    Sean Daniel, que encabeça a produção da refilmagem ao lado de Joni Levin, demonstrou um grande entusiasmo ao falar sobre o projeto. Ele destaca o valor universal dos temas abordados no livro de Lew Wallace e diz que Ben-Hur é "uma das grandes histórias sobre amizade, traição e fé, que funciona bem no contexto de um grande thriller de ação para uma audiência global". Ainda não foram anunciados mais detalhes à respeito do diretor e do elenco.


    A refilmagem também terá um caráter um pouco mais religioso, pois irá explorar mais a figura de Jesus Cristo. Ao longo da trama, Ben-Hur se depara com Jesus de Nazaré em diversas ocasiões, chegando a se tornar um seguidor do Messias e presenciar sua crucificação.

    A abordagem bíblica aproxima esse remake de outras produções sobre famosos personagens religiosos, como Noah, filme dirigido por Darren Aronofsky sobre a história de Noé que conta com Russell Crowe no papel principal, e Gods and Kings, um projeto em desenvolvimento sobre a vida de Moisés que pode ser dirigido por Steven Spielberg.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Jefferson Borges
      NÃOOOO! Ben-Hur nada mais é do que um MARCO na maneira de se fazer filmes, um cla´ssico da sétima arte, já virou lenda, mito. É a mesma coisa que algum diretor querer fazer uma refilmagem de Casablanca, A Lista de Schindler ou E.T. O Extraterrestre... Todos esses filmes são ÚNICOS! Refilmagem? NÃO PODE!
    • Biel81
      O Ben-Hur original é espetacular. Remake só para ganhar dinheiro em cima de uma lenda da História do Cinema (o que geralmente rola) só mostra a falta de criatividade contemporânea.
    Mostrar comentários
    Back to Top